Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Criptomoeda

As criptomoedas são hoje o “novo dinheiro” apesar de não haver uma aceitação global, regulada e centralizada. É a moeda digital da modernidade.

Criptomoedas: Cai mais um gigante, BlockFi entra com pedido de falência nos EUA

O mercado das criptomoedas atravessa um momento terrível. Depois da FTX ter aberto falência, deixando um buraco de mais de 3,1 mil milhões, é a vez da plataforma de empréstimos cripto BlockFi pedir proteção contra credores, ao abrigo do capítulo 11 da lei de insolvência nos Estados Unidos.

Os primeiros sinais chegaram quando a empresa congelou o levantamento de criptoativos. A plataforma deve à falida FTX 400 milhões de dólares e na sua lista de credores tem mais de 100 mil clientes.

Ilustração falência BlockFi, empresa no mercado das criptomoedas


Criptomoedas: Nova Iorque baniu a mineração de Bitcoins

Se há cerca de um ano o tema das criptomoedas recheava os canais de informação tecnológica, atualmente esse assunto esmoreceu e as notícias deste setor não são nada animadoras. O mercado está a atravessar uma gritante crise, se reflete na desvalorização constante destas moedas.

Nova Iorque decidiu tomar uma decisão mais radical e baniu a mineração de Bitcoins.

Criptomoedas: Nova Iorque baniu a mineração de Bitcoins


FTX faliu e é acusada de ser um esquema Ponzi maciço. Credores perdem 3,1 mil milhões

Há cerca de uma semana demos a conhecer a disputa entre a Binance e a FTX, onde esta última acabou por ficar numa posição muito complicada. Conforme foi visto no mercado das criptomoedas, num dia, o valor dos tokens FTT da FTX caiu até 75%. Agora que a FTX pediu a falência, é a vez da empresa dizer a verdade sobre as suas dívidas, que são enormes. Deve quase 3,1 mil milhões de dólares aos seus 50 maiores credores.

Este novo golpe no mercado das criptomoedas vem reforçar as críticas de alguns nomes grandes do mercado da tecnologia. Será mesmo que este mercado se baseia a “100% na teoria do maior idiota”?


Binance propõe criação de um fundo para apoiar futuras crises das moedas criptográficas

O mercado das moedas criptográficas é, de si, volátil e incerto. No entanto, as últimas semanas têm sido tensas. Por isso, e de modo a evitar e resolver colapsos futuros, a Binance propôs a criação de um fundo.

As moedas criptográficas não têm qualquer apoio governamental, pelo que este fundo poderia ser o equivalente a um seguro.

Criptomoeda


Colapso no mercado nas criptomoedas: “F#di com isto tudo…” diz CEO da FTX

Não está nada favorável o mundo dos criptoativos. Aliás, o multimilionário Bill Gates, fundador da Microsoft, mencionou, esta quarta-feira, que o valor das criptomoedas e do NFT se baseia a “100% na teoria do maior idiota”. Para reforçar esta ideia, o mercado sofreu uma nova pancada com o colapso de uma das maiores bolsa de criptomoedas, a FTX.

Com um buraco de oito mil milhões de dólares por preencher, o CEO da FTX.com, Sam Bankman-Fried, foi ao Twitter pedir desculpas aos clientes e investidores pelo rombo que deixou o mercado de criptomoedas em queda livre e varreu mais de 200 mil milhões de dólares em valor dos ativos digitais.

Colapso no mercado nas criptomoedas: F#di com isto tudo... diz CEO da FTX