Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Hacker

88% consideram que os ataques informáticos aos sites russos podem ajudar a Ucrânia

Estamos quase a duas semanas desde o início da guerra da Rússia contra a Ucrânia e, neste espaço de tempo, temos assistido a situações que antes acharíamos impensáveis. A lista das marcas e entidades que viraram costas ao país de Vladimir Putin já vai longa e todos os dias há novas sanções ao governo russo.

Para além disso, um vasto número de hackers espalhados por todo o mundo uniram-se para deitar abaixo vários sites russos. E na nossa última questão semanal quisemos saber se os nossos leitores consideram que estes ataques informáticos podem ajudar a situação na Ucrânia. Vamos então conhecer os resultados.


Considera que os ataques informáticos aos sites russos podem ajudar a Ucrânia?

O tema do dia continua, infelizmente, a ser a guerra da Rússia contra a Ucrânia. A todas as horas são reveladas novas informações do que se passa no país liderado por Volodimir Zelensky e que nos deixam a todos com o coração nas mãos.

Para ajudar na luta contra as investidas russas, vários grupos e pessoas individuais em todo o mundo estão a unir esforços para deitar abaixo sites de serviços e entidades importantes russas. Desta forma, na nossa questão desta semana queremos que nos diga se considera que os ataques informáticos aos sites russos podem ajudar a Ucrânia. Participe.


Considera que as entidades públicas portuguesas estão seguras a nível informático?

Recentemente a Vodafone sofreu um ataque informático que abalou não só a empresa como milhares de clientes e serviços. O sucedido fez soar os alarmes e pôs novamente em discussão o problema da falta de segurança informática nas entidades, públicas e privadas.

Desta forma, na nossa questão desta semana queremos que nos diga se considera que as entidades públicas portuguesas estão seguras a nível informático. Participe.


Última hora: Vodafone Portugal alvo de ciberataque

Tal como o Pplware informou, os serviços da Vodafone começaram a apresentar problemas no dia de ontem. Aparentemente seria apenas um problema na rede como já aconteceu no passado. No entanto, a operadora confirmou agora que foi alvo de um ciberataque.

Segundo a Vodafone, as falhas de serviço são resultado de um “ciberataque deliberado e malicioso com o objetivo de causar danos e perturbações”.

Última hora: Vodafone Portugal alvo de ciberataque


Hacker americano deitou abaixo Internet da Coreia do Norte

Uns dizem que sim, outros dizem que não, mas a verdade é que a Internet da Coreia do Norte sofreu uma série de interrupções no mês passado, até que acabou mesmo por sofrer um blackout de tráfego a 26 de janeiro. Por trás deste apagão dizem estar um hacker que, dececionado com a falta de resposta dos EUA aos ataques do Reino Eremita contra pesquisadores de segurança dos EUA, resolveu o problema com as suas próprias mãos.

O caricato está na descrição do traje do especialista. Segundo consta, este americano de t-shirt, calças de pijama e chinelos, estava sentado na sua sala de estar quando decidiu vingar-se.

Ilustração hacker americano que derrubou a internet da Coreia do Norte