PplWare Mobile

Categoria: Opinião

Estarão os smartphones a evoluir no capítulo da autonomia?

Os smartphones estão cada vez mais evoluídos, tendo hoje mais tecnologia e um processamento cada vez mais avançado. No entanto, as baterias são um dos componentes que menos têm evoluído.

Mas estará a autonomia a crescer nas várias gamas dos smartphones atuais?

huawei-p20-pro-07


Porque é que os smartphones se tornam num vício?

Todos os anos, várias marcas ao redor do mundo lançam smartphones para o mercado com características e novas funcionalidades que nos convencem a compra-los. Obviamente que algumas têm mais sucesso do que outras mas, no final de contas o smartphone serve para conversação em geral, desfrutar das aplicações que mais gostamos e como câmara fotográfica.

É apenas uma ferramenta. Mas se é uma ferramenta, porque é que estamos sempre agarrados a ele a verificar se temos notificações ou se alguém telefonou? Porque é que temos a necessidades de estar sempre a levantar e olhar para o ecrã?

Smartphones vicio


MB WAY: um caso de estudo em usabilidade

Apesar de ter funcionalidades muito úteis, a app MB WAY tem graves problemas de usabilidade.

A rede Multibanco, operada pela SIBS, é algo de que me orgulho como português. Tendo visitado e vivido noutros países, já senti mais do que uma vez a falta das inúmeras funcionalidades que disponibiliza e da facilidade com que é possível usá-las. Este é de longe o melhor sistema de caixas automáticas que alguma vez utilizei.

Há alguns anos, a SIBS criou uma aplicação para dispositivos móveis a que chamou MB WAY. E este é o tema do artigo de hoje.

MB WAY: um caso de estudo em usabilidade


Opinião: RGPD, a nova colher de pau?

Por Miguel Gonçalves, CEO da E-goi.

Em mais de 15 anos de trabalho, poucas vezes terei visto tanta confusão, desconhecimento e tiros nos pés como na abordagem das empresas ao novo Regulamento Geral de Proteção de Dados.

Porém, esta atitude não é nova. Na década passada, com o surgimento da ASAE, geraram-se alguns mitos igualmente danosos que foram das bolas de berlim até às colheres de pau.

RGPD: a nova colher de pau?