PplWare Mobile

Tags: Xiaomi

Xiaomi Mi Band 4 estará pronta a ser apresentada, com ecrã a cores!

As pulseiras inteligentes colocam a Xiaomi frente a frente com a Apple no topo do mercado de wearables ou acessórios inteligentes. De acordo com a IDC, ao longo de 2018 a fabricante chinesa liderou durante vários meses este setor. Entretanto, a nova Xiaomi Mi Band 4 já estará pronta para ser apresentada oficialmente.

Com a finalidade de solidificar a posição da Xiaomi no topo deste mercado, a Mi Band 4 será importante.

Xiaomi Mi Band 4


Xiaomi: estes são os smartphones que vão receber a MIUI 11

Os dispositivos móveis da 4.ª maior fabricante de smartphones utilizam, por via da regra, uma interface própria, a MIUI. É esta a “máscara” da Xiaomi para o sistema operativo Android, incluindo também algumas aplicações de sistema. Já em 2019 receberá uma nova versão, a MIUI 11, a ser distribuída no fim do verão.

Entretanto, vemos já algumas listas prévias e indicações sobre os dispositivos eleitos para receber a MIUI 11.

xiaomi miui 11 smartphones Android


O LineageOS 16 traz o Android 9 Pie para novos smartphones da Xiaomi

O LineageOS é uma das ROMs Android que mais suporte tem da comunidade. Isto significa que está presente também num número elevado de equipamentos e que é usada por muitos.

A mais recente versão desta ROM trouxe algumas novidades, em especial para os utilizadores de smartphones Xiaomi. Para estes, o Android Pie chegou agora, com o LineageOS 16.

LineageOS Xiaomi Android Pie smartphones


Análise: Xiaomi Amazfit Verge, a evolução no caminho certo

Os smartwatches marcam a diferença no dia a dia, disso não há dúvidas, e a Xiaomi tem várias opções nesse segmento. Há deles que pouco mais fazem além de marcar as horas e contar passos, outros ajudam no desporto e gravam o percursos, e depois outros que dispensam usar o telemóvel para chamadas. E o smartwatch Amazfit Verge é um excelente exemplo.

Conheça o Amazfit Verge em pormenor e saiba o que esperar deste smartwatch.

Análise: smartwatch Xiaomi Huami Amazfit Verge, a evolução no caminho certo


Xiaomi: Lei Jun ganhou mil milhões em ações mas doará tudo à caridade

O atual CEO e cofundador da Xiaomi, Lei Jun, ganhou quase tanto como a empresa de smartphones Android no último ano (2018). Porém, o executivo chinês de 49 anos já garantiu que doaria esta maquia a instituições de caridade. Ainda assim, não deixa ser um feito incrível para uma empresa recentemente cotada em bolsa.

A empresa entrou na bolsa em julho de 2018 e para CEO, Lei Jun, as compensações foram milionárias.

Xiaomi Lei Jun smartphones Android CEO