Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Trump

Trump: “nós ganhámos esta eleição”. Será mesmo? Acompanhe os resultados eleitorais

As eleições nos Estados Unidos estão a prender o mundo. O candidato democrata, Joe Biden arrancou com alguma vantagem, mas Trump já se declarou vencedor. Isto é uma fraude. Isto é uma vergonha para o nosso país. Francamente, nós ganhámos esta eleição, referiu o atual presidente numa recente declaração.

Contudo, os resultados ainda não estão encontrados. Joe Biden ou Donald Trump para vencer, terão de ter pelo menos 270 votos no Colégio Eleitoral. Acompanhe aqui os resultados eleitorais dos Estados Unidos da América.

Trump:


Juiz impede remoção da app TikTok nas lojas da Apple e Google nos EUA… temporariamente!

A contenda entre o serviço TikTok e a administração Trump parece não ter fim. Trump deu o prazo de dia 20 de setembro para bloquear a app, depois foi alargado o prazo por mais uma semana, e agora um juiz não permite que as apps sejam removidas das lojas de aplicações.

Em agosto, a ByteDance entrou com um processo judicial para parar com a ação de banir a app dos Estados Unidos. Agora, de forma temporária, o tribunal parece ter concordado com os argumentos apresentados.

Imagem app TikTok nos Estados Unidos


Microsoft revelou que a sua compra do TikTok já não se vai realizar

Atualização: Oracle avança com proposta de parceria com a ByteDance, junto das autoridades norte-americanas.

A situação do TikTok nos EUA está cada vez longe de ter uma solução. Para continuar neste país terá de passar para as mãos de uma empresa americana, algo que poderá não ser uma realidade num futuro próximo.

Várias empresas estão na corrida para conseguir comprar o TikTok e assim satisfazer a vontade do presidente Trump. Uma das mais bem colocadas era a Microsoft, que agora revelou que este negócio caiu por terra e que não irá conseguir comprar esta rede social.

TikTok Microsoft EUA ByteDance Trump


Administração Trump descansa a Apple, proibição do WeChat não se estenderá à China

Os jogos de poder entre os EUA e a China englobam agora ferramentas do dia a dia. Smartphones, 5G, apps, redes sociais… tudo o que o utilizador comum usa de forma descomprometida. Contudo, estes países têm interesses perversos e as jogadas à opinião pública são encapotadas com argumentos de lana-caprina. Por trás, jogam-se cartadas que valem triliões de dólares, posições preponderantes nos mercados, estratégias de defesa e outros jogos numa guerra surda. A Apple, assim como outras empresas, foi metida ao barulho e até o WeChat está na mira.

Depois de se perceber que a Apple poderia perder milhões, a administração Trump descansou a marca.

Imagem Trump e WeChat


Donald Trump cria conta no Triller, a app concorrente do TikTok

A polémica entre o TikTok e o presidente dos Estados Unidos da América continua acesa. Depois de ameaçar, Donald Trump assinou mesmo uma ordem executiva para banir a aplicação chinesa de operar no país norte-americano. Mas a história não acaba aqui.

Mais recentemente, Trump criou conta sua no Triller, uma aplicação que é diretamente concorrente do TikTok.