Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Ciência

Estação Espacial Voyager terá gravidade artificial e começa a ser construída em 2025

A ficção cientifica é, muitas vezes, o preâmbulo do que um dia os seres humanos haverão de fazer. Desde há muitos anos que se imagina a humanidade a viver numa estação espacial com gravidade artificial, como se estivessem na Terra. Assim, de iniciativa privada, em 2025 terá início a construção da Estação Espacial Voyager.

A Estação terá capacidade para acomodar 400 convidados.

Ilustração da Estação Espacial Voyager


Fenómeno está a aumentar o Oceano Atlântico e a encurtar o Pacífico

Entre 200 e 540 milhões de anos atrás, o planeta Terra não tinha a constituição que lhe conhecemos hoje, uma vez que contava com um único e gigante continente, a Pangeia. Assim sendo, era banhado por apenas um oceano, o Pantalassa. Contudo, devido a vários fenómenos naturais, como terramotos e atividades vulcânicas, este continente único começou a quebrar-se e, gradualmente, formou as estruturas que conhecemos.

Hoje, as placas tectónicas da Terra, responsáveis pelos fenómenos naturais que dividiram a Pangeia, permanecem em movimento. Como resultado, o Oceano Atlântico está a aumentar, ao passo que o Pacífico está a diminuir.

Oceano


Marte: Rover Perseverance tem no cérebro um CPU a 200 MHz que custa 200 mil dólares

Gosta da área dos processadores? Então este artigo é para si! A NASA equipou o seu rover Perseverance com um processador a 200 MHZ que custou 200 mil dólares. Portanto, se acha que o seu computador já lhe custou “os olhos da cara”, saiba não é nada de especial comparativamente ao chip que está em Marte.

Mantendo as devidas distâncias, este CPU foi fabricado para ser capaz de funcionar num ambiente um tanto rigoroso. A tecnologia do computador de bordo Rover Compute Element (RCE para abreviar) tem um desempenho reduzido, muito abaixo do do PC desktop normal que temos em casa. Conheçam melhor as suas especificações.


Marte tem duas luas estranhas, mas no início eram uma só… que se passou?

Pouco se conhece de Marte, mas a ambição é fazer do planeta uma “segunda casa” para os humanos. Pelo menos os planos mostram que o planeta vermelho poderá ser importante para a expansão espacial dos terráqueos. Assim, o planeta está ser estudado e com cada vez mais tecnologias. Sabia-se tinha duas luas estranhas, mas agora um novo estudo levanta outras questões e refere que no início essas luas eram a mesma!

Tal como a Terra, Marte poderá ter tido apenas uma lua, mas algo esmagou o satélite natural partindo-o nas duas luas que conhecemos hoje.

Ilustração lua de marte esmagada

 


Coronavírus pode sobreviver até 3 dias na roupa indica estudo

O novo coronavírus foi detetado há já algum tempo e desde essa altura que têm aumentado as investigações para conhecer melhor esta ameaça ao ser humano.

Um estudo britânico recente revelou que o novo coronavírus pode sobreviver na roupa até 3 dias.

Coronavírus pode sobreviver até 3 dias na roupa indica estudo