Quantcast
PplWare Mobile

Califórnia compromete-se a vender apenas carros com zero emissões a partir de 2035

                                    
                                

Autor: Ana Sofia


  1. ze says:

    Pois pois …… E costrui los nao tem impacto ambiental…. Pra nao falar na reciclagem das baterias…..

    • Luis says:

      tu constroi e fazes a reciclagem num sitio ou seja poluis num sitio é um poluiçao muito localizada que pode facilmente ser controlada o que é exatamente o contrario dos carros que é deslocalizada e que nao pode ser controlada

    • IonFan says:

      É claro que tem impacto ambiental, tal como tudo o que fazemos. Aqui a questão é mudar para uma solução com menos impacto. Ou para ti deve se continuar a queimar combustível e só mudar quando a solução for perfeita?

  2. Ciclista says:

    Pois pois…. e construir carros de combustao interna tambem nao tem impacto ambiental…

  3. PoPeY says:

    tornar isso possível em 15 anos… Não acredito que seja possível, pelo menos sem recorrer a radicalismos.

    • Rodrigo says:

      ate aposto que sera em menos tempo!

      • IonFan says:

        Também acho. Aliás, acho que esta lei é irrelevante. daqui a 10 anos não vai haver quase ninguém a querer comprar um carro novo que não seja eléctrico. É a minha opinião e cá estaremos para ver.

        • José Fonseca Amadeu says:

          Se trocares a palavra electrico por hidrogenio, acredito.
          Os electricos ainda vai levar 20 a 30 anos até existir a possibilidade de chegar a toda a gente com carro.
          Para já é um mercado de nicho com interesse exclusivamente para quem tem garagem e quem tem segundo carro.
          Para não falar nas questões da rede electrica, tempos de carregamento, programação de viagens, não me compensa os 5.000€ que gasto em combustivel anualmente para toda a azafama, já pensei em comprar um model S mas assim que pensei que só o ia usar para casa -> trabalho / trabalho -> casa, desisti da ideia e decidi actualizar da minha serie 6 touring para um X5, estou 100% satisfeito.

          • IonFan says:

            Os carros a hidrogénio são carros eléctricos. A “única” diferença é que têm a energia armazenada no hidrogénio.

            Possibilidade de carregar o carro?! Todas as ruas de todas as cidades têm electricidade. Quando é que foi a última vez que vistes uma estação de abastecimento de hidrogénio? E sabes quantas tomadas na rua dava para por com o custo de uma estação de abastecimento de hidrogénio? Custam mais de 7 milhões de dólares para uma capacidade de 1000kg por dia.

            Questões da rede eléctrica? É preciso 3x mais energia produzida para um carro a hidrogénio percorrer a mesma distancia que um eléctrico a bateria. Ainda achas que o hidrogénio é melhor para a rede eléctrica?

            Ainda bem que está satisfeito com o X5, mas posso dizer-te que há um membro do Clube Tesla português que fez 333.333km em 34 meses com um Model S. Não me parece um número que se faça em casa -> trabalho e trabalho -> casa…

          • Jazz says:

            Já que nem sabes o que tens, pelo menos trata as coisas pelo nome:
            Série 6 GT ( Gran Turismo).
            Touring é outra coisa…

          • Hugo Sá says:

            Isso mesmo toca a poluir. Ainda bem que está satisfeito.
            O seu comentário só me dá vontade de rir.

  4. jorgeg says:

    hehehe,… que bando de iluminados os liberais da Cali,… tem apagões impostos pq nao conseguem fornecer energia suficiente para as necessidades da pop.

    “The blackouts, which started on Friday and were set to continue into Monday night, were reminiscent of an energy crisis 20 years ago, when the state’s botched deregulation of the electricity system left millions of people in the dark and drove the wholesale price of power skyward.”

    tudo o que a esquerda toca destroi.

    • Tadeu says:

      os apagões não têm nada a ver com “não conseguem fornecer energia suficiente para as necessidades da pop.”
      Os apagões ocorrem porque descobriram que a rede de distribuição tem um risco demasiado elevado de provocar incêndios sob certas condições atmosféricas nesta altura do ano.
      Se lesses com atenção a citação que fazes perceberias que mencionam a situação de há 20 anos atrás, desencadeada por medidas tomadas por um governador republicano!

  5. João says:

    Podem ser sem emissões mas convém que não sejam eléctricos já que agora já nem sequer tem produção de electricidade a funcionar. Os recentes “power-outs” que o digam.

  6. Hugo Sá says:

    Tudo o que fazemos neste planeta tem impacto, incluindo construir carros a combustão. Os carros elétricos são bem mais ecológicos pois não libertam co2 embora pussoam baterias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.