Quantcast
PplWare Mobile

Tags: processador

iPhone 12 poderá ter um processador 40% mais potente do que o do iPhone 11

O iPhone 12 já deve estar na fase final de produção e espera-se que em breve a Apple possa apresentar ao mundo mais um dos seus tão desejados smartphones. Como é natural, o novo iDevice deverá trazer especificações superiores aos modelos anteriores. Há ainda a hipótese de que a marca da maçã esteja a produzir um iPhone 12 com suporte para a rede 5G.

As novidades são conhecidas a conta-gotas e, naturalmente, muitas poderão não corresponder à verdade. Mas uma nova informação divulgada nesta segunda-feira indica que o processador do iPhone 12 será 40% mais potente do que o do iPhone 11.

iPhone 12


Procura um smartphone com bom desempenho? Estes são os melhores processadores

Qualquer consumidor consegue hoje encontrar o smartphone que melhor se adapta às suas necessidades e dinheiro disponível, dada a enorme quantidade de oferta. No momento de escolha, o desempenho é sempre um dos fatores a considerar, onde os processadores têm grande importância.

Se pretende comprar o smartphone com melhor desempenho ou quer saber se o seu tem um dos mais potentes processadores, conheça esta lista.


Processador do iPhone 12, o A14, será o mais poderoso alguma vez feito para smartphones

A Apple sempre inovou no que toca a agarrar na sua engenharia para criar os seus próprios processadores para o iPhone e iPad. Na verdade, a empresa quer mesmo levar essa engenharia mais longe e na WWDC apresentou mais um salto. Conforme foi mostrado, a empresa criou a família Apple Silicon com o novo e super poderoso coração dos Mac. No entanto, às portas da apresentação dos novos iPhone 12, o foco vai para o A14.

De acordo com um novo relatório, o chip A14 de 5nm do iPhone 12 será o processador mais poderoso já feito para um smartphone.


Fabricante de Taiwan vai produzir 80 milhões de chips A14 para a Apple

Segundo informações recentes, a TSMC, fabricante de Taiwan, está a preparar 80 milhões de processadores A14 para a Apple ainda para este ano.

A notícia foi avançada por uma conta do Twitter, e a empresa de Cupertino terá então encomendado essa quantidade de chips que deverão depois ser implementados no novo iPhone.


Xiaomi poderá estar a criar os seus próprios processadores com a ajuda da MediaTek

A relação entre a Xiaomi e a MediaTek é longa e tem-se cimentado ao longo dos anos. A MediaTek é, aliás, umas das principais fornecedoras de chips para smartphones de fabricantes chinesas.

Depois do fracasso que foi o Surge S1, informações recentes dão conta que Xiaomi e MediaTek se vão unir para criar processadores personalizados para equipar smartphones da fabricante chinesa.

Xiaomi poderá estar a criar os seus próprios processadores com a ajuda da MediaTek