Quantcast
PplWare Mobile

Investigadores usaram um satélite desativado para transmitir TV hacker

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. UmGajoQualquer says:

    Ao ler este título pensei que finalmente poderia ver o “Hack the Planet” em directo…
    Mas afinal não era isso.

  2. J-Lo_69 says:

    Isto so é realmente um problema se usarem esses satélites para chocarem com outros…
    Por exemplo, podiam usa-los para fazer cair satélites espiões, ou os da retransmissão de canais como o disney+, e assim fazerem chantagem com eles…
    Não sei se ainda têm combustivel para se deslocar, mas é bem possivel que ainda tenham um restinho, suficiente para causar o caos…
    Destruindo um satélite, formam-se muitos destroços que depois podem destruir outros satélites, numa bola de neve imparavel…
    Para usar como retransmissor de telemoveis é muito caro e estupido, porque implica os bandidos andarem sempre com grandes parabolicas, que dao muito nas vistas…

  3. Manuel da Rocha says:

    O maior problema é mesmo o preço para o fazer.
    As estações de banda do cidadão são caras e exigem muitos conhecimentos (em vários pontos são 2000000 vezes mais difíceis que hackear contas bancárias).
    Restam os governos e empresas privadas. O James Bond já usou esse tema no GoldenEye e no Live Once Die Twice.
    Depois há o problema de 99% dos utilizadores só irá sintonizar um transponder se souber que lá existe algo. 99,87% dos canais satélite são publicidade. Maioria de quem vê esses satélites apaga esses transponders. Mas, há outra forma que pode ser muito perigosa: coordenar grupos de criminosos, sem perigo de serem controlados. Usando um transponder rádio, basta informar os “clientes”, emitindo 1 minuto, em loop, com o que quiser que saibam. Desde onde vai acontecer um atentado terrorista ou um movimento de milhares de milhões nas bolsas. E sem forma das agências de segurança saberem o que se passa.

    • Joao Ptt says:

      Se há coisa que quase todos os países parecem controlar, se tiverem serviços de espionagem são as comunicações via satélite. Dificilmente qualquer comunicação passa despercebida. Se conseguem entender o que foi transmitido já depende do tipo de comunicação e do quão segura é mesmo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.