Quantcast
PplWare Mobile

Segundos no relógio do Windows 11? Não existe e a Microsoft explica porquê

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. jorge santos says:

    Uma a uma, a Microsoft tem conseguido dar-me razões para deixar de usar Windows.
    Obrigado Microsoft, por me teres feito fazer o upgrade para Linux.

  2. ZeTo says:

    Péssima gestão de recursos isso sim 🙂

  3. IKAROS says:

    Tretas. Como se não existisse quase uma centena de coisas a correr sempre no do Windows. Só em serviços são uns 50…

    • Cabri says:

      A questão não é ter coisas a correr, é atualizar a interface gráfica, que do ponde de vista do processador, é uma operação “pesada”.

  4. RP says:

    Pois é!
    Já não vou conseguir dormir só de pensar que os segundos desapareceram! Que desastre!

  5. LA says:

    No Windows 10 não parece. Por isso nunca senti falta dos mesmos.

  6. JR says:

    No Windows 10 é uma opção, isso aparece. Basta alterar no registro. No Windows 11 é que não. A Microsoft não aprende em termos de melhoria e ser mais amigo do utilizador tornou-se inimigo do utilizador. Mas isso são outros 500. Ela lá sabe, se perder alguns ela não está preocupada até um dia, a ver vamos.

  7. TechSys says:

    Até podiam tirar os segundos do relógio, eu percebo, nunca usei.
    Mas sempre que precisava no Windows 10, clicava em cima do relógio e surgia o calendário com o relógio, incluindo os segundos. No Windows 11 não tenho isso, o que me chateia um bocado.

  8. António says:

    Na altura da saída dos Alder Lake, que comiam tudo e todos (CPU´S, claro com mais de 1 ano) foi enfatizada a sua saída.
    Agora que temos aí os novos, AMD Ryzen 7 5800X3D, porque não se fala deles?
    É que os mesmos sendo apenas um ‘upgrade’ da velhinha arquitetura, dão tareia nos Alder Lake em jogos.
    Por exemplo: Far Cry 5:
    AMD Ryzen 7 5800X3D – 189FPS – Menos consumo de energia e menos CLock.
    I9-12900K (MAX0) – 178FPS – MAIS consumo e MAIS Clock.

    Fontes: https://www.clubic.com/pro/entreprise/amd/test-produit-418107-test-amd-ryzen-7-5800x3d-le-3d-v-cache-pour-un-nouveau-roi-du-jeu-video.html

  9. LarilasOS says:

    Os segundos fazem tanta falta na barra de tarefas quanto uma viola num funeral

  10. Carlos Seixas says:

    Creio que a questão aqui não radica em discutir-se se um relógico com a informação dos segundos faça ou não falta na barra de tarefas ou local equivalente. Para algumas pessoas tal não fará falta; para outras será o contrário. Mesmo em sistemas operativos móveis, como é o caso do Android, há quem opte por colocar, no écran principal, um relógico com horas, minutos e segundos, e há quem opte por colocar um relógio apenas com horas e minutos. E há até quem opte por não colocar relógio algum, até porque, normalmente, a informação de horas e minutos já consta da barra de notificações, na parte superior do écran.
    Portanto trata-se, obviamente, de uma questão que deve ser deixada ao arbítrio do utilizador: quem quiser relógio com segundos pode tê-lo; quem não quiser, não o usa.
    Ora, se entendi bem a notícia, parece que o Windows não vai sequer permitir que o utilizador opte por usar um relógio com segundos… Se percebi mal, peço desculpa. Mas, se percebi bem, será isso um problema? Quer dizer, então uma pessoa não pode optar por instalar, na barra de tarefas, ou equivalente, um outro relógio qualquer, feito por outros programadores? É que se isto for possível então o problema basicamente não existe…

    No GNU/Linux isto do relógio mostrar os segundos ou não depende da distribuição e da configuração que cada uma resolva fazer (é só seleccionar, no relógio, a opção para mostrar ou não os segundos). E o que não faltam são relógios, seja para constarem da barra de tarefas seja para constarem de outros locais, como o próprio ambiente de trabalho. Isto para além de ferramentas com o conky e quejandos, também elas com opções para mostrarem relógio, com ou sem segundos, à vontade do freguês.
    Em Windows não é assim?

    A mim pessoalmente dá-me bastante jeito que o relógio exiba os segundos. E uma coisa tenho de deixar clara: acabei de fazer a experiência e não existe qualquer diferença detectável, a nível dos recursos do sistema, entre a opção que faz com que o relógio exiba os segundos e a opção de se usar um relógio que não exiba segundos… Portanto muita atenção às patranhas que possam circular aí pela Net, mesmo que essas patranhas venham dos próprios programadores ou fabricantes de sistemas operativos.

  11. António says:

    Lol, fórum?? Fan boys?? Talvez fosse melhor ver o link antes de falares? Ou mesmo veres reviews?

    • ONUBB says:

      Volto a dizer ve bem, esse link´s são fan boys, digo de novo ve bem.
      vai aos sites originais e ve bem. Volto a dizer ve bem.
      e olha não quero links de sites de terceiros digo-te para ires ao sites originais e dás-me com links de outros sites, vou voltar a dizer, vai ver bem.

      • Bruno says:

        Eu não acedi aos links nem estou interessado por enquanto, mas também, por mim, diria que os links oficiais valem o que valem…
        Depois temos a Intel a dizer que os processadores deles são mais eficientes que os da Apple com ARM, daqui a nada…
        Tudo bem, comparar resultados oficiais e tal, mas também comparar o que por aí anda; não vá no site oficial dizer que é tudo uma maravilha (coff coff Intel) e depois vê-se.

        • ONUBB says:

          Não lhe tiro a rasão, ele só apresenta uma melhoria de fps e um único jogo, sei que a amd tem bom material, eu tenho amd e bom mas também tenho intel que também e bom, por exemplo eu se jogar forza 5 ou bf no amd tenho menos fps, já no intel tenho mais, mas tudo depende, eu não vou por testes feitos em sites, sei que existe aldrabões tento de um lado como de outro, espero fazer perceber.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.