Quantcast
PplWare Mobile

Tags: questão semanal

Quanto gastou nos últimos 3 meses na compra de gadgets online?

A pandemia da COVID-19 levou ao confinamento das pessoas o que, por conseguinte, obrigou a que todos adaptássemos e reinventássemos as nossas rotinas e tarefas. Uma dessas alterações foi o facto de os consumidores optarem pela Internet para fazerem as suas compras.

As compras e vendas online permitem assim a aquisição de forma rápida e descomplicada de vários produtos, nomeadamente equipamentos tecnológicos. Desta forma, na nossa questão desta semana, pretendemos então saber quanto gastou nos últimos 3 meses na compra de gadgets online.

compras online


Maioria diz que as câmaras dos smartphones não estão ao nível das máquinas fotográficas

Afinal, o que é atualmente melhor para as fotografias: as câmaras dos smartphones ou as máquinas fotográficas? Sem dúvida que este é um tema que levanta algum debate, nomeadamente dos mais entendidos de ambas as partes.

Desta forma, para tentarmos perceber melhor a posição dos nossos leitores neste dilema, a nossa questão da passada semana pretendia apurar se as câmaras dos smartphones estão ou não ao nível das câmaras fotográficas. Vamos conhecer todos os resultados.

Estão as câmaras dos smartphones ao nível das máquinas fotográficas?


Estão as câmaras dos smartphones ao nível das máquinas fotográficas?

Atualmente os smartphones são equipamentos quase indispensáveis para as nossas tarefas do dia a dia. Naqueles pequenos equipamentos temos praticamente tudo o que precisamos, como por exemplo o telefone, a calculadora, o relógio, o email, as redes sociais, a lanterna, a máquina fotográfica, entre outros. Relativamente a este último, os smartphones têm apostado fortemente em sistemas fotográficos poderosos. Neste segmento muitos trazem com especificações técnicas que os deixam muito próximos das tradicionais câmaras fotográficas mais robustas.

Sendo este um tema que suscita sempre algum debate, então na questão desta semana queremos saber se os leitores consideram que as câmaras dos smartphones estão ao nível das máquinas fotográficas.


76% dizem que sites do Estado português não são seguros nem eficazes

O Estado português tem optado, e bem, por disponibilizar os vários serviços que oferece em plataformas online. No entanto são várias as vezes em que os cidadãos se queixam que esses sites têm diversos problemas, seja na dificuldade de acesso, organização da informação, pouco grau de confiança, entre outros.

Assim, na nossa questão da semana que passou questionámos os leitores se consideravam os sites do Estado português seguros e confiáveis. Vamos conhecer todos os resultados.


Questão: Serão os sites do Estado português seguros e eficazes?

Atualmente, os serviços do Estado têm praticamente todos uma plataforma online, como forma de facilitar e simplificar as necessidades dos cidadãos. Exatamente por se tratar de sistemas estatais, espera-se que os mesmos sejam seguros e construídos de forma a garantir uma navegação sem muitas complicações. Mas sabemos que isso nem sempre acontece.

Nesse sentido, na questão desta semana questionamos os leitores se consideram que os sites do Estado português são seguros e eficazes.