Quantcast
PplWare Mobile

Donald Trump ordenou aos donos do TikTok que vendam os seus ativos nos EUA

                                    
                                

Fonte: Bloomberg

Autor: Pedro Simões


  1. Miguel says:

    Só está a fazer o que a China faz a anos com as apps americanas.

    • Pedro F. says:

      Quando é que a China ordenou aos Americanos que lhes vendessem todos os ativos de uma empresa?

      • jorgeg says:

        #TRUMP2020
        Yo comunistas se gostam tanto daquilo deveriam FLYChina e ficarem la.
        Iphone copies
        Tesla copies
        canetas copie
        free stuff para todos

        bora la comunistas aquio e altamente!

        • Frederico Almeida says:

          Voce de burro e ignorante nao lhe falta nada.
          DEvia ir a escola e depois estudar historia recente para saber que foram os EUA que criaram a China que conhecemos – tecnologia em troca de precos baixos.

          • Xica says:

            Mandar alguém ir à escola enquanto se dá meia dúzia de erros a escrever deixa-me na dúvida se a escola serviu para alguma coisa…

      • Jorge Tomaz says:

        A China apenas proíbe o Facebook, WhatsApp, Instagram, Twitter, YouTube Google, Uber, Netflix entre outras mais empresas ocidentais!! Apenas permite empresas chinesas a funcionar no maior mercado do mundo!! Faz protecionismo, essas empresas chinesas , dominam o país , depois expandem se para o mundo! É justo não acha??

        • Alvaro Campos says:

          Então o Trump(AS) deveria proibir a aplicação, certo?
          “Com ferro matas, com ferro morrerás” é velho mas verdadeiro mas o Trump(AS) como asno (e descendente direto de emigrantes) que é nunca ouviu isto….

        • Paulo Martins says:

          A China força aplicações como Facebook, WhatsApp, Instagram, Twitter a monitorizar e censurar os conteúdos nessas plataformas bem como partilhar dados e conversas com o PCC. Claro que tanto cá como nos EUA este tipo de comportamento é impensável e é por isso que estas aplicações estão proibidas na China, não por uma questão de protecionismo mas porque estas empresas se recusam a cumprir as leis chinesas. Se queres ter autorização para funcionar num país tens que te adaptar às regras deles da mesma forma que empresas americanas tiveram que se adaptar às regras da EU.

    • Paulo Martins says:

      Eu vejo sempre este argumento que não faz sentido. A China é uma ditadura e tem as suas leis, Google, Facebook entre outros não estão presentes na China porque se recusam a cumprir essas leis, isto é o caso por isso é que eles nem sequer reclamam a Google sabe exatamente o que teria que fazer para entrar no mercado chinês adaptar-se às regras deles da mesma forma que se adaptou durante os anos às regras dos EUA e da UE. O motivo que a Google ou Facebook não estāo presentes na China é porque não querem.
      No caso do TikTok eles sempre argumentaram que seguem as regras dos EUA e até hoje a Casa Branca nunca provou o contrário, eu entendo perfeitamente a argumentação do Trump para o bloqueio mas o que é certo é que é fundada em receios e especulação e não em nenhum facto concreto. Se eles tivessem provas que o TikTok anda a passar informações ao governo chinês a app já teria sido bloqueada.

  2. Oscar says:

    A China utilizou ou ainda usa esta prática com diversas atividades economicas, obrigando as empresas detidas por estrangeiros terem parcerias locais, bem como ceder direitos, patentes, etc. Não é uma prática exclusiva das empresas tecnologicas.

    A nossa Europa deveria fazer o mesmo, há que incentivar a criação de valor tecnologico, nenhuma empresa de referencia (excepto Spotify) é da Europa, assim, a Europa deveria dar mais incentivos, criar um verdadeiro mercado europeu porque isto continua a ser um conjunto de países com regras diferentes e que competem entre si e criar mais barreiras assim como o EUA faz.

    O Donald Trump está mesmo a colocar os EUA 1º

    • Samuel MG says:

      Cria-se empresas e depois vem a Apple e compra-as ficando com as patentes delas.

      • HRamos says:

        Já cá faltavas tu e as tuas alarvidades. Respira miúdo. Não gostas da Apple não comes. Simples.

      • Tadeu says:

        Quem é que será que compra mais empresas? A Apple ou a Google?

      • André R. says:

        A Apple compra porque as outras lhes vendem… simples não é?

        • Xica says:

          Sim, é simples. Mas algumas vendem porque são obrigadas…

          • André R. says:

            Obrigadas a quê?
            Se tiveres uma empresa não és obrigado a vender. Vendes se o valor que te derem for aliciante… Ponto.
            Vendias por 2 milhões? Não…
            Vendias por 200 milhões?? Eh pá onde é que assino?…
            Simples…

          • Xica says:

            Não leste a ordem executiva, está visto…

          • Mark Casila says:

            nao sao obrigados a vender saem do mercado e perdem tudo como aconteceu na india

            o Trump ao menos deulhe opção de vederem e nao perderem tudo se fosse na china era lago tudo confiscado e nao viam palhinha

          • Xica says:

            Quando um presidente dá uma ordem executiva a obrigar uma empresa de outro país e obriga a vender a empresa e o teu comentário é “o Trump ao menos deulhe opção de vederem” fica claro com que tipo de pessoa estamos a falar…

            O patrão que despede o funcionário também lhe dá a opção de ir para um emprego melhor…

            O PM que manda os jovens emigrar está a dar-lhes oportunidade de ir para um país com mais condições…

            O SNS que te faz esperar anos pela tua operação dá-te muito tempo para procurar um bom particular que faça o serviço…

            E por aí…

    • Gav says:

      O Donald Trump está mesmo a colocar os EUA 1º

      Eheheh

    • Frederico Almeida says:

      LOL
      os EUA primeiro LOL
      SO se forem os seus campos de golf…

  3. PeterOak says:

    E muito bem! Queres conquistar um mercado? Respeita as leis desse mercado.

  4. SuperSilva says:

    Liberdade econômica!? Pq não fazer como a Europa, prova que não tá cumprindo as regras e multa. Agora obrigar a empresa a vender os ativos não é proibi-la de atuar e sim obriga-la a vender um ramo de atuação por um preço baixo! Isso é ilegal. A China tem regras que determinadas empresas não querem cumprir. Cria uma regra para o TikTok cumprir. O que estão fazendo é proibindo o aplicativo simplesmente por ser chinês. É a guerra do 5G que o USA não estava ganhando. No fim das contas reclamam de determinadas atitudes e fazem a mesma coisa. É como ameaçar e prender um povo dizendo que eles são perigosos para uma nação dita democrática, mas quem faz isso é essa nação. Hipocrisia.

  5. vitor lopes says:

    VÃO VOCES ABRIR FIRMAS NA CHINA SEM A PARTECIPAÇÃO DO PCC
    Ó ABRES

    • Paulo Martins says:

      E o que é que uma coisa tem haver com a outra? Se tu queres abrir uma empresa em Portugal tu tens que seguir as regras de Portugal o mesmo se aplica aos EUA, Japão, Austrália, China ou qualquer outro país.
      Se houvesse provas que o TikTok não seguisse as regras dos EUA e realmente tivessem a passar dados ao PCC então a aplicação já teria sido bloqueada.

      • Mark Casila says:

        eles sao obrigados a cedr ao governo chines toda a informação que lhe seja exigida, isso vai contra as regras norte americanas assim como a europeias

  6. iSheepNot says:

    Temos aqui políticos americanos que são especialistas em segurança informática. Por isso é que certas acções e certas directivas são declaradas xD

    Até agora não houve nenhuma publicação de provas concretas das alegações que esses políticos americanos especialistas em segurança informática fazem. Mas ele sabe. Da mesma forma que consegue ver aviões invisíveis que mais ninguém vê xD

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.