Quantcast
PplWare Mobile

Tags: patentes

COVID-19: União Europeia “pronta para discutir” suspensão das patentes das vacinas

Em abril, a Organização Mundial de Saúde revelou que apenas uma ínfima percentagem das vacinas administradas no mundo, até então, tinham sido em países em desenvolvimento. Nesse sentido, os Estados Unidos da América, pela voz do Presidente Joe Biden, anunciaram que estão dispostos a apoiar a suspensão das patentes das vacinas contra a COVID-19.

Da mesma forma, Ursula von der Leyen está disposta, em nome da União Europeia, a discutir essa possibilidade.

Vacina


Huawei compra 90 patentes de tecnologia da BlackBerry

Mesmo com todas as dificuldades e entraves, nomeadamente impostos pela administração norte-americana de Donald Trump, a Huawei tem conseguido esquivar-se e arranjar novas estratégias para levar os seus produtos aos utilizadores.

De acordo com as últimas notícias, a marca chinesa comprou agora 90 patentes de tecnologia da BlackBerry.


Xiaomi regista patentes de 7 smartphones dobráveis de uma vez para 2021

Como sabemos, a Xiaomi criou um império bem sólido e que foi conquistando a confiança e preferência dos consumidores ao longo do tempo. Atualmente é uma das melhores marcas do mercado, sobretudo no que respeita aos smartphones.

Agora, e de uma só vez, a fabricante registou a patente de 7 diferentes smartphones dobráveis para este ano de 2021.


Apple obrigada a pagar 503 milhões de dólares por violação de patentes

A Apple é uma das empresas mais inovadoras do mercado, conseguindo produzir equipamentos elegantes, mas com funcionalidades que fazem a diferença no dia-a-dia do utilizador.

Mas a marca da maçã já teve anteriormente problemas judiciais devido aos seus produtos. E as últimas informações dão conta que a Apple terá agora que pagar 503 milhões de dólares à VirnetX por disputa de patentes.


Apple foi condenada a pagar 506 milhões de dólares por violação de patente

Uma decisão judicial comunicada nesta terça-feira condena a Apple a pagar 506 milhões de dólares por ter infringido patentes detidas pela PanOptis e outras empresas. De acordo com as informações, a decisão foi tomada por um júri federal do Distrito Leste do estado do Texas.

O processo envolve as patentes da Optis Wireless que estão relacionadas com o uso da tecnologia LTE do iPhone, do Apple Watch e do iPad.