Quantcast
PplWare Mobile

Tags: recursos

Windows 10 consome demasiado CPU? Culpa é de uma atualização recente e tem solução

Ao longo dos anos a Microsoft tem conseguido que o Windows 10 se mantenha com um consumo de recursos reduzido. A culpa de situações anormais está quase sempre nas apps que são usadas e que os utilizadores trazem para o sistema.

Uma nova queixa parece vir contrariar este cenário e revela consumos anormais de CPU. A culpa parece estar identificada em duas situações distintas, mas a solução também parece existir, ainda que não seja a esperada.

Windows 10 CPU atualizações consumos recursos


Afinal o Gmail Go já não está disponível para todos os smartphones Android

Com as suas apps Go a Google quer criar alternativas para smartphones com menos recursos. Estas são naturalmente mais leves e por norma mais simples de usar, em qualquer smartphone e em qualquer situação.

A lista destas apps está já bem conhecida, mas a gigante das pesquisas tem estado a abrir a sua utilização a qualquer smartphone com Android. A mais recente a ser anunciada foi o Gmail Go, que surgiu esta semana. Agora, e sem razão, esta foi removida e não pode ser instalada.

Gmail Go Google app smartphones recursos


O Edge da Microsoft também vai adormecer os separadores para conseguir poupar recursos

Sendo baseado no Chromium, o Edge poderá estar exposto aos mesmo problemas que a Google tem no seu Chrome. Estes são bem conhecidos e estão normalmente ao consumo exagerado de recursos, algo que há anos que tenta ser resolvido.

Para ajudar neste ponto, a Microsoft resolveu agora dar uma novidade ao Edge. Os separadores que não estiverem a ser usados vão passar a ser adormecidos e assim não são consumidos recursos essenciais aos utilizadores.

Edge Microsoft recursos adormecer separadores


Afinal a prometida poupança de bateria do Chrome pode não chegar aos utilizadores

Foi há apenas algumas semanas que a Google revelou uma surpresa para os utilizadores do Chrome. Em breve, e graças a algumas novidades do Windows 10, o seu browser iria consumir menos bateria e assim ser mais eficiente.

Estas foram excelentes notícias para quem usa este browser, que todos sabem consumir muitos recursos. Agora, e num reverter de ideias, a Google revelou que cancelou estes desenvolvimentos e irá não deverá dar esta melhoria ao Chrome.

Chrome bateria Google recursos funcionalidade


Crescem as queixas que o Firefox passou a consumir demasiados recursos

Algo que os utilizadores do Firefox podem afirmar é que este browser melhorou muito ao longo dos anos. Passou de uma oferta que consumia recursos de forma anormal, para uma solução equilibrada e que decerto agrada a todos.

Este cenário vinha a manter-se assim há algumas versões, fruto de uma mudança radical. Esse processo parece agora ter sido alterado e crescem as queixas que o Firefox começou a consumir demasiados recursos.

Firefox queixas consumir recursos Mozilla