Quantcast
PplWare Mobile

Tags: WeChat

Concorda com o desbloqueio das apps chinesas TikTok e WeChat nos EUA?

Em agosto do ano passado, Donald Trump, presidente dos Estados Unidos da altura, decidiu fechar as portas a várias plataformas e marcas chinesas. Entre elas destacam-se as mais populares, como a Huawei, TikTok e WeChat. No entanto, na última semana, o atual presidente Joe Biden reverteu várias dessas ordens e anulou o bloqueio das apps chinesas.

Neste sentido, na nossa questão semanal, queremos que nos diga se concorda ou não com o desbloqueio das apps chinesas TikTok e WeChat nos EUA. Participe.

PUB


Joe Biden anula as ordens de Trump de bloqueio das apps TikTok e WeChat

Enquanto presidente dos Estados Unidos, Donald Trump levou a cabo várias medidas com o intuito de proteger a segurança nacional da população. Dessas medidas resultaram a proibição de algumas apps chinesas, como o TikTok e o WeChat.

No entanto, agora com Joe Biden no poder, o panorama está a alterar-se. Nesse sentido, o atual presidente norte-americano revogou as ordens de Trump no que respeita ao bloqueio dessas duas aplicações.

Joe Biden suspende proibição do WeChat e TikTok nos EUA.

PUB


Joe Biden suspendeu proibição do TikTok e WeChat nos EUA

No ano passado, o então governo dos EUA anunciou que iria banir a aplicação TikTok e o serviço de mensagens WeChat. Assim, ambas deixariam de estar disponíveis para smartphones Android e iOS nos Estados Unidos. Como sabemos, esta medida gerou polémica e residia a esperança dos utilizadores no possível governo de Joe Biden.

Agora, enquanto Presidente dos EUA, Joe Biden suspendeu essa decisão judicial.

Joe Biden suspende proibição do WeChat e TikTok nos EUA.

PUB


Justiça dos EUA deve manter decisão de impedir o bloqueio do WeChat

O braço de ferro entre o Governo dos Estados Unidos da América e as aplicações chinesas mantém-se aceso. Depois que o Departamento de Justiça da administração de Trump recorreu da decisão do não banimento do WeChat, agora a Justiça norte-americana deverá manter a sua decisão, mantendo também a app em funcionamento no país.

Esta deve ser a decisão definitiva e a juíza Laurel Beeler disse em audiência que os novos pedidos do governo não mudarão este parecer.

PUB


EUA recorrem da decisão que impediu WeChat de ser banido do país

A novela em que são protagonistas os Estados Unidos da América e as apps e empresas chinesas ainda tem muitos episódios para chegar ao fim. Lembramos que o governo de Donald Trump quis banir as apps TikTok e WeChat do país. Mas o serviço de mensagens conseguiu obter apoio jurídico e, com isso, travar a ordem executiva assinada pelo presidente norte-americano.

No entanto agora o Departamento de Justiça da Casa Branca anunciou que vai recorrer desta decisão. O objetivo é que o WeChat seja definitivamente removido da AppStore e do Google Play Store.

PUB