Quantcast
PplWare Mobile

Quase 90% não concordam com o desbloqueio do TikTok e WeChat nos EUA

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. adbu says:

    Quase 90% não concordam com o desbloqueio do TikTok e WeChat nos EUA, o título está errado, como se pode comprovar no gráfico. Pois a pergunta efetuada foi: “Concorda com o desbloqueio das apps chinesas nos EUA” o que é exatamente o oposto

  2. David Guerreiro says:

    Até fiquei admirado, com tanto adorador do regime chinês que por aqui comenta, nunca pensei ter esse resultado.

    • SSD says:

      Admirador do regime chinês vejo poucos. Pessoal que nao presta vassalagem aos EUA e vê que em nada eles são melhores que os chineses é que ainda vai havendo alguns.
      O Facebook até os dados tens á venda e não vejo o país de origem que supostamente é tão preocupado com os dados (como se a NSA não fosse a agência mais conhecida por fazer isso) a dar 2 olhos no assunto…
      São coisas diferentes, tudo farinha do mesmo saco e apoiar um em detrimento do outro é ser ceginho também.

  3. Jose Mendes says:

    Curtia saber os argumentos de cada uma das partes….

  4. Eu sei lá says:

    Acho que ninguém se apercebeu do “molho de brócolos” que era bloquear estas aplicações. São das mais populares nos EUA.,
    O bloqueio nunca foi aplicado – Trump “fez que anda, mas não anda” ameaçou que bloqueava, mas não bloqueou, ou os tribunais desbloquearam
    Biden limitou-se a reconhecer o inevitável – coisas que Trump queria impor, como a venda da TikTok a empresas americanas, não era viável sem a venda do algoritmo, coisa que os chineses não vendiam.
    Alguém votou “arriba” Trump, abaixo Biden, morte aos chineses, só porque sim.

  5. Cláudio Andrade says:

    Não era só nos EUA.. Deviam ser banidas em todo o lado.

  6. Pedro F. says:

    Aposto que mais de metade do pessoal que não concorda as usa…

  7. kodiakshadows says:

    Trampa/Bidé – 89 China – 11
    Com estes resultados os portugas só gostam mesmo é de comprar baratinho á China.

  8. jorgeg says:

    Este foi o resultado das eleicoes Americanas de 2020!

  9. Ruben says:

    Deviam banir todo k e chinês, fora com os chineses. Digam não a tudo k vem da china.

    • Pedro F. says:

      Escrito no meu aparelho made in china e ligado à net com o meu modem made in china…

    • JCR says:

      1000% de acordo, eu, pelo menos, não quero nada vindo do país ditador criador do vírus! Antes não era assim, mas agora, antes de comprar, verifico sempre as etiquetas donde o produto foi feito, e já paguei mais caro por isto, mas pelo menos, mantive as minhas convicções, que são mais importantes do que os € a mais gastos!

      • Pedro F. says:

        Ainda gostava de saber onde foi feito o teu computador, o teu microondas, o teu esquentador, o teu frigorífico, as tuas sapatilhas, o teu relógio, etc…
        Adoro estas hipocrisias avulso…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.