Quantcast
PplWare Mobile

Tags: bateria

Xiaomi revela a sua nova tecnologia de carregamento wireless a 80W

O desenvolvimento das tecnologias de carregamento associadas às baterias dos smartphones tem vindo a ser surpreendente nos últimos anos. O objetivo é carregar as baterias mais rapidamente, já que o aumento das suas capacidades está limitado fisicamente. A aposta no carregamento wireless (ou sem fios) está também a chegar a um patamar impressionante e hoje a Xiaomi revelou até onde pode ser levado.

Um curto vídeo partilhado hoje mostra um smartphone com bateria de 4000 mAh a carregar na totalidade sem fios a 80W.

Xiaomi revela a sua nova tecnologia de carregamento wireless a 80W


Preço, bateria e processador são o mais importante na compra de um smartphone

Ao pretendermos comprar um smartphone novo, temos que ter em consideração várias características do equipamento. E, por conseguinte, a importância de cada uma das características varia consoante os interesses e necessidades do utilizador.

Nesse sentido, na nossa última questão semanal quisemos saber quais os factores mais importantes, para os nossos leitores, na compra de um smartphone.


O que esconde o OnePlus 8T no seu interior?

O OnePlus 8T foi lançado no decorrer da semana que passou e não tardaram a surgir as primeiras avaliações a este smartphone com processador de topo, mas a preços bem mais abaixo da concorrência.

A OnePlus revelou que este smartphone vinha com uma bateria com capacidade de 4500 mAh com tecnologia de carregamento de 65W. Na verdade esta capacidade é repartida por duas baterias, otimizando assim o carregamento e os próprios consumos.


Cientistas desenvolveram uma bateria atómica que pode durar 20 anos

Há tecnologias que hoje nos poderiam fornecer baterias para muitas décadas de interrupção de fornecimento de energia. Contudo, nem sempre é viável a sua utilização, por variados motivos. Aliás, ainda existe uma bateria, com mais de 180 anos, a fornecer energia à chamada Oxford Electric Bell. Portanto, a caminho de dois séculos sem qualquer substituição ou alteração. Contudo, hoje vamos falar de energia autónoma inovadora.

Esta bateria atómica foi desenvolvida pelos cientistas da Universidade Nacional de Ciência e Tecnologia “MISiS” que é a principal universidade tecnológica da Rússia. A pilha atómica tem uma potência aumentada em 10 vezes.

Imagem de bateria atómica que pode durar 20 anos


Dica: Como garantir que o Windows 10 se adapta quando a bateria está no final

Com a mobilidade que temos atualmente, há componentes do Windows 10 que devem estar bem configurados e sempre prontos a ser usados. Para além do WiFi, temos também de dar destaque à bateria, que se revela aqui essencial para os utilizadores.

Para além de estar carregada, deve estar configurada para que o Windows 10 possa fazer uma gestão muito criteriosa e eficiente. Só desta forma a bateria dura mais e dá mais horas de utilização. É aqui que entra a gestão e a funcionalidade de poupança de bateria.

Windows 10 bateria energia gestão PC