Quantcast
PplWare Mobile

Tags: processo

Será que vão conseguir? Governo do EUA quer que Facebook venda o WhatsApp e o Instagram

Mesmo sendo a maior rede social da Internet, o Facebook não abrandou e continuou a crescer, muitas vezes com novas propostas. Na verdade, a solução pode passar por comprar as empresas que quer e que por vezes são a concorrência direta.

Isto coloca o Facebook numa posição única e demasiado dominante. Isso não é vantajoso para o mercado e por isso o governo dos EUA quer que o Facebook venda o WhatsApp e o Instagram. Vamos a ver se é desta vez que conseguem desmembrar este monstro da Internet.

Facebook WhatsApp Instagram EUA processo


Apple poderá deixar de vender iPhones no Reino Unido

A Apple não se acanha quando está perante batalhas legais. No entanto, esta poderá ter um fim um tanto ou quanto radical. A gigante de Cupertino ameaçou abandonar o mercado do Reino Unido se for obrigada a pagar taxas que, para si, sejam “comercialmente inaceitáveis”.

Estas estarão associadas a uma alegada violação de patentes.

Apple


Google processada por 37 Estados dos EUA por causa do Google Play

Enquanto gigante das pesquisas, a Google envolve-se, conforme já vimos várias vezes, em processos que alegam uma monopolização, por exemplo, da publicidade. Assim como na empresa-mãe, o cenário repete-se com os serviços operados por si. Neste caso, o processo envolve o Google Play.

A gigante das pesquisas está a ser processada por 37 Estados dos EUA, devido à sua loja de aplicações.

Imagem Google publicidade


Donald Trump está a processar o Facebook, Twitter e Google, além dos respetivos CEOs

Por várias razões, Donald Trump foi vendo a sua presença suspensa de algumas redes sociais. Um dos seus principais meios de comunicação – o Twitter – foi um dos exemplos. Agora, o antigo Presidente dos Estados Unidos da América diz que está a processar o Twitter, Facebook e Google.

Além das plataformas, Donald Trump está a processar os respetivos CEOs, Dorsey, Zuckerberg e Pichai.

Donald Trump


Brasil: Mulher ganha processo contra Apple por iPhone não trazer carregador

O novo iPhone 12 iniciou uma polémica pelo facto de não trazer um carregador na sua caixa. Esta alteração dividiu as opiniões dos consumidores, pois se por um lado há quem concorde, por outro há quem condene esta decisão.

Mas a exclusão do carregador já trouxe alguns dissabores à própria Apple. E, mais recentemente, a marca da maçã perdeu um novo processo no Brasil devido ao facto do iPhone 12 não trazer este acessório consigo.

Imagem iPhone 11 Pro Max com carregador e earPods Apple