PplWare Mobile

Tesla Model 3 explode após acidente com camião, alegadamente em Autopiloto


Imagem: Vídeo: gagorun

Fonte: Electrek

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Vx says:

    “anomalias infantis”

    https://www.jn.pt/local/videos/interior/video-porsche-incendeia-se-debaixo-da-ponte-movel-de-leca-e-faz-dois-mortos–10851476.html

    A verdade é que os noticiários só dão grande atenção aos acidentes com teslas

    • Vítor M. says:

      Mas a ideia não era fazer muito melhor? Nessa comparação, a Tesla não anda aqui a fazer nada de especial. Até rebaixas a marca. A Tesla tem de fazer muito mais porque pode. Se apareceu agora, face ao mundo automóvel, se goza com toda a tecnologia que outros inventaram, não me digas que não tem obrigação de fazer muito melhor? Claro que tem e vai fazer. 😉

      Bom domingo.

      • joao rodrigues says:

        E faz muito melhor saíram vivos já o Paul Walker?

        • Vítor M. says:

          E quem é o Paul Walker? Por acaso era um comum mortal que comprou um Porsche e andava na sua vida tranquila a conduzir nas calma e com o cuidado de um cuidadosa cidadão? Olha ele há cada um!!! 😀

          • Traveller says:

            Como sabes que conduzia cuidadosamente e com calma? Há com cada um.

          • Vítor M. says:

            The Porsche carrying Fast & Furious star Paul Walker was travelling at up to 94 mph (151km/h) when it went out of control on a suburban street and crashed, killing the actor and his friend, according to an investigation of the November 2013 accident.

            Se soubesses pelo menos pesquisar, verias que estás a comparar coisas sem sentido.

          • AS says:

            “151 Km/h (…) on a suburban street”
            “na sua vida tranquila a conduzir nas calmas” lol
            Sabes, em Portugal não podes andar a mais de 120 km/h (e isto em autoestrada)?
            Podes ver como quiseres, só não convences ninguém que ele não ia em excesso de velocidade.

          • Vítor M. says:

            HAhaha mas não percebeste o comentário e a parte irónica em resposta ao jovem? Obviamente que essa velocidade era acima do que é permitido e o acidente teve motivos que nada têm a ver com o carro. Está explicado no trecho do relatório das autoridades.

          • Joao Magalhaes says:

            Todos contra ti mas sem saberem estão todos do teu lado, claramente que estás a ser irónico, já o João faz uma comparação sem nexo nenhum, o problema vai ser sempre o mesmo seja carro eléctrico ou a gasolina, as pessoas não têm respeito, civismo e educação, são elas e pronto e vemos isso agora claramente com a crise energética, em vez de lutarem e serem unidos como povo não, estão preocupados com o umbigo deles só.

          • Vítor M. says:

            Obviamente. Aqui a questão no carro da Porsche GT que Paul Walker estava a conduzir bateu e incendiou-se por uma ação do próprio condutor. Depois tudo o que se falou, a novela em volta levou a marca, segundo consta, a indemnizar a filha do ator derivado a uma falha no cinto de segurança que, não sendo esse o motivo do acidente, foi, segundo tentaram provar, o motivo que levou a certas lesões no condutor. Pronto. Lá está, é uma comparação que não faz sentido, como dizes, porque aqui a ação do condutor foi quem provocou o acidente grave. Infelizmente morreu um ser humano.

            Civismo, educação é mesmo isso.

          • Mario says:

            Só uma nota, que não altera a substância do que foi dito antes:
            O Paul Walker, salvo erro, ia como pendura. O amigo é que conduzia o Porsche.

      • Bruno Coimbra says:

        Epa o vitor nem tanto ao mar nem tanto a terra, a verdade é que da tesla publicam TODOS os acidentes seja culpa do carro ou nao…”mais um apra a tesla” como gostas de por, mas deste assunto percebes pouco ou nada e nao tens dados para poder inferir seja o que for da testa ou de qualquer fabricante automovel.
        Se os queres pedes, perguntas a quem sabe e a quem trabalha de perto.

        Sou contra qualquer noticia falasiosa e sem conteudo objectivo ou evidencia.

        • Vítor M. says:

          Viva Bruno.

          Que necessidade há de te perguntar seja o que for? Não tens informação que interesse quando o assunto é disponibilizar os factos, como foi feito.

          Não fomos nós que criamos esse cenário de acidente, estás enganado. O que foi feito foi a recolha dos dados, compilados outros pormenores relevantes e mostrados de forma imparcial e isenta, até porque só sabemos trabalhar dessa formam. Não gostaste do acidente? Também não fiquei agradado com o desastre, mas não podes agora dizer que o carro apenas aqueceu, quando de facto ele incendiou-se, juntando-se a mais outros Tesla que se incendiaram e explodiram, tal como a relação de informações deixadas e documentadas.

          Não tomes as dores de terceiros, que não é forma das marcas crescerem. Esconder os problemas é atrasar o desenvolvimento quer da marca, quer deste mercado tecnológico que seguimos, o dos carros elétricos.

          Cump.

          • Nuno says:

            errado. o que escreveu foi que os teslas tem defeitos aue poe em risco as pessoaz sem qualquer outro dado. falta ecplicar que explosoes com carros de combustiveis tradicionais sao muito mais (xom ou sem acidentes) que oveixulos electricos da tesla em percentagem de veixulos circulantes (ess estudo eziste). mais: os veiculos nao explodem imediatamente como indica esta pecça,ao contrario dos veiculos a combustivel, ja que as baterias quando comecam em combustão, inicialmente é por uma pequrna chama, saando mauiro mais chamces de sobrivivencia comparado com os tradicionais a combustiveis… isto tambem sao factos e numa noticia deste tipo, deveriam ser ditos, para q nao existam falácias.

          • Vítor M. says:

            Onde diz isso? Não é verdade, o que está escrito e com factos e com as devidas fontes, foram apenas os problemas em causa. Não se fala em defeitos ou qualquer outro assunto que não esteja ligado aos relatórios apresentados. Nem se falou neste caso das baterias, que não sei porque trouxeram esse assunto aqui a discussão. Apenas as autoridades falaram em acidente, autopiloto e explosões, além de 3 feridos com gravidade.

            O resto não sei do que falam.

      • Traveller says:

        Dr João Magalhães a minha comparação foi uma resposta ao comentário de um colaborador da pplware com o nome de Vítor que diz ” a Tesla não anda aqui a fazer nada de especial.” e eu disse ambos bateram de frente ambos arderam no tesla 2 ferimentos ligeiros um com fratura de um membro, por algum motivo teve classificação 5 estrelas euro NCAP se calhar sempre anda a fazer alguma coisa interessante.

        • Vítor M. says:

          Cuidado com o truncar de frases, isso não é honesto. O que foi dito foi perante um acidente em que o carro se incendiou, além de outra informação relevante na notícia exposta, eu referi “Mas a ideia não era fazer muito melhor? Nessa comparação, a Tesla não anda aqui a fazer nada de especial.” Naquela comparação, portanto, cuidado com o truncar de frases para usar noutro meandros que em nada dizem respeito a esta conversa. 😉

          Porque o caro Traveller foi logo buscar a classificação 5 estrelas euro NCAP… nada a ver!

  2. fak says:

    será que as baterias dos elétricos são blindadas?
    é que comecei a pensar na explosão… quando se tem uma bateria de litio, se esta for picada ou outra razão causar o seu dano fisico, como o fogo ou curto-circuitos, esta incendeia-se e pode vir a explodir…
    o material eletrico pode arder, mas nunca apanhei nada eletrico capaz de explodir em chamas, apenas baterias e as baterias é muito facil de explodirem: curto circuito, dano fisico, agua, altas temperaturas, etc, sendo o pior de todos a agua, que para além de fazer arder e eventualmente explodir, a bateria torna-se numa fonte de calor insana.
    num teste que vi a baterias de litio feito por 2 russos (tinham de ser os russos não é? haha), se uma bateria estiver danificada e entar em contacto com água, além de arder e explodir, uma simples bateria AA atinge mais de 500ºC de temperatura, tornando-se numa fonte de calor insana, potenciando ainda mais o risco de incendio e explosão, imagino a temperatura que não atingirá um batery pack seja de um carro tesla, nissan ou outras marcas…
    alguém sabe exatamente se estas baterias são blindadas? é que se não forem não estamos a comprar um carro, estamos a comprar uma bomba relógio…

    • joao rodrigues says:

      Já o deposito de gasolina é blindado? e não há problema nenhum? não há componentes elétricos num carro a combustão?, o carro a combustão não tem uma bateria que pode explodir?
      Nos elétricos há baterias blindadas algumas até arrefecidas a liquido mas não são anti bala houve um que deu um tiro na bateria do seu Tesla e foi reclamar para a marca que o carro ardeu.

    • jorge says:

      Certo, mas a Tesla não usa essas baterias, e sim pode meter a bateria debaixo de água, são blindadas, estanques, têm controle de temperatura e até circula líquido de refrigeração dentro dos packs, o mesmo que é usado nos veículos a combustão para refrigerar o motor.

  3. Paulo Pedroso says:

    Mais do mesmo, nada é 100% perfeito, nada é 100% seguro. Mas pronto, acho graça que neste fórum só os carros da Tesla é que pegam fogo… Enfim. Cada vez há mais imparcialidade em relação à Tesla.

    • Vítor M. says:

      Sim somos, com a Tesla ou com qualquer outro assunto, o mais imparciais possível. Não tenhas dúvidas Paulo.

      Cump.

      • Hugo Matos says:

        Não leve a mal, Vítor, mas estritamente falando (ou escrevendo), a Tesla não é um “assunto”. Ao denominá-lo de “assunto”, parece que tem qualquer coisa a “resolver” com o dito cujo, serão as palavras a traí-lo? Se queria mesmo afirmar que são imparciais, deveria afirmar que o são em relação a outras marcas.
        E, já agora, anexar estatísticas ou quaisquer outros dados mais globais “side by side”, (se houver), deste tipo de acidentes, em relação a outras marcas, usando tecnologia semelhante, ou até de outros tipos de motores.
        Penso que notícias destas num universo de milhares de veículos (Tesla) em circulação, e de milhões de todos os outros, talvez não seja muito relevante, se as estatísticas de incidentes idênticos respectivos não forem mencionadas.
        De outra maneira, a notícia, e sobretudo, como anexam ao título da mesma “Novos problemas para a Tesla?”, poderá ser rotulada apenas de sensacionalista, dirigida para exponenciar a sua visualização, e nada mais.

        Já agora, “a talho de foice”:
        https://abcnews.go.com/US/mysterious-bmw-fires-continue-calls-investigation-grow/story?id=60843215

        Cump.

  4. Nuno Monteiro says:

    Os compradores de Tesla são mais que avisados que em Auto-Pilot têm de manter a máxima atenção, o que se vê e que o mesmo não estava a ser feito, o auto-pilot pode ser usado como auxiliar de descanso aos braços e pernas em viagens longas, mas o que acontece é que abusam!
    O problema sempre foi o ser humano e vai continuar a ser.

  5. jorge says:

    Ninguém está no hospital, não ia em autopilot, as explosões são os pneus, quem já viu um carro a arder sabe o que acontece, tanto que é sempre confundido com explosão de combustível, e imagine-se o dono vai comprar outro igual.

    • Vítor M. says:

      Só disparatares Jorge. Diz assim um site russo, há coisa de poucas horas: A father and two kids suffered serious injuries after their Tesla S crashed into a tow truck on a freeway and caught fire, due to an alleged autopilot malfunction..

      Portanto, Jorge, o teu russo está mais para thai. 😉

      Sobre as explosões, nenhuma autoridade no local falou nos pneus, mas sim de dentro do carro, alias, não precisas de perder muito tempo para perceberes que as explosões acontecem no centro frente do carro. Ideia peregrina essa dos pneus. 😉

      • jorge says:

        Outra vez,, eu não disse que fui eu.

        O carro tem 7000 mil baterias, se tivessem a explodir parecia fogo de artifício e bombinhas de carnaval, foram 2 explosões, por são os 2 pneus, e mais 2 virão, mas quer levar a sua avante, leve e modere novamente, no Facebook e em grupos específicos vai aparecer essa informação.

        • Vítor M. says:

          É porque dizes que foi algumas dessas 7 mil baterias a explodir? Onde que raio diz isso? Nenhuma imprensa local refere que as explosões são dessas baterias, só tu. Deve ser a qualidade do russo que dominas.

          No Facebook? Aaa sim nesses grupos religiosos aparecem sempre explicações de todo o tipo. Está visto que já te evangelizaram . 😉 fica bem e não inventes coisas que não existem.

          Cump.

          • mlopes says:

            não quero dizer que neste caso tenham sido os pneus ou qualquer outra coisa. a informação é tão escasssa, para além do que se lê aqui e acolá escrito por fontes sem acesso pericial ao acidente que só é possível especular.
            curiosamente o que o @jorge escreveu não tem nada de estúpido e ele nem sequer inventou nada de estranho.
            é que de facto na generalidade dos casos de acidentes em que há “explosões” estas são efetivamente devidas aos pneus e são confundidas com explosões relacionadas com o combustível, coisa que apenas existe nos filmes.
            na realidade o combustível em estado líquido dos carros não explode. isso é um mito desmistificado há muito e apenas perpetuado nos filmes.
            o combustível incendeia-se quando se dá a sua vaporização por influência de uma fonte de calor, muitas vezes vinda do sistema de escape ou dos travões. nessas circunstâncias a gasolina arde de forma espetacular e atinge temperaturas superiores s 500 graus celsius mas não explode.
            no caso das baterias de lítio também não ocorrem explosões. geralmente incendeiam-se, de uma forma ainda mais espetacular do que a gasolina e atingindo temperaturas duas vezes superiores, quando os eletrodos entram em contacto um com o outro e fazem com que o eletrólito liquido se incendeie.
            as baterias que de facto explodem são as “lead acid”, quando sobrecarregadas, devido à emissão de hidrogénio como um sub-produto. o hidrógénio facilmente explode com uma pequena faísca ou uma chama

          • Vítor M. says:

            Certo certo, mas em lugar nenhum, ao contrário do que o Jorge afirmou, é dito que foram explosões das baterias. É dito sim que houve várias explosões e que depois de embater no reboque o carro explodiu. Aliás, está descrito em vários sítios. Portanto, nem é dito se foi a bateria, os airbags ou os pneus, quem afirmou que foram os pneus foi o Jorge.

            A par disso, como está num comentário neste artigo, há explosões que não são nos pneus como podes ver no vídeo do Tesla no estacionamento. Portanto, tal como foi dito no texto, houve um acidente com um Tesla Model 3 (atualizada a informação que antes dúzia ser um Model S) que embateu contra um reboque e explodiu. Do acidente, resultaram 3 feridos com gravidade (membro partido e escoriações, mas estão livres de perigos).

            Tal e qual como está no texto.

            Um site dedicado e muito citado pelos amantes da marca (quando as notícias são de feição deles) diz o seguinte:

            According to a law enforcement source, the Tesla was probably driving on Autopilot and couldn’t recognize the tow truck in front of it, after which it caught fire.”

            Update: Tretyakov has also since confirmed that he was on Autopilot.

            Cump.

          • mlopes says:

            no caso das baterias de li-ion só poderíamos eventualmente dizer que existe uma explosão (é preciso tem em atenção a definição já que irromper em chamas de forma violente não é, necessáriaamente, uma explosão) se:
            – esta fosse carregada a uma voltagem bastante superior à devida o que levaria a um aumento da pressão interna, ao aumento do volume interno e ao subsequente libertar de uma quantidade enorme de energia acumulada, uma explosão;
            – o o litio entrar em contacto com água produzindo hidróxido de lítio e hidrogénio como subproduto. o hidrógénio facilmente explodirá com uma pequena faísca ou uma chama

        • Tom says:

          Que imaginação… essa dos pneus.
          As baterias da Tesla têm 15 células, e cada célula é composta de 450 baterias, num total de 6.750 baterias.
          … portanto, podem explodir varias células, agora explodir as 6.750 baterias ou as 15 células ao mesmo tempo, duvido muito. Quase impossível.

          Quanto ao chamado Autopilot, que normalmente se entende como piloto automático, é uma ideia completamente errada.

          O autopilot, nada mais que a junção de:
          ACC – cruise control adaptativo
          Self-parking ou Automatic parking – estacionamento automático
          Lane centering – mantém o carro dentro da faixa de rodagem

          Os carros da Tesla não oferecem uma condução 100% autónoma.

          Se queres ver um Tesla S, estacionado, a explodir os pneus (como dizes) clica no link abaixo. O engraçado é que não estava a recarregar baterias e estava parado.
          https://twitter.com/i/status/1120213142561226752

          Neste caso o que explodiu devia ser o bidon de 10 litros de gasolina que dono tinha dentro do carro. 🙂 🙂

          • jorge says:

            Imaginação, quase todas as explosões em carros são os pneus, esta e todas as que fizerem barulho em teslas e outros eléctricos são os pneus ou os airbags porque não têm mais nada para explodir.

          • Vítor M. says:

            Bom dia Jorge. Espera, agora já mudaste o disco. Afinal são os airbags. 😉 Jorge és um Valente. Porque és um mensageiro do que dizem que pode ser, tu lês, és formatado e voltas com coisas novas. Não vale a pena inventares coisas, o que está escrito é o que tem sido avançado por sites russos, turcos, americanos, portuguses… todos. Tu é que trazes as fake news desses tais grupos de evangelizadores do Facebook para mudares a verdade dos factos (o que foi avançado pelas autoridades). Tem calma.

            Abraço.

          • jorge says:

            Eu não disse que era, eu disse “ou”, não venho com nova conversa, perguntem aos bombeiros o que explode em carros, eles é que sabem do assunto.

      • Victor Casanova says:

        Vítor M., este comentário era mesmo necessário?

    • Joao r. says:

      Outra vez a mentir. Diz em varios sites da Rússia o seguinte:

      A father and two kids suffered serious injuries after their Tesla S crashed into a tow truck on a freeway and caught fire, due to an alleged autopilot malfunction. Footage of the exploding car was caught on video.
      The electric vehicle, fully engulfed in flames, was captured on video by shocked oncoming drivers. One of them even caught the moment the burning vehicle was ripped apart by several violent blasts.

      Para de mentir sff.

  6. Pedro Sousa says:

    Ao pessoal que vem aqui para dizer que os condutores devem ir com as mãos no volante tenho boas notícias!

    Há uma tecnologia que consegue saber se os condutores levam as mãos no volante ou não. Pelo menos no meu seat de 2014 e no de 2017, pelo que a super tecnológica testa só não desliga o autopiloto na ausência de condutor se não quiser…

  7. iDespairing says:

    Durante o dia já tem das suas. Mas usar Autopilot de noite só para maluquinhos.

  8. AndLop says:

    Continuem a apagar os meus comentários!!! A próxima vez serão tomadas outro tipo de medidas.
    Esta censura tem de acabar para bem de todos…

  9. Vasco VAlente says:

    O dono do carro disse que ninguem está no hospital! Ficaram todos okay! E que a culpa foi dele e nao do autopiloto!!!

    • Vítor M. says:

      Ontem era um jorge, hoje um vasco com a mesma conversa!!! Isso será religião? Ontem não avançaste com a teoria que sabias russo e que leste o contrario do que os sites russos estão a documentar? É que eles dizem que o condutor e os filhos estão gravemente feridos. Vasco, se não tens um Tesla, se apenas dizes o que te mandam dizer, porque não lês primeiro o que foi avançado pelas autoridades em vez de criares fake news (até dentro do grupinho de corte e costura) para tentar limpar aqui a gravidade dos factos?

      Sim, as informações das autoridades dizem que o acidente deu-se com o autopiloto ativado. Portanto, se foram esses os factos relatados, porque queres tu mudar os factos?

      Cump. Vasco

      • jorge says:

        So existe uma entidade que pode afirmar que foi o autopilot, essa é a Tesla e no fim de ter o carro nas suas mãos, até lá só se pode confiar no que o condutor diz.

        • Vítor M. says:

          Certo, mas as informações dizem que estava o autopiloto ligado, provavelmente devem saber algo que nós não sabemos, nem tu e nem a Tesla atualmente.

          • jorge says:

            Mas como podem afirmar que estava ligado? Iam a filmar o carro?

            Não não sabem, só o condutor e os passageiros sabem, ou a Tesla no fim de analizar os logs, se o condutor diz que não ia, temos de acreditar na palavra dele até à Tesla dizer o contrário, e por relatos anteriores, a Tesla não foge à sua responsabilidade.

          • Vítor M. says:

            Ora vai lá ver o que disse o condutor. 😉 ele desmente tudo o que afirmaste. Repara que ninguém culpou a Tesla pelo acidente, tu é que tocaste nesse assunto, como foste tu que disseste juntaste à expolsão as baterias, como foste tu que disseste que eles não tinham tido nada. Tudo inventado. O condutor já veio dizer as coisas tal e qual como aconteceram e há novas imagens 😉

      • Traveller says:

        “de acordo com a imprensa local, o Tesla Model S estava a ser conduzido pelo empresário russo, Alex Tretyakov. Depois de terem sido transportados para o hospital, o empresário revelou que sofreu uma fratura na perna e que os seus filhos sofreram apenas ferimentos ligeiros” cumprimentos vitor

        • Vítor M. says:

          Está descrito no artigo. Tudo devidamente atualizado, até porque só hoje se percebeu que os ferimentos são menos graves que o que antes se tinha avançado. E sobre o autopiloto, o condutor disse algo?

  10. Joaquim says:

    O mal da Tesla não é a Tesla. São os fundamentalistas que os grupos do Facebook tem, nomeadamente o português. Aquilo mais parece uma ditadura onde não se podem dar opiniões negativas, ameaçam logo com expulsões, acusam as pessoas de serem haters como eles gostam de dizer.

    Era um grupo que deveria ser banido do Facebook. São pessoas mimadas e novos ricos, muitos deles deverão empenhar o salário todo para pagar um carro, outros usam artimanhas de meter o carro em nome da empresa para pagarem menos, etc. De rir e chorar por mais.

  11. Joao r. says:

    Poça fui ler a notícia no site russo RT e diz o mesmo. Como é que deixam esse Jorge estar a espalhar mentiras? O tipo deve ser pago pela Tesla.

  12. jorge says:

    É bom ver que já alteram algumas coisas no texto.

    • Vítor M. says:

      Foi alterado o Modelo tal como a fonte referiu após atualização. Além disso, ao contrário do que estiveste a teimar, o condutor disse que ia em modo autopiloto. Estiveste a teimar para nada 😉

      • jorge says:

        Errado, ele disse que ia em modo assistido, o carro dele não tem autopilot, tem de manter as mãos no volante, é pouco mais que um Cruise control.

        • Vítor M. says:

          Nada disso, as informações atuais dizem os eguinte: Tretyakov has also since confirmed that he was on Autopilot.

          Estás a tentar agora mudar o teu discurso, face ao início. Antes ninguém tinha sofrido nenhum ferimento, não ia nada em autopiloto, as explosões foram nos pneus, etc… agora afinal parece quer sempre ficaram feridos, afinal ele ia com o autopiloto 😀

          Outra coisa, tu não percebes muito de Teslas pois não? Deixa explicar-te uma coisa (sem entrar em muitos pormenores):

          Piloto automático incluído no carro dele: Permite o funcionamento automático das funções de direção, aceleração e travagem quando existem outros veículos e peões na faixa onde circula. Todos os novos automóveis Tesla estão equipados de série com funcionalidades de assistência ao condutor, como travagem de emergência, aviso de colisão e monitorização de ângulos mortos.

          Ai ai ai… é mesmo perda de tempo estar falar contigo.

  13. Carlos Couceiro says:

    So numa viagem vi três Mercedes a arder e eu Tb circulava com um, e vão arder mais e BMW e Opel e de todas as marcas

  14. IonFan says:

    O reboque estava tapado por outro carro que não tinha qualquer tipo de sinalização de emergência.
    A travagem automática de emergência activou-se mas não havia nada a fazer.
    O condutor diz que ia com o AP activo mas distraiu se por momentos. Não culpa o AP.
    Havia outros carros na via ao lado, logo o AP não podia desviar-se em segurança.
    Sairam todos do carro pelo próprio pé e, so depois começou o incêndio. Ao contrário do combustível, os incêndios nas baterias, dão bastante tempo para retirar os ocupantes.
    Podem ver as imagens aqui:
    https://evcompare.io/blog/this-is-a-security-camera-video-of-the-tesla-model-3-crash-in-moscow-russia-on-10-08-2019/

    • Vítor M. says:

      Excelente informação. Obrigado ionFan. Vamos então tentar perceber aqui algumas informações que saíram hoje, para completar o que se falou ontem:

      According to the Tesla driver:

      The autopilot was on; Isso tinha já sido avançado ontem, confirma-se
      The speed was 100 km/h (62 mph); A velocidade ontem não havia sido avançada, dá ideia do autopiloto estar a cumprir a velocidade permitida
      The driver was distracted for a moment before the crash; Informação relevante até porque, repare-se, ele bate no reboque que está na berma da faixa.
      He didn’t notice the obstacle before the car hit it; Provavelmente porque se distraiu por momentos
      He didn’t press the brakes; Se não deu conta, não reagiu, mas a máquina ainda detetou algo
      The driver broke his leg in the crash; notícia de ferimentos avançada ontem
      The driver and his children managed to get out of the car safely; informação revelada hoje
      The Tesla caught on fire after they got out; reparamos que o embate não foi a grande velocidade, apenas um choque frontal esquerdo e isso foi significativo para se incendiar
      The last update of the Model 3’s software was in April; portanto, um carro com o mais recente software, com Piloto Automático e, como diz o condutor, com Autopiloto
      The driver is not blaming Tesla for the accident. Na verdade, perante as novas imagens, existem luzes de travão ainda antes de bater.

      Portanto, é relevante para percebermos que o carro tinha autopiloto, que o autopiloto ainda acionou os travões, que só tardiamente foi detetado o reboque na berma da faixa de rodagem, que todos os passageiros sofreram ferimentos, uns apenas hematomas e o condutor com a perna fraturada, todos conseguiram sair do carro pelo próprio pé. O carro com o dano na frente incendiou-se ficando todo destruído pelas chamas e que era um Tesla recente.

      • iDespairing says:

        wow tanto alarido, pplware. Fazem cobertura dos casos do dia tecnológicos a nível internacional?

      • Traveller says:

        Está tudo explicado como consegues dizer que o reboque está noutra faixa de rodagem? Como consegues dizer ia a 100kms hora por isso bateu devagar 🙂

        • Vítor M. says:

          Não me expressei bem, vou pormenorizar, o que está explicito é que ele bateu no reboque que estava depois de um carro que, mesmo estando na mesma faixa de rodagem, está praticamente na berma depois da linha. Seguramente o carro não seria problema, o que ele não evita é a traseira mais proeminente do reboque. As imagens mostram que o embate não foi a grande velocidade, dado que o carro imobilizou-se no mesmo local encostado ao reboque. Vê o vídeo. 😀

      • jorge says:

        Todos os meses saiem 1 a 3 atualizações, isto é um pouco pior que os androids, esse já é considerado velho.

        • jorge says:

          Eles fazem atualizações OTA, mas se o condutor o permitir e ligar a uma rede wireless, no grupo o condutor afirmou que não tem as últimas actualizações.

        • Vítor M. says:

          Nada disso. Esta atualização de abril que ele tinha, já incorporava as mais recentes novidades.

          • Jorge says:

            https://ev-fw.com/reports.php

            Nop, só este ano já sairam quase 50 actualizações para o model 3, nem todas são os mesmos paises e nem para os mesmos carros, costuma sair entre 1 a 3 por mês para o mesmo carro, no caso do model 3 é necessário ligar o carro a uma rede wireless para que ele faça a atualização, provavelmente o dono ainda não o ligou e devido a isso não está atualizado, e tem saído alguns updates de segurança para estes casos.

          • Vítor M. says:

            Caro, estás a misturar tudo. Saiu a versão 9 e tens os normais updates da versão (minor releases), mas continuas sempre com a versão 9. Depois, vais atualizando com correções, com dados novos, com informações relacionadas com o sistema de navegação, etc… não mistures alhos com bugalhos sff.

          • jorge says:

            Loooool

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.