Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Ciência

Estação Espacial Internacional ativa manobra de emergência para escapar à colisão com detritos

O lixo espacial é um problema que se tem agravado com os avanços na exploração do espaço. Segundo a NASA, a órbita da Terra está cheia de lixo espacial. Mais de 130 milhões de peças individuais de detritos orbitam o planeta. Desses, cerca de 34 mil são tão grandes que têm de ser vigiados por entidades dedicadas. Como resultado, a Estação Espacial Internacional (ISS) teve de acionar uma manobra de emergência para evitar a potencial colisão com um fragmento de entulho espacial.

Já no passado recente, um destes fragmentos atingiu a ISS provocando fuga de ar.

Imagem Estação Espacial Internacional a fugir do lixo espacial


Terra vai ter em dezembro uma estranha “mini lua” na sua órbita

Este fenómeno não é estranho, embora desperte várias perguntas ainda por responder. Contudo, tal como no passado, no próximo mês de dezembro, a Terra irá ter uma nova Lua. Não será um astro como o nosso satélite natural, que nos acompanha há milhões de anos, mas é um novo companheiro. Sim, vem na nossa direção um “objeto”, mas que vai ter um comportamento diferente e é apelidado de minilua.

Será um asteroide? Poderá ser, mas não parece. Será algo extraterrestre? Também não tem tais características, parece ser algo mais “mundano”!

Ilustração de objeto que vem em direção à Terra


Terra Pi: cientistas descobrem planeta que completa uma órbita em 3.14 dias

Recebemos diariamente novidades de descobertas feitas no Espaço, que o vão desconstruindo e nos fazem percebe-lo cada vez melhor. Agora, uma equipa de cientistas descobriu um planeta do tamanho da Terra que se desloca à volta da sua estrela durante 3,14 dias.

Num cruzamento entre a matemática e a astronomia, os cientistas apelidaram-no de Terra Pi (pi Earth).


FOTOVID: Terapia inovadora portuguesa elimina o vírus em segundos

O combate à COVID-19 precisa urgentemente de soluções. Pelo mundo as equipas de investigadores desdobram-se em análises e estudos, mas até ao momento, ainda não existe nenhuma solução eficaz.

Da Universidade de Coimbra, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e duas empresas chega-nos agora a informação de uma terapia inovadora com objetivo a eliminar o vírus em segundos.

FOTOVID: Terapia inovadora portuguesa elimina o vírus em segundos


Deserto Neptuniano: Astrónomos descobriram um novo exoplaneta

Que o Universo é gigante já todos sabemos. Aliás, sabemos também que, dele, conhecemos muito pouco e que representa ainda uma incógnita muito grande. No entanto, a tecnologia permite que este seja cada vez mais explorado e, assim, vão sendo encontradas novidades, como um planeta ou um exoplaneta, que despertam curiosidade nos especialistas.

Assim sendo, uma equipa de astrónomos descobriu um novo exoplaneta no Deserto Neptuniano.