Quantcast
PplWare Mobile

Tags: venda

É oficial! A Huawei vai mesmo vender a Honor, a sua eterna marca satélite

O rumor estava a ser avançado há vários dias de várias fontes credíveis. A Huawei poderia estar a negociar a venda da Honor, a sua marca satélite, para assim se libertar de um ativo que poderia ser um entrave para o bloqueio nos EUA.

Essa informação está agora confirmada e é oficial que a marca chinesa vai mesmo mudar de mãos. A Honor foi vendida e deixa assim de ser uma empresa da Huawei, passando a ser controlada por outras empresas.

Honor Huawei entidades venda desenvolvimentos


Huawei poderá vender a Honor por 15 mil milhões de dólares

Há algum tempo que vários rumores apontam no sentido de a Huawei ter a intenção de vender a sua subsidiária Honor. Supostamente, esta venda teria como objetivo preservar a marca de smartphones das restrições e sanções comerciais impostas pelos Estados Unidos da América.

Agora as informações mais recentes dão conta de que este negócio poderá valer à Huawei cerca de 15 mil milhões de dólares.


Venda de computadores aumentou 13% no terceiro trimestre de 2020

A venda de PCs, como notebooks e desktops, voltou a disparar neste terceiro trimestre de 2020. De acordo com as informações, os computadores apresentaram um aumento de 13% nas vendas ao longo dos últimos três meses. A Lenovo é a marca que domina a tabela com a maior quantidade de unidades vendidas.

Estas são boas notícias para as fabricantes e para este segmento do mercado. Isto porque, devido à pandemia que obrigou as pessoas ao teletrabalho, a disponibilidade destes equipamentos escasseou.


Motorola Razr 5G foi posto à venda e esgotou em apenas 2 minutos

O novo smartphone dobrável da Motorola está a ser um verdadeiro sucesso. Segundo a marca, mal foi colocado à venda pela primeira vez, o Razr 5G esgotou todas as unidades em apenas 2 minutos.

Nem o preço considerável de perto de dois mil dólares foi motivo para os consumidores pensarem duas vezes. Quem quiser ter este equipamento, poderá então uma nova oportunidade de venda já no próximo dia 21 de setembro.


TikTok: Afinal, Microsoft compra ou não? Uma reviravolta importante no fim de semana

A situação entre o governo dos EUA e o TikTok tem estado a escalar de forma exponencial. As acusações e as preocupações têm chegado a níveis em que já a própria existência desta rede social começa a ser colocada em causa. No final da semana passada surgiram informações que davam como quase certa a venda do TikTok à Microsoft e também uma ordem presidencial para que fosse interdita.

A verdade é que o fim de semana passou e muito mudou. A venda pode não se concretizar e até o banir poderá não ser possível. Ainda assim, a Microsoft quer realizar a aquisição a 15 de setembro.

TikTok Microsoft EUA banir venda