Quantcast
PplWare Mobile

Tags: sustentabilidade

Fórmula 1 quer apostar em motores sustentáveis entre 2026 e 2030

São cada vez mais os setores que estão a responder à emergência climática e a adotar medidas para a deter e inverter. Indo pelo caminho da indústria automóvel, a Fórmula 1 estabeleceu uma meta a ser cumprida entre 2026 e 2030.

Assim, a organização pretende que, em breve, a sua pegada carbónica seja drasticamente reduzida, até ser nula.

Fórmula 1


Screecher: Uma bicicleta elétrica e solar com 30 quilómetros de autonomia

Pela pegada deixada pelos veículos a motor, a sociedade tem sido incentivada a adotar meios de transporte mais sustentáveis, desde os coletivos, até aos elétricos, por exemplo. Assim sendo, há várias marcas de automóveis a desenvolver opções elétricas, bem como outras que surgem com outro tipo de oferta.

Nesse sentido e indo então ao encontro desta nova realidade do mercado, surge uma bicicleta elétrica e solar.

Screecher: Uma bicicleta elétrica e solar com 30 quilómetros de autonomia


Bentley vai fabricar apenas carros elétricos dentro de 10 anos

Há cada vez mais uma maior consciencialização sobre as questões ambientais e prova disso são as mudanças a que temos assistido, nomeadamente no setor da indústria automóvel. Marcas como a Bentley, por exemplo, já confirmaram que o seu primeiro carro elétrico chegará em meados do ano 2025.

Mas a marca de luxo londrina vai mais longe e afirma agora que se vai dedicar exclusivamente ao fabrico de carros elétricos dentro de 10 anos.


Google apresenta planos para um campus gigante e mais sustentável em San José

A fim de impulsionar empresas que estão a iniciar a sua atividade, associando-se e retirando o melhor da Google, a gigante das pesquisas dispõe de vários campus, pelo mundo fora. Assim, garante formações e portas para que os vários negócios que por lá passam tenham oportunidade de crescer e pôr em prática as suas ideias.

Pelo mundo, a Google conta com campus abertos em São Paulo, Londres, Madrid, Varsóvia, Tóquio, Tel Aviv e Seoul. Não ficando por aí, está a projetar um para instalar em San José.

Projeto Downtown West com passagem para pedestres e edifícios.


Jovem cria veículo movido a hidrogénio e construído a partir de plástico reciclado

Temos assistido a uma absurda, mas positiva, evolução no fabrico de novos carros. Isto, porque os carros de nova geração não são lançados por menos e contam cada vez mais com um design arrojado e diferente. Ademais, a sua maioria é agora lançada com recurso a outro tipo de combustíveis mais sustentáveis, estando, aos poucos, a ser deixado para trás o motor de combustão.

Foi ideia de um jovem estudante de 22 anos e, fazendo jus à modernidade, é um veículo ousado e deveras diferente, parecendo quase retirado do futuro.

Jovem cria veículo movido a hidrogénio e construído a partir de plástico reciclado