Quantcast
PplWare Mobile

Tags: gps

TomTom despedirá 500 funcionários. A culpa é de uma nova ferramenta

Assistimos a uma crise latente no mundo da tecnologia com grandes empresas a despedir funcionários às dezenas e centenas. Vimos a ARM que apontou para 15% dos seus funcionários. Depois foi também notícia a PlayStation com o despedimento de 90 colaboradores, a Netflix despediu no mês passado 150 dos seus funcionários e mais recentemente, já este mês de junho foi a Klarna que num vídeo fez saber a 700 funcionários que estavam sem trabalho. A TomTom parece seguir o mesmo caminho.

Segundo informações, TomTom diz que as suas novas ferramentas de automatização são tão boas que despedirá 500 empregados.

Ilustração de um carro com tecnologia TomTom, empresa irá despedir 500 pessoas


Apple Music agora disponível como leitor de áudio incorporado no Waze

O Waze é das aplicações de GPS que evolui no sentido de incorporar na sua plataforma as ferramentas que os utilizadores desejam e ambicionam. Foi assim, por exemplo, com o Spotify, os utilizadores pediram, e a vontade foi feita. Agora, como era previsível, o Apple Music também fará parte do Waze.

Esta novidade irá permitir que o utilizador tenha acesso diretamente ao conteúdo da plataforma de streaming de música da Apple a partir do reprodutor de áudio do app de navegação.

Imagem Waze com Apple Music no iPhone


Pessoas criadas nas cidades são piores na orientação do que as nascidas no campo

Seguramente conhece aquela pessoa que tem um excelente sentido de orientação. Outras, até com o GPS, confundem-se e têm um péssimo sentido de localização. Segundo um estudo, as pessoas que cresceram no campo têm um melhor senso de direção e habilidades de navegação do que aquelas criadas nas cidades.

Não é por acaso que cada vez as pessoas, até nas suas movimentações do dia a dia, usam as apps de mapas e GPS. Algumas são apenas… desorientadas!


Camaliot: o projeto que usa o seu smartphone Android para melhorar a previsão do tempo

Os nossos smartphones passam o dia a recolher informação pelos seus sensores, que nem sempre são usadas para qualquer fim. Esta é, muitas vezes, informação útil e que pode ser usada em muitos projetos ao serviço da ciência.

É esse o caso do projeto Camaliot, que quer usar muita da informação que qualquer smartphone Android recolhe e pode disponibilizar. Fará apenas uso do GPS e assim oferecer dados para melhorar a previsão do tempo.

Camaliot Android smartphone GPS tempo


Satélites poderão ser também alvo da Rússia nesta guerra

O alerta foi dado pelo diretor do Escritório Nacional de Reconhecimento nos Estados Unidos (US National Reconnaissance Office – NRO). A Rússia, perante a aliança dos países da NATO na ajuda à Ucrânia, poderá estar a preparar algo maior. Sabemos que esta é uma guerra que vai muito além das fronteiras e das armas num mundo ligado por Internet e pelos milhares de satélites posicionados acima da Terra.

Os serviços de comunicações e GPS poderão ser colocados em causa com um possível ataque militar russo a satélites.

Satélites poderão ser também alvo da Rússia nesta guerra