Quantcast
PplWare Mobile

Tags: venda

Panasonic vendeu a sua participação na Tesla por $3.6 mil milhões

A Panasonic é a grande fornecedora de baterias da Tesla. No entanto, a fabricante de Elon Musk alargou os seus horizontes e começou a produzir as suas baterias, bem como a integrar novos fornecedores, indo além da empresa japonesa. No mesmo sentido, também esta se quis desprender do vínculo que tinha com a Tesla, desde 2010.

A Panasonic vendeu a sua participação na Tesla, por 3.6 mil milhões de dólares.

Panasonic e Tesla


Vendas de smartphones devem aumentar 50% só no 1º trimestre de 2021

A pandemia teve um impacto significativamente profundo em diversos setores, especialmente na indústria tecnológica. A venda de de smartphones foi uma das grandes afetadas, pois muitas lojas foram obrigadas a fechar portas. No entanto, aos poucos vamos vendo finalmente uma luz ao fundo do túnel, com a situação pandémica a melhorar gradualmente.

De acordo com um recente relatório agora divulgado, a venda de smartphones neste primeiro trimestre de 2021 deve aumentar em 50% comparativamente ao mesmo período do ano passado.


E agora? Venda de carros em Portugal com fortes quebras

Não está fácil o negócio da venda de carros em Portugal. Segundo números revelados pela ACAP, as quebras rondam os 59% e surgem alertas para a grave crise que o segmento automóvel enfrenta em Portugal.

Há mesmo marcas cujas quebras chegaram quase aos 80%.

E agora? Venda de carros em Portugal com fortes quebras


Apple-1 de 1976 é colocado à venda no eBay por 1,5 milhões de dólares

O dono de um computador Apple-1 de 1976 decidiu que era hora de o colocar à venda. Desta forma, o equipamento foi anunciado no eBay pela excêntrica quantia de 1,5 milhões de dólares, cerca de 1,24 milhões de euros numa conversão direta.

O vendedor garante que o modelo da primeira gama de computadores da marca da maçã ainda está completamente funcional.


É oficial! A Huawei vai mesmo vender a Honor, a sua eterna marca satélite

O rumor estava a ser avançado há vários dias de várias fontes credíveis. A Huawei poderia estar a negociar a venda da Honor, a sua marca satélite, para assim se libertar de um ativo que poderia ser um entrave para o bloqueio nos EUA.

Essa informação está agora confirmada e é oficial que a marca chinesa vai mesmo mudar de mãos. A Honor foi vendida e deixa assim de ser uma empresa da Huawei, passando a ser controlada por outras empresas.

Honor Huawei entidades venda desenvolvimentos