Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Microsoft

Antes de todos os outros! O Windows 95 teve separadores no explorador de ficheiros

Os separadores no Windows são para muitos algo recente e que a Microsoft testou nos últimos anos. Estes estiveram já para surgir antes, mas essa surpresa ficou guardada para a mais recente atualização do Windows 11.

A verdade é que os separadores já tinham estado antes no Windows. Estes estiveram em testes numa das primeiras versões do sistema da Microsoft, mas acabaram por não ser lançados e assim tornados acessíveis a todos. Saiba o que aconteceu e onde os separadores surgiram primeiro.

Windows 95 separadores Microsoft explorador sistema


Windows 11: Microsoft parece estar a insistir para que utilizadores façam a atualização

A Microsoft tem tentado levar os seus utilizadores a abraçarem o Windows 11. Apesar de não ser suportada por todos os equipamentos, esta versão traz novidades que justificam de forma clara esta atualização.

Apesar de ser facultativa e voluntária, a Microsoft parece agora focada em forçar esta atualização. A mais recente medida tenta que os utilizadores instalem o Windows 11 durante a mais recente atualização da versão anterior do Windows.

Windows 11 Microsoft atualização Windows 10


Utilização do Edge da Microsoft está a crescer na Internet, mas ainda muito longe do Chrome

Mesmo sendo a proposta que acompanha agora o Windows, o Edge é ainda um browser que tem de percorrer um longo caminho até conseguir chegar perto do Edge. Com muitas funcionalidades similares, tem conseguido cativar muitos utilizadores.

Os mais recentes dados mostram que o Edge tem estando a crescer na Internet e a ganhar seguidores. Cresceu na utilização e está a tornar-se uma proposta cada vez mais interessante, tendo agora ultrapassado a meta dos 11%.

Edge Microsoft browser Windows Chrome


Se a Microsoft comprar a Activision, CoD poderá só estar na PlayStation por mais 10 anos

A compra da Activision Blizzard pela Microsoft tem sido um dos assuntos que mais polémica tem causado no segmento dos jogos eletrónicos. Isto porque há um receio de outras empresas, como a Sony, de que os grandes títulos possam ficar apenas nos serviços e plataformas da gigante de Redmond.

Mas as últimas notícias indicam que caso a Microsoft comprar a criadora de jogos, então possivelmente o popular jogo Call of Duty estará disponível na PlayStation apenas nos próximos 10 anos.


Competências digitais: Microsoft e LinkedIn vão capacitar 10M de pessoas

A Microsoft e LinkedIn anunciam o próximo passo no programa Skills for Jobs, com a disponibilização gratuita de 350 novos cursos e seis novos Certificados Career Essentials para seis dos empregos mais procurados na economia digital.

Num comunicado enviado ao Pplware, é referido que as duas empresas irão oferecer, também, 50 mil bolsas de estudo LinkedIn Learning para apoiar as pessoas na capacitação digital. Até 2025, a Microsoft pretende ajudar a capacitar e certificar 10 milhões de pessoas em competências digitais.

Competências digitais: Microsoft e LinkedIn vão capacitar 10M de pessoas