Quantcast
PplWare Mobile

Tags: TikTok

Facebook planeia pagar mil milhões de dólares aos criadores de conteúdo

Com uma rede social concorrente a crescer a cada dia, o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou que a empresa planeia dar um incentivo aos utilizadores que criem conteúdos para as suas plataformas. São elas o Instagram e o próprio Facebook.

Até 2022, Zuckerberg tenciona gastar mil milhões de dólares com os criadores de conteúdo.

Instagram e Facebook


YouTube Shorts chega finalmente a Portugal

Os vídeos curtos estão cada vez mais na moda. O TikTok lançou o mote, o Instagram seguiu o mote a o YouTube não podia ficar para traz. Depois do serviço Shorts ter sido anunciado no ano passado, com uma versão beta disponível em mais de 26 países, eis que se prepara para chegar a Portugal.

O YouTube Shorts fica assim disponível em mais de 100 países já a partir do dia 14 de julho.

YouTube Shorts chega finalmente a Portugal


TikTok: Vídeo mostra mulher colada ao seu assento depois de tentar fugir a meio do voo

Atualmente, as redes sociais e o fácil acesso ao vídeo podem fazer de algo estranho uma notícia polémica, como acontece muitas vezes com o conteúdo que circula pelo TikTok. Um caso que tira todo o partido destas premissas, aconteceu.

Um vídeo do TikTok mostra uma mulher num avião da American Airlines colada ao seu assento com fita-cola após tentar abrir a porta a meio do voo.

Imagens do vídeo, partilhado no TikTok, da mulher colada ao assento


TikTok vai eliminar automaticamente os vídeos que violem as suas políticas

O TikTok é a aplicação do momento, mas o espoletar do seu sucesso deu-se, apesar de existir desde 2016, há pouco tempo, com a pandemia. Assim sendo, está a aprender a controlar a sua plataforma e, hoje, anunciou que irá começar a remover automaticamente os conteúdos que violarem as suas políticas.

Para isso, e para o controlo ser mais estreito, recorrerá a uma maior automatização.

TikTok


TikTok apagou mais de 7 milhões de contas de crianças

O TikTok conquistou grande parte da sua popularidade durante o confinamento provocado pela pandemia. Trata-se de uma rede social chinesa onde os utilizadores podem partilhar com o mundo pequenos vídeos.

No entanto, a plataforma tem sido alvo de duras críticas que põem em causa a sua segurança no que respeita às crianças. E segundo os dados divulgados, o TikTok apagou recentemente mais de 7 milhões de contas que pertenciam a menores de idade.