Android recolheu localização de utilizadores sem autorização

A Google sempre teve problemas com a privacidade e com a recolha não autorizada de dados no Android. Por muito que a empresa tente resolver os seus problemas, existem sempre novas falhas que trazem este assunto novamente para o centro das atenções.

Uma nova questão foi lançada e mostra que a Google recolhe a localização dos utilizadores Android, mesmo depois destes indicarem que não pretendem que a empresa registe esta informação.


Como “trabalhar” as fotos em RAW no Android, sem Root

Os smartphones são cada vez mais máquinas fotográficas e menos telefones. Se contabilizar o tempo que usa a telefonar e as vezes que usa o smartphone para tirar fotografias, verá que tem uma máquina fotográfica que também dá para telefonar. No passado era mais ao contrário.

A culpa é da tendência e da qualidade que os fabricantes colocam nas câmaras que equipam os dispositivos. Cada vez temos mais e melhores “máquinas fotográficas”. Falta, depois, dominar o software e algumas técnicas que melhoram a nossa prestação. Hoje vamos falar no RAW, sabe o que é?


Análise: Xiaomi Mi Drone 4K

Não é desde há muito tempo que é acessível, ao utilizador comum, captar imagens 4K com estabilidade a partir do ar. Mas quão acessível é?

Conhecendo o preço dos drones DJI e a qualidade que oferecem, dificilmente somos levados a crer que podemos ter resultados equivalentes por valores significativamente mais baixos. Mas acredite, é verdade, e o Mi Drone 4K prova-o com toda a classe.


Apple está a trabalhar num ecrã MicroLED para substituir OLED

Foi no passado mês de setembro, com o iPhone X, que a Apple lançou o seu primeiro smartphone com ecrã OLED. No entanto, a tecnologia não pára de evoluir e, aparentemente, a gigante de Cupertino já se encontra a trabalhar num novo tipo de ecrã, que poderá vir a substituir a tecnologia OLED num futuro relativamente próximo.

Tal como tem feito com outros componentes, parece que a Apple quer no ecrã ser também “menos dependente” de empresas proprietárias de certas tecnologias.

Imagem do MicroLED


Lisboa Games Week: o rescaldo

A Lisboa Games Week é um daqueles fenómenos que chegou em bom tempo. Realmente é bom verificar o sucesso que este evento está a ter, ano após ano, e cujo crescimento continuo só nos faz antever que podemos estar perante um dos eventos que a médio prazo se possa tornar Mundial (se é que já não o é).

As principais marcas de jogos, consolas e outros tipos de acessórios estiveram presentes e, com a utilização de dois pavilhões (no ano passado era apenas 1 único) a organização do evento foi muito mais positiva. Mais espaço significou, mais espaço para se andar, como também mais espaço para mostradores, consolas e pontos de interesse.


Análise Call of Duty: WWII (Playstation 4)

A 6 de Junho de 1944 teve início a maior invasão alguma vez ocorrida na história da Humanidade. Milhares de soldados americanos, ingleses, canadianos e das Forças Francesas Livres desembarcaram nas praias da Normandia – norte de França – com...