Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Donald Trump

TRUTH Social – Donald Trump anuncia a sua rede social já para inícios de 2022

Donald Trump, enquanto presidente dos Estados Unidos, sempre teve uma relação conflituosa com as regras das mais preponderantes redes sociais. Foi banido do Twitter e do Facebook, depois de vários “castigos” por publicações que continham factos que não correspondiam à verdade. No entanto, o ex-presidente parece seguir a velha máxima “se não os consegues vender, junta-te a eles”.

De acordo com declarações do multimilionário americano, a rede social “Truth Social” deverá ser lançada no primeiro trimestre do próximo ano e vem com a missão de “resistir à tirania dos gigantes das tecnologias”.

Imagem Donald Trump que vai lançar rede social TRUTH Social


Trump diz que Mark Zuckerberg costumava ir à Casa Branca para lhe “beijar o rabo”

Apesar de já não ser o presidente dos Estados Unidos da América, Donald Trump continua a ser protagonista de algumas polémicas.

Mais recentemente, Trump referiu que Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, costumava ir à Casa Branca para lhe “beijar o rabo”. Para além disso, o ex-presidente norte-americano considera que o dono da maior rede social do mundo é “doente” por o ter banido da plataforma.


Donald Trump está a processar o Facebook, Twitter e Google, além dos respetivos CEOs

Por várias razões, Donald Trump foi vendo a sua presença suspensa de algumas redes sociais. Um dos seus principais meios de comunicação – o Twitter – foi um dos exemplos. Agora, o antigo Presidente dos Estados Unidos da América diz que está a processar o Twitter, Facebook e Google.

Além das plataformas, Donald Trump está a processar os respetivos CEOs, Dorsey, Zuckerberg e Pichai.

Donald Trump


Quase 90% não concordam com o desbloqueio do TikTok e WeChat nos EUA

Recentemente ficámos a saber que o bloqueio ordenado por Donald Trump às apps chinesas TikTok e WeChat nos EUA, foi revertido por ordem do atual presidente Joe Biden.

Neste sentido, aproveitámos o momento para questionar os leitores sobre se concordavam, ou não, com o desbloqueio destas plataformas no país. E parece que a esmagadora maioria não concorda. Vamos conhecer todos os resultados.


Concorda com o desbloqueio das apps chinesas TikTok e WeChat nos EUA?

Em agosto do ano passado, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da altura, decidiu fechar as portas a várias plataformas e marcas chinesas. Entre elas destacam-se as mais populares, como a Huawei, TikTok e WeChat. No entanto, na última semana, o atual presidente Joe Biden reverteu várias dessas ordens e anulou o bloqueio das apps chinesas.

Neste sentido, na nossa questão semanal, queremos que nos diga se concorda ou não com o desbloqueio das apps chinesas TikTok e WeChat nos EUA. Participe.