Quantcast
PplWare Mobile

Tags: acidente

Tesla condenada a pagar mais de 10 milhões de dólares pela morte de um jovem

Após 3 anos de julgamento, a Tesla foi condenada a pagar 10,5 milhões de dólares à família de um jovem de 18 anos que morreu num acidente com um elétrico da marca. Apesar da Tesla apenas ser responsável por 1% do acidente, o júri considerou a Tesla negligente no acidente com um Model S 2014.

Nesse acidente, que ocorreu em 2018, morreram dois dos 3 ocupantes da viatura.


Tem 50% menos probabilidade de ter um acidente num Tesla do que noutro carro

Toda a tecnologia que os carros da Tesla têm melhora de forma muito grande toda a experiência de condução. Não garante apenas uma melhor interatividade, mas traz mais segurança aos condutores e aos seus acompanhantes.

Um novo estudo realizado veio agora mostrar uma realidade que poucos tinham noção. Avaliou os condutores de carros elétricos que também usam veículos com motores de combustão. A diferença no caso dos acidentes é enorme para os Tesla, mas não se aplica a outras marcas de carros elétricos.

Tesla acidente condutores carro elétrico


Autopilot da Tesla novamente sob investigação. Desta vez, porque “matou 3 pessoas”

A Tesla não tem descanso e aquilo que garante aos condutores e que a distingue da maioria das fabricantes parece estar constantemente a dar errado. Exemplo disso é o Autopilot que está novamente sob investigação.

Desta vez, devido a um acidente que matou três pessoas.

tesla condução autonoma Autopilot V10


Quando um Tesla em piloto automático mata alguém, quem é o responsável?

O tema é muito interessante, pois estamos a entrar numa nova era no que respeita ao conceito de condutor. Há uma discussão importante em volta da responsabilidade do condutor quando ativa o piloto automático no seu carro.

Caso haja um acidente e o sistema estiver ativo, quem será o responsável?

Imagem Tesla com acidente atribuído ao piloto automático


Acidente mortal que envolveu piloto automático da Tesla leva ao primeiro dono acusado

O Autopilot da Tesla não é um sistema de condução autónomo na sua verdadeira essência. Com o piloto automático ativado o condutor tem a responsabilidade de estar atento à estrada e a manter as mãos no volante para garantir o máximo de segurança nas estradas, ainda que muitos exemplos revelem que o sistema nem sempre seja usado desta forma.

Agora, pela primeira vez desde que o Autopilot é usado, um proprietário de um carro Tesla envolto num acidente que provocou duas vítimas mortais, com este sistema ativado, é acusado criminalmente em tribunal.