PplWare Mobile

Os portáteis da Huawei já voltaram a ser vendidos nas lojas da Microsoft


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. sakura says:

    Fê-lo sem que tivesse apresentado qualquer justificação???

    Eu gostava era ver os relatorios das auditurias feitas os portáteis da Huawei, havia amalware….. ou não.
    A MS_Linux é no minimo interessante, e (appleLinux) tb esta a melhorar…

  2. ToFerreira says:

    Como eu sempre disse, a montanha vai parir um rato. A China não é um país qualquer, a América não lhe pode pôr a pata em cima como está habituada.

    • Mateus Pinto says:

      Não pode mas deve, se te informasses bem verias que a China faz o que lhe apetece dos outros países…

      • Jorge Madureira says:

        Olha, olha. E os EUA não fazem o que querem??? Se fizer uma comparação entre os dois paises, verá que os EUA ganham de goleada. Ainda bem que os países estão a aprender a bater o pé e a não serem subservientes, para esse papel de cães fiéis e subservientes já temos vergonhosamente a UE.

        • Mateus Pinto says:

          Não confundas “fazerem o que quiserem” que é conhecido dos EUA através de notícias e filmes vs. 95% do que faz a China que não é conhecido por ser altamente sancionado, mortes e bloqueado. Falas claramente do que desconheces. Fala com um chinês e vês.

  3. Olhos azuis says:

    Já se sabia que tudo ia voltar ao normal, o Trumpas pensa que manda em tudo e em todos, mas este tiro que deu fez ricochete
    Agora se a a huawei apresentar um SO de jeito, superior ao android, ups… google bye bye, Trump a perder, America a perder e vão sentir aperto do rabo

  4. Maria says:

    Espero que a Huawey não tome a decisao de não utilizar o ArkOs, mas permita, mesmo que o embargo vá abaixo, usar o ArkOs em vez do Cuscoid da Google.

  5. Daniel says:

    Uma guerra comercial traz sempre maus resultados… Tanto a quem a provoca, como quem é o visado… Numa era em que a globalização económica (e, infelizmente, social) impera, o efeito “bola de neve” é devastador… Bom senso, exige-se, sempre, nestas situações…

  6. Luiscross says:

    Bastava a China dizer, nos bastidores, que ía cobrar a dívida americana para Trump & Ca. recuarem. A economia dos Estados Unidos está na mão da China porque há mais de uma década o grosso da dívida americana foi comprada pela China.

  7. Francisco says:

    Isto do bloqueio à Huawei foi tudo por questões unicamente económicas e não de segurança.
    Bastou a Huawei anunciar que ía desenvolver um sistema operativo da própria marca, que os ditos gigantes americanos ficaram com a consciência do que iriam perder. Como por exemplo a hegemonia em sistemas operativos tanto de telemóveis como de PCs.
    E ao que consta sistema operativo até 60% mais rápido e muitíssimo mais barato de se obter.

  8. Fulano says:

    Não dou um mês para que a Huawei volte a vender normalmente em todo o lado…. E até aposto que vão baixar os preços como extra.

  9. Carlos Braga says:

    Huawey roubo indiscriminado de patentes desde a sua fundação, empresa com laços fortes com o partido comunista chines.
    China pais ultra protector das suas empresas, na China proibido a utilização de tecnologia occidental, tal como google, facebook, e todas as restantes plataformas de comunicações.
    O Trump só esta a responder na mesma moeda, vai já é tarde….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.