PplWare Mobile

Categoria: Humor

E Porque Hoje é Sexta

O país é uma comédia, principalmente com os casos que abrem os telejornais. Esta semana foi algo épico ao ponto que as TVs seguiram o dia de uma figura que foi presa porque, supostamente se portou bem. Desde o momento em que foi levado no domingo até ao primeiro xixi, Bruno de Carvalho foi motivo de cobertura jornalística. OK, o país está caricato, mas tem a sua quota de humor e é sobre humor que vamos falar.

Na linha das notícias de Portugal, deixamos alguns vídeos bizarros que o mundo pariu e muitas imagens igualmente estranhas, divertidas e descritivas da sociedade. Para sublinhar a importâncias dos factos, deixamos boas piadas e música que quebra com o estigma do “libertem o Bruno”. Bom fim de semana.


E Porque Hoje é Sexta

Chegamos a sexta-feira e está um tempo bom para ficar à lareira. Para isso deixamos uma coleção de imagens, vídeos e música… sem esquecer aquela piada refinada.

Quanto ao país e o mundo… vai bem, obrigado por perguntarem. Sempre a mesma… coisa! Bom fim de semana.


E Porque Hoje é Sexta

Ontem, o tal dia de todos os homens, vulgo, dia de todos os santos, deixou algumas marcas e, juntando com uma noite tipicamente portuguesa, a noite de halloween, temos imagens fantásticas para mostrar.

Sobre o mundo… não atirem pedras, ou levam bala, segundo Trump.

 


E Porque Hoje é Sexta

Está a chegar o dia das bruxas e há muita gente já em preparação, leve preparação vá! Esta é uma altura onde a realidade aparece disfarçada, mas não deixa de ser realidade. Contudo, muita gente confunde o dia das bruxas com o carnaval. Fica engraçado uma bruxa ao lado de um super-herói.

Por falar em humor, hoje temos um cardápio recheado de bons vídeos e tudo o mais para lhe abrir as portas ao fim de semana. Bom apetite.


E Porque Hoje é Sexta

Um passageiro toca no ombro de um taxista para lhe fazer uma pergunta. O taxista grita, perde o controlo do carro, quase choca com um camião, sobe o passeio e entra por uma montra dentro partindo o vidro em pedaços.

Por um momento não se ouve nada dentro do táxi até que finalmente o taxista diz: – ‘Olhe amigo, não volte a fazer isso nunca mais! Quase que me matou com o susto!

O passageiro pede desculpa e diz: – ‘Nunca pensei que fosse assustar-se tanto só porque lhe toquei no ombro.

Responde o taxista: – ‘O que se passa é que hoje é o meu primeiro dia de trabalho como taxista.

– E o que é que fazia antes? – Fui condutor de um carro funerário durante 25 anos.