Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Humor

E Porque Hoje é Sexta

E Porque Hoje é Sexta de início de outono já vem mais desafogado. As eleições autarquias destruíram a COVID… Já vai andar tudo mais livre, porque é preciso ir votar. Não há COVID que pare uma eleição. Tudo isto é na esfera do humor, porque na realidade vamos ver como vai ser agora em que já se fala em deixar a máscara. Sim, muitos ficaram tristes, nunca na sua vida foram tão bonitos.

Por falar em bonito, e bonito bonito, é… vermos a animação que vai neste planeta. Bom fim de semana.


E Porque Hoje é Sexta

Já acabou a pandemia em Portugal? Já passou tudo? É que há uma animação porque estamos vacinados e somos o país número 1 no mundo. De um lado os otimistas demais, do outros os negacionistas. É um país de muita animação. Militares de um lado, juízes do outro, políticos no meio, bazuca nas costas e siga…

Por falar em anedotas, hoje temos muito humor, temos até contorcionistas!


E Porque Hoje é Sexta

A pandemia trouxe uma série de novidades à sociedade portuguesa. Um juiz que dá ordens supremas aos polícias e, se estes arrebitarem cabelo, diz que dá uma coça ao diretor dessa força policial. Estamos a viver uma idade moderna, uma espécie de idade média tecnológica. O que não falta é humor.

Por falar em humor, hoje temos cozido à portuguesa.


E Porque Hoje é Sexta

Já voltaram de férias? Não, parece que não, que muitos portugueses preferiram setembro para férias. O tempo ajuda e convida. Estamos em maré de campanha eleitoral para as autárquicas e há muito humor nas propostas dos candidatos. Mas o país segue na liderança da vacinação, pelo menos somos “melhores” nalguma coisa positiva… não, não estou a falar nos desejosos da bazuca!

Por falar em bazuca, hoje temos grandes bombas para animar o seu fim de semana.


E Porque Hoje é Sexta

Os Talibãs apanham COVID? Aquilo é tudo a monte, ninguém usa máscaras, nada de lavar as mãos… e ninguém morre ali de SARS-CoV-2! Questionando um dos especialistas, que são especialistas em COVID e agora em Afeganistão, este disse “há uma explicação simples e está na base epidemiológica do assunto, o vírus tem medo dos Talibãs.” Pronto, está explicado.

Para hoje há um menu de coisas intemporais… como as cabines telefónicas!