Quantcast
PplWare Mobile

Tags: brasil

Última hora: Telegram vai ser bloqueado em todo o Brasil

[Atualização] Pavel Durov, criador do Telegram, já reagiu a esta situação.

Os serviços de comunicação ocupam hoje em dia um espaço muito importante na Internet.  No entanto, a liberdade dos utilizadores nem sempre é total, e hoje foi um exemplo disso.

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) do Brasil, determinou a suspensão do serviço de mensagens Telegram em todo o país. Afinal o que se passa?

Última hora: Telegram vai ser bloqueado em todo o Brasil


Secção do motor de um foguetão da SpaceX caiu no quintal de um agricultor no Brasil

Os foguetões Falcon 9, da SpaceX, são equipados com os poderosos motores Merlin. A empresa americana, propriedade de Elon Musk, tem tido muita atividade a colocar vários satélites no espaço, entre eles os da sua rede de internet global, Starlink, mas não só! Num das últimas idas ao espaço, uma das secções dos motores do foguetão caiu no solo no quintal de um agricultor, em São Mateus do Sul, Paraná, Brasil.

O enorme pedaço de metal foi identificado pelos astrónomos como sendo uma peça do Falcon 9, cuja reentrada foi vista no céu naquela localidade no dia 8 deste mês.

Imagem secção do foguetão da SpaceX que caiu na Terra


Outro satélite da Starlink “entrou” na atmosfera e a explosão foi vista no Brasil

Há cerca de uma semana, o satélite da Starlink 2200 saiu de órbita e desintegrou-se na atmosfera da Terra. Na altura a bola de fogo foi vista na Península Ibérica. Ontem, no outro lado do Atlântico, apareceu um estranho fenómeno luminoso no céu do Maranhão e do Tocantins.

Segundo especialistas, foi uma reentrada indesejada na nossa atmosfera – talvez um pequeno satélite Starlink, lançado em 2020.

Imagem ilustração de desintegração de um satélite da Starlink sobre o Brasil


Reentrada de satélite espião soviético é detetado no sul do Brasil (vídeo)

O Cosmos 1437 foi lançado no dia 20 de janeiro de 1983 e tinha como missão fornecer serviços de espionagem à União Soviética. Foi colocado em órbita no foguete Vostok-2M, a partir do Cosmódromo de Plesetsk, hoje uma base espacial da Rússia, na altura era solo soviético. Depois de quase 40 anos, este satélite estava numa órbita que vinha a deteriorar-se há algum tempo.

Depois de várias décadas a existir apenas como lixo espacial, este satélite tinha a sua reentrada prevista para a noite de segunda-feira passada. A bola de fogo foi monitorizada pelas câmaras da BRAMON.

Ilustração da reentrada na atmosfera do satélite espião soviético


Creality oficializa apoio ao projeto Robótica Espacial

O projeto Robótica Espacial e a Creality acabam de abrir as portas da tecnologia de impressão 3D para crianças do Brasil. Além dos presidentes da AEB, FNDE, UnB e outros representantes brasileiros, a Embaixada chinesa no Brasil enviou Liang Tian, que estava ligado ao evento ao vivo, com centenas de professores.

O projeto não só proporciona benefícios reais para as crianças brasileiras, como também para a própria Creality.