Quantcast
PplWare Mobile

Tags: lojas

Com o Android 12 a Google vai mudar a forma como usamos as lojas de apps

A Epic Games está a tentar criar uma verdadeira revolução no mercado de apps e nas suas lojas, não apenas na Apple mas também na da Google. Esta última tem tido menos visibilidade, principalmente porque existem alternativas para serem usadas no Android.

Esta abertura é um dos princípios do sistema da Google e que os utilizadores mais gostam. Permite que seja possível ter apps de fontes de externas e até lojas de outras entidades, nem sempre de fontes confiáveis ou seguras. A Google vai mudar este cenário no Android 12 a Google vai mudar a forma como usamos as lojas de apps.

Android Google lojas apps mudar


Apple reabre algumas lojas na China após fechar devido ao Coronavírus

O Coronavírus tem tido um impacto muito significativo, nomeadamente no que respeita às empresas tecnológicas. A Apple é um desses exemplos.

Após ter encerrado as suas lojas na China, no início deste mês de fevereiro, a empresa de Cupertino anunciou que reabriu novamente algumas unidades em Pequim, mas com horário reduzido.


43% faz as suas compras online mas a maioria prefere ir às lojas físicas

Esta rubrica pretende recolher informações dos gostos e interesses dos nossos leitores, através de questões pertinentes, da atualidade, que colocamos na zona lateral do nosso site.

Desta vez quisemos saber como é que os leitores fazem maioritariamente as suas compras.

Vamos conhecer todos os resultados!


Os portáteis da Huawei já voltaram a ser vendidos nas lojas da Microsoft

A Huawei, depois de ter estado debaixo de fogo, parece agora estar a conseguir recuperar o fôlego que tinha antes. Os ataques do governo dos EUA pararam e as empresas americanas estão lentamente a voltar.

Depois de termos visto casos como a Google e outras a pedirem o fim do embargo, surge uma nova. A Microsoft tomou uma nova posição e os portáteis da Huawei já voltaram a ser vendidos nas suas lojas.

Huawei Microsoft portáteis lojas EUA


Até 2020 a Xiaomi vai abrir 2000 lojas físicas

A chinesa Xiaomi é já um dos fortes players tecnológicos à escala mundial. Com forte presença no segmento dos smartphones, a empresa tem também uma presença importante nos dispositivos de monitorização de atividade física e até produz equipamentos como trotinetes elétricas.

Recentemente ficou a saber-se que a empresa vai abrir 2000 lojas por todo o mundo nos próximos três anos.