Quantcast
PplWare Mobile

Tags: processador

AMD anunciou os novos processadores Ryzen 7000 Zen 4 que atingem 5.5 GHz nos jogos

Depois que a Intel lançou os seus novos processadores da linha Alder Lake de 12ª geração, a AMD focou-se no desenvolvimento dos seus próximos produtos para responder às novidades da rival.

Assim, a gigante dos chips anunciou agora os seus novos processadores AMD Ryzen 7000 com arquitetura Zen 4. E uma das funcionalidades interessantes é o facto dos novos CPUs conseguirem ultrapassar a velocidade de 5.5 GHz nos jogos.


Qual é a fabricante do processador que tem no seu computador?

O segmento dos processadores tem sido um dos que mais novidades tem trazido para o mercado. Quem acompanha este setor, sabe que a Intel é a poderosa líder do mesmo desde sempre. No entanto, a AMD tem feito um trabalho incrível e a sua estratégia de negócio tem-se mostrado eficaz na missão de desenvolver fortes produtos capazes de competir com a gigante californiana.

Desta forma, na nossa questão desta semana queremos então que nos diga qual é a fabricante do processador que tem no seu computador. Participe!


Processadores AMD Ryzen 7000 só serão compatíveis com memórias DDR5

Os Ryzen 6000 são os processadores da atual geração da AMD, mas a fabricante norte-americana não se encontra de braços cruzados e já está a preparar a próxima geração de CPUs.

E de acordo com as últimas informações da indústria, os próximos AMD Ryzen 7000 só serão compatíveis com memórias DDR5. Para além disso, e como seria expectável, os novos processadores da empresa vão ter um custo mais elevado para os consumidores.


AMD apresenta os CPUs Ryzen PRO 6000 para portáteis profissionais com 29h de bateria

A AMD é uma das empresas do segmento de hardware que mais tem crescido no mundo tecnológico. A sua ascensão tem sido feita de uma forma sólida e segura, através do lançamento de várias novidades para o mercado.

Neste sentido, a fabricante acaba de apresentar a sua nova linha de processadores Ryzen PRO 6000 destinados aos computadores portáteis profissionais.


OPPO poderá lançar o seu próprio SoC para smartphones em 2023

O segmento dos processadores móveis tem sido um dos mais abordados nas notícias tecnológicas. A competição deste mercado está cada vez mais intensa, com as fabricantes a darem o seu melhor para produzirem equipamentos que sejam as escolhas preferidas das marcas.

Neste sentido, os últimos rumores da indústria indicam que também a OPPO poderá iniciar-se neste setor, sendo referido que o seu próprio SoC para smartphones poderá chegar no próximo ano de 2023, pelas mãos da TSMC.