Quantcast
PplWare Mobile

Tags: ssd

Criptomoeda Chia faz triplicar o preço dos discos HDD na China

Chia é uma criptomoeda criada pelo fundador do BitTorrent e que pretende ser mais ecológica do que as restantes. Esta moeda digital necessita de discos HDD e SSD, em vez de placas gráficas, para ser minerada. Desta forma torna-se então mais acessível e amiga do ambiente.

No entanto, as mais recentes informações revelam que, na China, o preço dos HDDs já disparou para o triplo devido à corrida para minerar a moeda Chia.


Fabricante chinesa vai lançar SSDs específicos para minerar a criptomoeda Chia

Ontem demos a conhecer a Chia, uma criptomoeda criada pelo fundador do BitTorrent e que pretende ser mais ecológica do que as demais.

Uma das características desta moeda digital é que pode ser minerada através de discos HDD e SSD. Nesse sentido, a fabricante chinesa Asgard irá lançar discos SSD exclusivos para a mineração da Chia.


Chia: a criptomoeda que vai pôr os discos HDD e SSD a minerar

No segmento das criptomoedas, existem algumas que são mais populares do que outras. Por exemplo, a grande parte da população já está habituada a nomes como Bitcoin e Ethereum, mas existem muitas outras.

Por exemplo, Chia é uma criptomoeda criada pelo fundador do BitTorrent e que se tem tornado popular sobretudo na China. Para além disso, esta moeda digital vai pôr os discos HDD e SSD a minerar.


Sony poderá ativar interface extra para SSD na PlayStation 5

A PlayStation 5 chegou, viu e venceu, e quase sem grande esforço, pois é uma das consolas mais desejadas pelos gamers. Vem equipada com poderosas tecnologias que oferecem ao jogador uma experiência com sensações cada vez mais próximas da realidade.

No entanto a capacidade de armazenamento interno da PS5 foi um dos pontos criticados pelos consumidores. Desta forma, a Sony deverá ativar uma interface extra para SSD na sua consola de última geração já no segundo semestre de 2021.


Tem um Mac com SoC M1? É melhor ter cuidado com a duração que o seu SSD vai ter

Apesar de todos os avanços que a Apple trouxe para os seus novos computadores com o SoC M1, continua a ter de usar componentes tradicionais em muitas áreas. Entre estes estão os SSDs, que é hoje o padrão para o armazenamento.

Este componente terá, em norma uma vida útil alargada, mas esta poderá não ser uma verdade no caso destes Mac. O alerta foi lançado agora e revela que os SSDs dos computadores com o SoC M1 podem estar a sofrer de desgaste rápido e apresentar problemas muito mais cedo que o esperado.

SoC M1 SSD vida Apple