Quantcast
PplWare Mobile

Tags: India

WhatsApp Pay: A partir de hoje disponível na Índia

O CEO Mark Zuckerberg detém um enorme e bem conhecido império. O empresário possui várias das mais significantes aplicações da atualidade e tem como objetivo expandi-las, de modo a que se tornem imprescindíveis.

Nesse sentido, o WhatsApp, uma das redes sociais da empresa Facebook Inc., vai permitir, a partir de hoje, a transferência de dinheiro através da própria plataforma, na Índia.

WhatsApp Pay na Índia


Foxlink, fornecedora de cabos da Apple, quer apostar numa nova fábrica na Índia

Vários fornecedores da Apple estão a abrir unidades de produção fora da China. Com as relações entre Washington e Pequim cada vez mais complicadas, a Apple não quer depender de empresas que estejam unicamente em solo chinês. A Foxconn já deu o mote, com a prospeção no México, depois da Índia, e outras empresas estão a fazer o mesmo caminho. Segundo informações, agora é a vez da Foxlink, a fornecedora de cabos da Apple, apostar numa nova fábrica na Índia.

A empresa vai aumentar a produção, contudo a unidade de produção terá de ser noutro país. É um descentralizar que a Apple tem vindo a apostar desde há uns meses.

Chinesa Foxlink, fornecedora de cabos da Apple, quer apostar numa nova fábrica na Índia


Apple vai lançar a sua primeira loja online na Índia

Segundo a Apple, a Índia é um dos mercados de smartphones que mais cresce no mundo. Por isso, vai lançar aí a sua primeira loja online, a fim de aumentar as vendas nesse grande mercado.

O anúncio foi feito na sexta-feira e a abertura está prevista para esta semana, no dia 23 de setembro.

Apple vai lançar a sua primeira loja online na Índia


PUGB Mobile e mais de 100 apps chinesas foram banidas da Índia

Não é só nos Estados Unidos que algumas aplicações chinesas são colocadas em causa e até banidas. Há vários países que estão igualmente preocupados com a crescente tendência do uso de aplicações populares para “espiar”. Assim, o governo da Índia anunciou esta semana a remoção e proibição do uso dentro do território de mais de 100 apps chinesas ou vinculados ao país.

Conforme foi dado a conhecer, o Ministério de Eletrónica e Tecnologia da Informação indiano publicou uma lista onde se encontram jogos como PlayerUnknown’s Battlegrounds, popularmente conhecido como PUBG Mobile.

Imagem PUGB banido na Índia com mais de 100 apps


Xiaomi abre 3000.ª Mi Store na Índia

A Índia parece ser o próximo grande mercado e aos poucos está também a tornar-se na futura fábrica do mundo. Assim, vemos por um lado as grandes marcas, como a Apple, Microsoft ou Samsung, a levar as suas fábricas para lá e outras, ou a Xiaomi, a expandir a sua frente de vendas. Nesse sentido, a empresa anunciou que abriu a sua 3000.ª loja Mi na Índia.

O mercado indiano parece estar mais forte, menos polémico e isso está a atrair empresas até da China.

Xiaomi abre 3000.ª Mi Store na Índia