PplWare Mobile

Categoria: Gadgets

Supostos moldes do novo iPhone XI e XI Max aparecem nos média da China

Está na altura de começarem os rumores “mais a sério” sobre os novos smartphones da Apple. O iPhone XI e XI Max deverão ser escrutinados de dentro para fora. Deste modo, não admira que já circulem imagens de supostos moldes que darão forma ao novo topo de gama da empresa de Cupertino.

Sites chineses deram a conhecer duas imagens que, sendo verdadeiras, dizem alguma coisa do que virá na linha iPhone.

Imagem de supostos moldes dos iPhone XI e XI Max da Apple


Blackview BV9700 Pro: Há um novo rugged phone a chegar ainda mais resistente

Com grandes provas dadas no segmento dos smartphones todo-terreno, os chamados rugged phones, a Blackview prepara-se para colocar no mercado um novo modelo. O BV9700 Pro apresenta-se assim depois do sucesso que foi o Blackview BV9600 Pro, com vendas que excederam as 500 mil unidades.

Blackview BV9700 Pro: Há um novo rugged phone a chegar ao mercado


Xiaomi Mi Band 4 estará pronta a ser apresentada, com ecrã a cores!

As pulseiras inteligentes colocam a Xiaomi frente a frente com a Apple no topo do mercado de wearables ou acessórios inteligentes. De acordo com a IDC, ao longo de 2018 a fabricante chinesa liderou durante vários meses este setor. Entretanto, a nova Xiaomi Mi Band 4 já estará pronta para ser apresentada oficialmente.

Com a finalidade de solidificar a posição da Xiaomi no topo deste mercado, a Mi Band 4 será importante.

Xiaomi Mi Band 4


Umidigi Power – Há um novo smartphone Android a chegar ao mercado

A Umidigi é uma das marcas chinesas que mais tem evoluído nos últimos anos, algo que temos vindo a comprovar aqui no Pplware. Direcionado àquele público que não pretende investir muito num smartphone, está para chegar ao mercado (agora em fase de pré-venda) o Umidigi Power.

Os atributos são interessantes. Venha saber mais.

Umidigi Power - Há um novo smartphone Android a chegar ao mercado


USB Killer: estudante destrói dezenas de computadores em universidade

O caso teve lugar no estado norte-americano de Nova Iorque e volta a demonstrar o risco da USB Killer, a pen destrutiva que já demos a conhecer em ocasião anterior. Um jovem estudante de 27 anos admitiu ter destruído dezenas de computadores numa universidade privada e agora enfrenta sérias consequências.

Com efeito, pela frente pode ter até 10 anos de prisão, tal como aponta o departamento de justiça do FBI.

USB Killer Pen computadores estudante universidade