Quantcast
PplWare Mobile

Parler: Rede preferida de apoiantes de Trump removida da Play Store e alertada pela Apple

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Toni da Adega says:

    A Apple já suspendeu a App e a Amazon vai suspender o alojamento no final do dia (Parle utiliza AWS)

  2. Ci says:

    Este pessoal não sabe o que é Telegram? Signal? Keybase?
    Além de serem anti-democratas são ciber-analfabetos também. Assim, menos mal 🙂

  3. Euéquesei says:

    Olhe que por cá há gente que diz que se fosse presidente da República das Bananas se recusaria a dar posse a um partido democraticamente eleito.
    Tem algo a dizer sobre essa pessoa?

  4. Xaikkul says:

    A isto chama-se perseguição e descriminação… Mas como é nos EUA tá tudo fixe e a malta engole.

    • Toni da Adega says:

      Inconvenientes da liberdade e de um país livre.
      Em muitos países o pessoal do Twitter e afins já estava tudo preso.

    • Nuno T. says:

      será? Não quebrou de regras? Não esteve associada a um ataque à Democracia no Estados Unidos?
      Não é suficiente?

      • Xaikkul says:

        O Wattsapp e Telgram estão ligados a organizações terroristas que já fizeram centenas, senão milhares de vitímas… Porque razão ainda existem?

        • Nuno T. says:

          O Wattsapp e Telegram são fundamentalmente aplicações de troca de mensagens e têm medidas de bloqueio de grupos extremistas. Não são “hosts” de conteúdos, como tal não têm como monitorar as mensagens individuais.
          O Parler é uma aplicação de “blogging” publico, que mantém conteúdos que são partilhados/direccionados a milhares de utilizadores. Não tem políticas para moderar e bloquear os conteúdos extremistas que armazena, algo que nos dias de hoje é inconcebível!!!

        • Pastilhas says:

          As estradas são vias que facilitam a deslocação de organizações terroristas, porque raio ainda existem?

          • AlexX says:

            Doravante todos os comerciantes podem nos seus espaços, que não deixam de ser privados, banir/correr com um grupo de clientes que estiver tendo uma conversa sobre um assunto que desagrade ao partido do comerciante. Se ficar sem clientes, o partido compensa com subsídios 😛

    • Antonio Santos says:

      Olha que não, olha que não, como dizia o outro, quando são grupos que incitam a violência, estas à espera do quê?? Logo a começar pelo “lider”…. e depois ha aqueles grupos de “jornalistas” do YouTube e afins, que só eles é que têm as “noticias verdadeiras” Nao estou a dizer que os “media” também não mentem, mas esses “jornalistas” saem com cada reportório que enfim, nem sei como descrever…

  5. Xaikkul says:

    Entretanto todas as apps que possibilitam planear e eventualmente levar a cabo actos de terrorismo continuam em ambas as app stores…

  6. gr33nbits says:

    Mas se as ‘apps’ têm regras e termos de serviço e se são quebradas por A ou B claro que os dev’s podem banir, etc, etc, quando instala a ‘app’ concorda com os termos.

  7. Milarilas says:

    Anda muita gente a justificar tudo com politiquices. Se a plataforma deixou que fosse usada para planear ataques deve ser sancionada. Da mesma maneira que o Facebook e Twitter também devem ser sancionados quando são usados para planear protestos violentos, como arder esquadras, destruir empresas de cidadãos, etc. O mal aqui é que ninguém sancionou estes últimos quando aconteceu em Maio lá com os BLM e etc., mas os tecnocratas rapidamente fizeram juízos de valor aos primeiros. Isto demonstra uma imparcialidade. Se temos de ser tolerantes. Temos de ser tolerantes com todos e aplicar a justiça imparcialmente… Senão daqui a bocado acontece como na URSS que, com o pretexto de derrubar os “fascistas”, impuseram eles um estado autoritário pior que o fascista.

    • Nuno T. says:

      A diferença é que o Twitter e o Facebook têm políticas e estruturas de moderação para remover conteúdos que promovam violência. Já o Parler não quer saber da moderação, tendo sido criado por pessoas ligadas ao movimento do Trump.

      • Milarilas says:

        Então bota apagar o Telegram, Signal, Discord, … Se temos uma opinião diferente dos outros, não devemos cala-los. Ainda por mais vindo de grupos que se acham “minoritários”. Quem devia saber mais de tolerância e integração não aplica nada disso face aos “opositores”. É a URSS outra vez?

        • Nuno T. says:

          Telegram e Signal não são plataformas socais de conteúdos! Troca de mensagens não tem como ser moderado!
          Criaste uma falácia! Organização de atos de violência não são opiniões, são atos antissociais e contra o próprio princípio de tolerância que tentas invocar… Ou será que tudo é permitido em sociedade?

        • Antonio Santos says:

          Não é questão de ter uma opinião diferente, é conteúdos de “fake news” e outros que promovem a violência verbal e física. Tás a ver, tive uma opinião diferente da tua, não incitei ninguém a violência.

  8. Marte says:

    No geral concordo com a acção, mas a cada acção é uma reacção, e o facto de serem banidos destas lojas , nada impede a sua instalação. Basta o site disponibilizar o download da instalação e o utilizador instalar “manuamente”. Ou seja, o serviço e servidores continuam online.

  9. FREEDOM says:

    É incrível como a liberdade e a democracia só são coisas boas quando gostamos da opinião ou da posição tomada por outros. O facebook e tantas outras redes, apps e plataformas têm sido utilizados para o pior que há neste mundo e aqui continuam eles. Ninguém pede o seu fim. São entidades que exercem censura, que restringem a liberdade de expressão e aqui continuam de forma inacreditável. É surreal.

    O Parler é uma rede livre, os utilizadores são os responsáveis pelo que lá colocam, não a rede. Se alguém teria que ser punido ou penalizado seriam os utilizadores que fizeram ameaças e que violaram a lei.

    É a mesma coisa que dizer que a Vodafone, a MEO ou a NOS têm que ser punidas porque as pessoas trocam mensagens entre elas que violam a lei. É a mesma coisa que dizer que o café do Manel tem que ser punido porque se reuniram lá pessoas que fizeram ameaças a outrem ou porque foi lá que foi planeado seja lá o que for. Só neste mundo cada vez mais próximo do abismo, da escuridão, da completa censura e do regresso às ditaduras é que isto pode ser considerado aceitável.

    • SSD says:

      Essa é uma boa teoria mas quando tens eventos como o de quarta feira que levam á morte de 5 pessoas deixas de poder ser reativo para teres de passar proativo e tentares evitar situações semelhantes

      • Milarilas says:

        E as mortes dos protestos do verão? E as mortes financeiras? Gostavas de chegar à tua loja e vê-la a arder? Deixem-se de equipas. É que ainda por cima andam a defender os políticos! Ao que chegamos! Sorte a deles, digo eu. Nunca foi tão fácil controlar a plebe.

        • SSD says:

          “Nunca foi tão fácil controlar a plebe”
          Nisso tens razão, por isso é que tens casos como os de quarta feira…
          Pah se o Twitter decidisse banir ou suspender as pessoas responsáveis pelas manifestações acredita que teria igualmente, não se trata de ser o Trump ou não, houve mortes envolvidas, já não se trata simplesmente de discordar da pessoa, ele está a por vidas em risco, direta ou indiretamente.
          Agora no mundo de hoje, parece que 2 errados fazem um certo e se formos por aí as desculpas nunca mais param, afinal ainda há 200 anos andávamos a queimar pessoas… Se calhar está na altura de começar a prevenir em vez de remediar

      • FREEDOM says:

        Em primeiro, os mortos foram maioritariamente manifestantes, às mãos da polícia.

        Segundo, quem mata não é a faca, a pistola, a ferramenta. Quem mata são as pessoas, a sua mente.

        Banir uma ferramenta, que no caso é uma rede social livre e que serve para COMUNICAR sobre tudo, é como banir um martelo que serve para martelar tudo, incluindo a cabeça de alguém se algum maluco assim entender. Vamos banir o martelo?!

        Que pensamento tão pequenino. É uma rede social LIVRE. Será que em pleno século 21 ainda não conseguimos responsabilizar as pessoas enquanto individuos que respondem pelas suas acções?

        Os telemóveis também serviram para activar bombas nos atentados de espanha e milhares de outros. Proibiram-se os telemóveis?!

        A única explicação para isto (e bem sabemos, não vale a pena ignorar) é censurar as opiniões discorantes, é manipular as massas, é toldar o pensamento, e é acabar com a concorrência aos monopólios das big tech.

        • SSD says:

          “Em primeiro, os mortos foram maioritariamente manifestantes, às mãos da polícia.

          Segundo, quem mata não é a faca, a pistola, a ferramenta. Quem mata são as pessoas, a sua mente.”

          Primeiro e por mais estúpido que considere o pessoal que deixou as coisas chegarem ao ponto que chegaram uma morte seja de quem for é de lamentar.
          Segundo é para isso Ou então e visto que a nomeação do Biden é daqui a 10 dias é para evitar que essas mentes brilhantes se juntem outra vez e evitar novas manifestações violentas.
          Mas pronto o importante é não se censurar as pessoas, se isso levar a mais perdas levou, coisas que acontecem neh?

          • FREEDOM says:

            É comovente a sua preocupação com 5 pessoas que faleceram mas quando BLM e demais extrema-esquerda agride, mata, assola e destrói cidades inteiras, destruindo igualmente a vida de muitos que lá vivem ou viviam, já não se passa nada.

            Deixe-se de coisas. A revolta das pessoas não resulta da existência de uma rede social livre, mas sim do descontentamento em relação à sociedade que os rodeia.

          • SSD says:

            Não se passa nada aqui no pplware, mas acredite que manifesto o meu desagrado perante situações que levam a perdas desnecessárias seja qual for a motivação da “luta”.
            Por esse última frase então ainda mais razão tinha o BLM para causar os estragos que causou. Enquanto desculparmos a violência ela vai continuar a acontecer como uma resposta natural.

          • FREEDOM says:

            O BLM, mais razão ainda? Só pode ser brincadeira. BLM é um movimento supremacista negro e anti-branco, sem fundamentos racionais, aliás todas as estatísticas existentes são o crime e sobre a violência policial / negros mortos às mãos de polícias brancos nos USA desmontam por completo as narrativas deles. Sabia que de todos os negros não armados, mortos pela polícia nos USA, apenas 4% são mortos por polícias brancos?

          • FREEDOM says:

            Além disso, se está tão preocupado como aparenta, preocupe-se em não censurar as pessoas, pois a censura e repressão só vão aumentar os níveis de tensão. Uma pessoa ou um conjunto de pessoas impedido de se expressar livremente será muito mais propenso à revolta. Não me espanta que seja isso que queiram provocar, para depois virem vitimizar-se e tramar o outro lado da barriada.

          • SSD says:

            https://www.washingtonpost.com/graphics/investigations/police-shootings-database/
            https://www.reuters.com/article/us-minneapolis-police-blackofficers/black-cops-say-discrimination-nepotism-behind-u-s-police-race-gap-idUSKBN2432T8

            Então a violência contra negros chega a ser 4 vezes superior em comparação, sendo que maia de 70% dos agentes é de etnia caucasiana e só 4% é que de advêm de agentes brancos? Está bem está, isso é quase uma impossibilidade matemática. Começo a perceber que estás é a tentar virar a discussão para o lado do blm e embora também não concorde com a forma como eles lidaram com as coisas não finjamos que os EUA não têm um enorme problema racial e com a violência policial (este afecta todas as raças e é se calhar o problema que precisa de ser focalizado mais rapidamente, enquanto que o racismo seria preciso uma alteração nas mentalidades a nivel nacional quase).
            Se fosse qualquer outra situação até concordava consigo que calar as vozes só levaria a mais revolta. Mas neste caso e com a eleição daqui a pouco mais de uma semana tentar evitar novos confrontos, assegurar a segurança nacional sobrepõe se á “censura” e requere medidas extremas.

          • FREEDOM says:

            A estatística que referi (referente a 2016 e cuja fonte agora não consigo reencontrar) estava ligeiramente mal apresentada. Na verdade, se bem me recordo, de todos os negros mortos por polícias, apenas 4% eram negros desarmados mortos por polícias brancos. Ou seja, os outros 96% ou estavam armados ou não foram mortos por polícias brancos.

            Em 2020, a polícia americana matou 226 negros, enquanto que matou 432 brancos. Ou seja, face ao peso das respectivas populações (60,1% branca, 13,4% negra), poder-se-ia dizer que a polícia matou cerca de 2,38 vezes mais negros do que brancos.

            Contudo, não podemos analisar estatísticas sem contexto, nomeadamente sem o contexto comportalmente do grupo em questão. Ora, ao mesmo tempo, os negros cometem 3,67 vezes mais homicídios que os brancos face à sua população, pelo que, naturalmente, a propensão para conflictos armados com a polícia é muito maior. Ainda assim, 3,67 vs 2,38 significa que a polícia não mata mais negros em proporção daquilo que os negros matam. Mas aqui ninguém se insurge contra a muito maior violência praticada pelos negros.

            Por outro lado, e tão ou mais importante, é que em 2016, por exemplo, os dados mostram que os negros mataram 10 vezes mais brancos do que os brancos mataram negros, em relação ao peso das suas populações. Ou seja, um branco tem 10 vezes mais probabilidade de ser morto por um negro do que um negro ser morto por um branco. 10 vezes?!!! Ninguém fala nisto? Já não há racismo agora?!

            De igual forma, morrem 10 vezes mais negros mortos por outros negros do que pela polícia. Mas aqui já está tudo bem, certo?!!!

            Conclusão. Todas as estatísticas apontam para a inexistência de viés da polícia em relação aos negros, quando é tido em comparação o nível de participação destes em crimes violentos. O facto destes serem, em termos comparativos, mais alvo de tiro por parte da polícia tem precisamente a ver com o facto de estar muito mais representados no crime, principalmente no crime violento. Ora, quem vai à guerra dá e leva, certo? O que tem isso a ver com racismo?!

            Ao contrário, e quando retratada a população geral, as estatísticas mostram a existência de viés (porque não chamam agora de racismo) dos negros em relação aos brancos, já que aqueles matam 10 vezes mais brancos do que o contrário, face ao peso das suas populações. Mas, deste racismo, ninguém fala.

            Esta análise, dados e percentagens extraem-se dos dados do FBI (https://ucr.fbi.gov/crime-in-the-u.s/2016/crime-in-the-u.s.-2016/tables/expanded-homicide-data-table-3.xls)

        • Luis Segafredo says:

          FREEDOM, tens alguma forma descartável de contacto que possas usar para me dares um contacto menos descartável?

    • Nuno T. says:

      O que é surreal é saber que alguma coisa se passa e não fazerem nada!!!

      • FREEDOM says:

        Real social LIVRE = quem lá participa ou quem lá posta é o único responsável pelos seus actos ou palavras.

        Engraçado como nas mais variadas situações onde foi semeado o caos, o crime, agressões, a morte, a destruição de proprieade alheia ao longo de 2020 nos USA, o facebook e outras redes que tais não souberam de nada, não é? O que é que lhes aconteceu? ZERO. Aqui continuam. E a meu ver, nessa parte, bem.

        São as pessoas que devem ser responsabilizadas pelos seus actos, não os meios (livres) através dos quais elas comunicam.

        Outra coisa bem diferente é ser legislado que tais plataformas têm o dever de comunicar aquilo que podem ser crimes (legislação essa que nem existe, na verdade). Mas entre isso e banir tais redes, vai uma distânica absurda.

        Não podem ser banidas ou proibidas redes onde a liberdade de expressão é o seu propósito! Isso é aceitar e compactuar com a ditadura, a censura. Isso é acabar com aquilo que tantos anos o mundo ocidental levou a construir!

        • Nuno T. says:

          Falácia! O Facebook e outras, removem posts que incitam a violência, etc! Podem não conseguir remover tudo, mas ao menos vão fazendo alguma coisa quando tomam conhecimento. Não é por acaso que as coisas mudaram há uns anos atrás depois de algumas redes sociais serem processadas por não fazerem nada quanto a grupos terroristas!
          A responsabilidade não é apenas de quem escreve, é também daqueles que se recusam a fazer alguma coisa sabendo que existe um problema… Aliás toda a razão de ser do Parler é exactamente para não fazerem nada quanto a posições extremistas.
          A Parler não acatou os termos de responsabilidade que assinou com outras empresas…

          • FREEDOM says:

            O facebook e outros que tais e continuam a ter grupos extremistas, violentos e criminosos com total liberdade. É o caso dos BLM, assim como vários grupos e pessoas ligados aos ANTIFA, outro grupo extremista de extrema esquerda.

          • Nuno T. says:

            FREEDOM, dizes que existem grupos que tu consideras extremistas, mas isso não invalida que o Facebook tem políticas e mecanismos para moderar conteúdos que promovem violência; ao passo que o Parler não quer saber em moderar esses conteúdos…

          • FREEDOM says:

            Nuno T., as “políticas” do facebook e outros que tais são totalmente discricionárias, discriminatórias e enviesadas, pois bem sabemos que o único espectro político alvo de censura tem sido a direita, enquanto que entidades, organizações e pessoas de extrema esquerda CONTINUAM, à hora que falamos, com free pass nas mesmas. Creio que é completamente dispensável dar-lhe os inúmeros exemplos, certo?

    • Rodrigo says:

      Nao percebes nada da coisa..se o trump nunca tivesse mandado os seus Thugs para o Capitólio eles nunca teriam ido. Simples.
      Eles mandou e incentivou a violência..outra vez.

  10. AlexX says:

    Quando temos alguém como Lin Wood, esse sim chamando os bois pelos nomes e apontando de pedófilos a traidores da pátria quem bem entende e no entanto continua solto, porque será? Será porque tem provas das afirmações que fez e ninguém o pode acusar de nada então têm que silenciá-lo também a qualquer custo? Será porque a NSA tem provas de tudo mas os tentáculos do polvo são grandes?
    Fecham o Parler, vão parar ao Gab, até já lá devem estar. Melhor fecharem a internet.

  11. N1ldo says:

    Estamos chegando num nível de sensura sem precedentes, e pior, há muitas pessoas inclusive das que tem influências diretas ou indireta em nossas vidas aplaudindo isso. (logo logo seremos todos calados)
    O movimento blm pintou e bordou com a vida de muitas pessoas e com a conivência e aplausos desses mesmos aí.
    O mundo tá todo torto mesmo, e vai de mau a pior.

  12. informado says:

    O Parler é acessível via Navegador / Browser não necessita de Apps google ou apple store. Pode-se postar e fazer tudo através de navegador /browser

  13. Carlos says:

    Quem se mete com o Partido Democrata, leva…

  14. Carlos says:

    Vou só acrescentar uma verdade horrivelmente inconveniente: sejamos perfeitamente sinceros, estas empresas só fizeram o que fizeram porque receiam recriminações e retaliações do partido atual no poder no congresso, senado e presidência. Isso já aconteceu quando esse mesmo partido alimentou conspirações, apoiadas fortemente pela comunicação social de que as redes sociais teriam sido manipuladas pelos Russos durante a eleições de 2016 e até do Brexit. Achavam que o Trump e os apoiantes dele eram os facistas? Preparem-se para uma surpresa muito desagradável.

    • Carlos Natário says:

      Verdade? Que provas tens tu para dizer isso? Pareces o Trump e a fraude eleitoral que nem os juizes que ele próprio escolheu conseguiram encontrar provas para suportar essa mentira…
      Gostava de saber como é que um mentiroso como o Trump consegue convencer tanta gente. Um homem de “negócios” falido que só o foi porque o seu paizinho, esse sim, um homem de sucesso lhe deu essa oportunidade.

      E atenção, sou o primeiro a achar que as big tech são muito poderosas e que deviam ter um escrutínio adaptado ao seculo XXI mas achar que o Trump é o arauto do mundo livre é um perigo.. Ele é um óptimo entertainer, ponto.

      • Luis Segafredo says:

        Bom dia,
        Eu vou só falar por mim, sem querer convencer ninguém. Embora parte de mim desconfie que perante provas irrefutáveis, nenhum ser inteligente as refutará, outra parte sabe que mesmo com essa tipologia de provas, dá para as refutar, bastam algumas nuances, contextos, dúvida plausível e já está. A única forma de assegurar o convencimento seriam provas além das irrefutáveis, nem falo de vídeos ou documentos, porque ainda que estes estejam alojados em sites alegadamente credíveis, pode haver sempre quem duvide, resta então a confissão, ou reacção do visado perante a apresentação das provas.
        Somente nesse contexto negacionistas (pró ou anti-trump) chegariam a consenso, e ainda assim, haveria sempre alguém que alegaria que quem confessou é uma cópia clonada ou edição de imagem, jamais o original, portanto este mundo atingiu esse ponto, em que dá sempre para duvidar de tudo e de todos, no entanto fica algo bastante claro: 1-a maioria das pessoas anti-trump só o é com base no que as televisões dizem, porque nunca se interessaram o suficiente para apurar se o que se diz é ou não verdade; 2-o facto de uma tonelada de estações televisivas, governos, bigtechs, se empenharem TANTO para ridicularizar e descredibilizar alguém, a mim diz-me que ali há gato, muito mais do que o que se mostra.. Quando se consegue reconhecer a incompetência (natural ou comprada) de jornalistas e cadeias televisivas inteiras, é inevitável perceber de seguida que nos tentam mostrar uma história incorrecta, inicialmente com muitas falhas, posteriormente com buracos impensáveis. E depois entramos na era que temos hoje em Portugal, por exemplo, em que uma candidata a presidente da república comete uma ilegalidade e quer cometer outra se eleita, e não assume o descabido e inadmissível que isso é, de forma alguma, ao mesmo tempo que acena com invasões de capitólios do outro lado do oceano para dizer que luta para impedir precisamente aquilo.
        Falo evidentemente e como exemplo, de Ana Gomes, que relativamente à vacina declara com toda a lata necessária que não cometeu nenhuma ilegalidade, cometeu, ponto. E declara que não viabilizaria um qualquer governo liderado ou com intervenção “cheguense”, indo claramente contra a constituição que a mesma diz que vem para defender. As incoerências são tais que bastava ela dizer “penso assim porque isto isto e isto”, mas nem a esse trabalho se dá porque fundamentar o que se diz ou o que se pensa, só funciona quando estamos do lado certo, minimamente.

        • AlexX says:

          Ainda ontem revimos o filme V de vingança aqui em casa. Tantas deixas com verdades espelhadas nesse filme que reflectem a actualidade…
          Sempre que o poder e pelos seus actores a soldo tenta seja ridicularizar, descredibilizar, silenciar o que seja sem que mostre provas sólidas que eles estão correctos, é obviamente porque há gato.. e quando não mexem e deixam ficar, é engodo, isco, desinformação. Nestes dias estão acontecendo muitas coisas nos bastidores enquanto desinformação é propagada a rodos seja nas redes sociais, seja nos MCS. Um pouco como o ilusionista faz, enquanto o espectador é levado a olhar para um lado ele trabalha no outro.
          Seja qual for o desfecho desta novela, tenho sérias dúvidas que seja em benefício da maioria das pessoas.

        • Carlos Natario says:

          Então explica lá tu qual é a razão que existe para quererem descredibilizar o trump? Quando um presidente dos EUA pergunta se seria possível injectar lixívia em pessoas para combater um virus, a mim ninguém me precisa de convencer de nada, eu vi com os meus próprios olhos.

          • AlexX says:

            Volta a ler o ponto 1 do Luis várias vezes.
            Se ninguém precisa te convencer do que seja só porque não entendeste a piada da lixívia nem entendes a forma como Trump comunica ou faz passar uma mensagem, que adianta sequer tentar explicar?
            Podes respirar de alívio durante uns dias, o termo presidencial de Trump findou ao final do dia de ontem, 11/1.

          • Luis Segafredo says:

            Bom dia Carlos,
            Pessoas como tu dividem-me entre “não vale a pena” e “vale a pena”.
            Perante uma mentira factual que acabaste de escrever, ou porque viste uma terceira entidade a dizer isso, ou porque alguém viu na tv e depois espalhou e tu ouviste de relance mas nunca te deste ao trabalho de o ouvir, ou se deste, percebes tanto de inglês como eu de fenício (por acaso não percebo patavina de fenício, mas podia, só que não).
            Mas dou-te outros exemplos, já que tens um tão “generalizado” e que infelizmente está na base de muitas opiniões fraquinhas 0% fundamentadas sobre a pessoa em causa:
            1-ele falou de tratamentos com plasma de sangue de pessoas curadas, em agosto/setembro: comunicação social em peso a descredibilizar, se ele fala, é de doidos, notícias a sairem que especialistas estavam cépticos. Na semana passada soubemos que na Argentina o plasma de doentes curados é altamente promissor para impedir o estado mais grave da doença;
            2-no mesmo momento que ele fala de desinfectante, não lixívia (já vamos aprofundar no ponto 3), fala de luz forte e luz uv, resultado: doido varrido, alucinado.. MESES depois, uma universidade portuguesa desenvolve mecanismos de desinfecção de ambulâncias, e outros, e o mercado inunda-se de aparelhos que desinfectam num segundo por UV qualquer superficie, e sim, sabemos também que uma luz forte o suficiente e repentina pode atravessar matéria, incluindo tecidos moles, ele perguntou numa conversa com o faucci (ou uma médica qualquer que lá estava) numa conferência de imprensa;
            3-numa conversa quase informal na mesma conferência, perguntou pelo contexto de desinfectante que tal como o uv matava o vírus em tempos recordes, resultado: sugeriu que pessoas se fossem drogar com lixivia, aprofundamos, e descobrimos que há vários medicamentos com desinfectante na sua composição.. eta que mundo doido este..
            4-num twit agradece às forças dos serviços secretos o desempenho para controlar uma manifestação violenta, como o twit tem caracteres limitados e ele antes de ser banido tinha como hábito esgotá-los por inteiro, usa-os todos, e no texto escreve ss (secret services), e não é que a rtp vem em força insinuar que ele na verdade agradeceu à policia secreta nazi alemã? sim, a rtp, paga pelo nosso audiovisual da empresa em que nem tv há, do condomínio em que nem tv há, e de nossa casa.. isto porque o termo correcto é usss united states secret service, mas é só rigor jornalista, sem dúvida;
            Vamos ser honestos e abertos, se só vemos uma narrativa, sem querer sequer saber do outro lado, do contraditório, de outras fontes, somos burros que nem portas e já desactivámos o cérebro há muito tempo.
            Eu não digo para questionar somente o que a tv diz, digo para se questionar a tv, o trump, o biden, passear por opiniões diversas, porque se só há uma, toda para o mesmo sentido, algo está errado, e é de desconfiar, no mínimo.
            Ninguém pretende mudar a mente ou opinião de ninguém, mas chegou-se a um ponto (como por acaso me aconteceu recentemente) que dizer meramente que partido suportamos, é razão para levar etiquetas discriminatórias, somente porque quero algo que acredito piamente que qualquer pessoa de bem deverá querer… por exemplo em Portugal, estamos contentes com as penas que os salgados, socrates, violadores e pedófilos levam? estamos assim tão contentes com esta justiça que rejeitemos qualquer potencial mudança? Marcelo Rebelo de Sousa, Catarina Martins, Eduardo Cabrita, foram 3 governantes, 2 directos uma por representar a geringonça, que PUBLICAMENTE MANIFESTARAM REPÚDIO por uma simples fotografia de 3 criminosos violentos quando foram recapturados depois de fugirem do tribunal, UMA FOTO, porque eles tinham direito à sua dignidade e privacidade, mas os velhotes que eles meteram no hospital com tortura e pancada, nenhum destes 3 célebres políticos, abriu a boquinha numa palavra de apoio e compreensão.. Estamos actualmente a viver numa era em que o criminoso é protegido, e as vítimas ou quem os prende, é humilhado e ridicularizado. Um dia que seja uma irmã, filha, filho, pai ou avô espancado, violado, agredido, morto, será que compreenderão a gravidade da situação?

          • Luis Segafredo says:

            AlexX:
            “o Secretário de estado Mike Pompeo começa uma investigação, depois de hoje foram alterados página da biografia do presidente e do vice-presidente (BuzzFeed). Anteriormente, o site do Departamento de Estado dos EUA dizia erroneamente que o mandato de Trump havia expirado hoje; uma mensagem semelhante apareceu em dezembro.” (tradução automática)

        • Carlos Natário says:

          Entao achas que ele fez um bom trabalho a tentar travar os ataques no capitolio porque mandou um twit? Um presidente que tem ao seu dispor uma sala de imprensa com jornalistas alocados 24/7, que no contexto em questao transmitiriam a sua mensagem imediatamente em directo em todos os canais de televisao e seria repetido e falado ‘a exaustao. Se ele realmente estivesse interessado em que eles desmobilizassem seria facílimo, bastava ser duro na palavras a dizer que o que eles estavam a fazer era crime e que TODOS iriam ser julgados. Ao inves disso, apenas disse para irem para casa mas que eles tinham razao e que gostava muito deles. Eu tenho pena e’ das pessoas que sao usadas como carne para canhao por estes “lideres”.
          Em relacao ao caso Portugues tambem sou contra o politicamente correcto e so se focarem no que cai bem na opiniao publica que causa mais ruido e desconforto no meio do governo. Acho bem que se aponte o dedo e ponha em causa todas as suas “habilidades” como esta do tribunal europeu em que o governo do Costa basicamente queria por la um dos seus boys. Isto tudo tem de ser combatido mas a achar que o Trump e’ um exemplo de como isto se pode resolver e’ uma falacia. E’ preciso haver a liberdade de por em causa e questionar o governo em todas as suas decisoes mas no caso do Trump, qualquer critica que lhe fosse feita era sempre negada atraves do chavao de “fake news”. Trump e’ um fake e nunca ninguem me vai convencer do contrario.

          • Luis Segafredo says:

            Caro Carlos,
            Não percebo se perguntas a mim se ao outro comentador, mas eu respondo.
            Há alguns pontos que podem fazer imensa confusão a quem só absorve informações de uma única fonte, ou num único sentido, sem contraditório ou análise do que a informação indica.
            Li algures que ainda decorria o discurso dele e já os ânimos estavam complicados no capitólio, ele não discursou no capitólio, o que significa que as “maçãs podres” agiram por conta própria.
            Se deixarmos de conseguir distinguir entre “maçãs podres” e “apoiantes trump” somos asnos burros que nem maçanetas enferrujadas de portas, simples.
            Conheço uma texana americana que diz que toda a comunidade pró-trump é contra a invasão e qualquer tipo de violência, mas 200 ou 300 pessoas invadem o capitólio, e mete-se logo no mesmo saco 75 milhões de outros eleitores votantes. Não faz sentido, excepto num jornalismo no fundo do poço.
            O discurso dele repetiu multiplas vezes para irem para casa, acalmarem-se, condenou veemente qualquer tipo de violência, mas como sabeis, há pessoas que se acham no direito de agir pelas próprias mãos quando verificam que o sistema não serve, e isso leva a excessos. Eu por exemplo compreendo os dois lados, embora condene na mesma, e certamente não me apanhariam numa invasão da AR ou capitólio.. Quando a polícia em portugal é pisada e humilhada décadas a fio, e quase entram pela AR numa manifestação, eu posso ser diplomata, calmo e democrata, mas que democracia é esta? A própria constituição salvaguarda a possibilidade de reaver direitos pelo uso da força após se esgotarem alternativas, pergunto que mais alternativas existem em quase meio século de corrupção em todos os recantos nacionais?
            E volto a repetir, consigo compreender, sendo contra. Porque para mim, para quê invadir seja o que for se uma simples cruz com uma caneta os pode tirar de lá? E é precisamente aqui que recai tudo, o medo de perderem o poleiro, é o mesmo medo que faz com que a 5 ou 6 dias do final do mandato, o queiram remover à força (sim, estou a misturar américa com portugal no meu comentário, presumo perceber-se bem quando é o quê).
            Só porque a TV nos diz que ele incitou ao ódio e violência, não quer dizer que não seja verdade, e não é, de facto. A sala de imprensa onde? no capitólio invadido? Portanto a teu ver ele deveria ter previsto a invasão, interrompido o discurso noutro ponto geográfico e solicitar transporte por helicóptero urgente ao capitólio para de lá dar uma conferência de imprensa?
            De relembrar que diga o que ele disser, cortam, editam, tiram-no do ar, já aconteceu, haver opções teóricas é bonito, pena quando não se materializam.
            Vai lá ver a última vez que houve uma invasão de capitólio ou que a protecção para o que se estava a fazer ali dentro foi tão baixa.. pois, se fosse algo comum e habitual, certamente a prevenção seria outra, mas ainda acho que isto foi calculado, mas não por ele, todas as intervenções publicas foram contra isto, e se realmente houve fraude, compreendes o gravíssimo que é enterrar o assunto?
            O tipo de comunicado que muitos gostariam de ouvir mas que seria impensável quando se tem algumas certezas, era de “estive errado, não houve roubo nenhum, os votos estavam certos, alucinei porque ando a consumir drogas diluidas em whisky”.
            E ainda assim, algo já planeado (levaram bombas caseiras para lá e outros locais, o que prova premeditação), não seria impedido, que é precisamente o oposto de facílimo.
            Ele disse para irem para casa antes da invasão, logo o tom foi moderado porque o perigo era moderado, presumo que quando agravou ele estivesse a ser deslocado.
            Sobre a carne para canhão, quando a BLM ou antifa destroem cidades inteiras, queimam, partem, pilham, roubam, matam, como vem da ala esquerda já não faz mal ou faz menos mal, ou é menos grave? Aliás, os republicanos podem já fazer o esboço do impeachment da kamala (sim, porque o curto tempo que o biden estaria no poder não daria para efectivar) com base nas manifestações de 2020 anti-trump, que colocam a invasão ao capitólio num ponto em que parece brincadeira de recreio do intervalo do pré-escolar.
            O trump como qualquer humano tem fortes defeitos, mas a luta contra os maiores interesses mundiais obscuros, foi dele, quando comparado com uma mão cheia de anteriores presidentes, não invadiu nada, não houve guerra nenhuma, mas é o mau da fita..
            Por vezes temos de escolher o menos mau e não o perfeito, e neste caso o biden e as suspeitas que recaem sobre ele e família, em vários campos e não somente no da corrupção e laços com a China, são brutalmente piores para o país e para o mundo, do que qualquer fuga aos impostos alegadamente feita pelo trump (o que por si só é absurdo, que não se fale disso em 4 anos, mas somente uns meses antes das eleições, e ainda por cima com uma realidade que julgo seguro rejeitar logo à partida, que um multimilionário, com ou sem fugas ao fisco, tenha pago somente 500 dólares de impostos..
            Vi muitas fakes associadas ao trump, quando vejo tamanho esforço na mentira e sujidade de uma reputação, forço-me a perguntar porquê, e a resposta é simples: está a tocar em feridas, tem de ser abatido e censurado.
            Não vejo nem 5% da ênfase que dão ao trump e gafes dele, a acontecer com o biden, com o que já disse, com as snifadelas a crianças e esposas alheias, os segredos que lhes sussurra.. o andar a confessar publicamente que passa por episódios em que crianças de baixo de água brincam alegremente com os pêlos das pernas dele e ele gosta.
            Fotos do filho com crianças, porque não andam também a circular nas redes públicas de informação? Assim tão difícil encontrar informação?
            O FBI reconhecer factualmente (está na página oficial) um símbolo de pedófilos “boy lover”, e o mesmo símbolo pertencer a um centro comercial enorme no texas, onde são relatados montes de desaparecimentos de crianças todos os anos? Ou até mesmo uma mulher influente da política ter uma máscara com esse símbolo e tema e aparecer com ela em público?
            Algo enormemente maior que os EUA, biden, trump, mundo, está a acontecer nos bastidores, cabe a quem sente isso como errado, combatê-lo.

      • Rodrigo says:

        o Trumpismo ‘e a nova religiao dos estados unido e um pouco pelo resto do mundo.
        Fanatismo puro.
        Nao ficaria surpreendido se algum Trumpista levasse a cabo um atentado no dia em que o Biden tome posse.

        • AlexX says:

          Já está um batalhão de tropas bem armadas em redor da área da casa branca e capitólio precisamente para conter fanáticos e potenciais mercenários. Tens a certeza que Biden vai tomar posse? 😀

          • Luis Segafredo says:

            O AlexX sabe. O AlexX desligou a TV há muito tempo..
            O tico e o teco do AlexX estão acordados em vez de em coma induzido.
            O AlexX tem o bom senso de se conter e não dizer “não vai tomar posse” porque sabe como está a mente do outro lado, levanta só a pergunta perfeitamente legitima “vai tomar posse?”.
            Continua AlexX, estás no bom caminho.

          • Rodrigo says:

            sem duvida nenhuma! Nada nem ninguém vai impedir isso

  15. Luis Segafredo says:

    Bom saber que parte dos comentadores sabe o que se passa.
    O artigo deveria mencionar que o Parler precisa de uma semana para se restruturar e voltar ao activo. Actualmente o site não está em funcionamento, embora ache pessoalmente que deveriam meter um aviso de fechado para obras.. Quando grandes corporações tomam um partido para levar a sua avante, e agem em conformidade não com as constituições, ou leis, ou pessoas, mas a vontade do poder, arriscam um simples factor: e se o lado que escolheram, cair? Eu sei, loucura total impensável, felizmente para algo acontecer é só preciso que alguém pense nisso antes.

  16. gr33nbits says:

    Então o Parler a nível de segurança é do pior que já vi, os dados estão a ser descarregados por quem quiser neste momento, não sei se posso deixar link do reddit mas se não for permitido perdoem-me desde já.
    https://www.reddit.com/r/ParlerWatch/comments/kuqvs3/all_parler_user_data_is_being_downloaded_as_we/giu04o6/

    • Luis Segafredo says:

      O trabalho de se combater a desinformação demoraria 48 horas por cada 24.
      “EDIT: As I said in my original comment, what I’d posted was from a third-party who I viewed as knowing more about what happened than I do. Getting messages from some commenters below shows that my source’s account may be incorrect. Some more accurate sources from below:”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.