Quantcast
PplWare Mobile

Tags: foxconn

COVID na Índia faz cair a produção do iPhone 12 em mais de 50%

Ainda está longe o tempo em que apenas recordaremos que uma pandemia colocou o planeta de joelhos. Se nalguns países já se nota alguma normalidade, na Índia o caos instalou-se. Assim, os danos colaterais já se fazem sentir em muitas áreas, como, por exemplo, no fabrico de dispositivos eletrónicos. Segundo informações, a produção do iPhone 12 cai mais de 50% por causa da propagação da COVID-19 neste país asiático.

A empresa de Cupertino terá apenas uma pequena parte da produção mantida atualmente em atividade. Com isso, a produção do iPhone 12 caiu substancialmente numa fábrica da Foxconn na Índia.

Imagem Foxconn atingida pela COVID-19 na Índia


Apple quer que a Foxconn transfira a produção do iPad e MacBook da China para o Vietname

A Apple já deu mostras que quer diversificar as origens de produção dos seus dispositivos. A empresa não quer “ficar na mão” de um país tendo em conta a instabilidade atual das relações EUA com a China. Assim, para distribuir a produção do iPad e MacBook, a empresa de Cupertino quer que a Foxconn transfira a produção da China para o Vietname.

Cada vez mais a Apple parece quer que o Vietname e a Índia sejam uma segunda linha de produção.

Imagem Foxconn Vietname a fabricar Apple


Rumores afirmam que a Apple enviou iPhones dobráveis ​​para a Foxconn testar

Os smartphones dobráveis foram uma ideia que começou a ganhar forma em 2018. Contudo, a Apple nunca mostrou grande entusiasmo pela ideia, pelo menos, ao contrário das suas rivais, nunca se pronunciou. Agora, segundo os rumores, a empresa de Cupertino terá enviado iPhones dobráveis à Foxconn para testes.

A tecnologia dos ecrãs dobráveis tem amadurecido, depois de muitos problemas iniciais. A Apple deverá já ter planos para um mercado que poderá passar pelos dobráveis.

Imagem de conceito do iPhone dobrável, supostamente enviado para testes à Foxconn


iPhone 12: Produção funciona dia e noite, bónus para os melhores funcionários e não há férias

Não há como contornar o sucesso dos dispositivos da Apple, como tal e para não fugir a oportunidade de colocar o seu iPhone 12 no período que antecede as grandes compras do ano, a empresa de Cupertino quer que as fábricas que trabalham no fabrico do novo iPhone não parem. Segundo informações, a Foxconn está a todo o vapor e há grandes bónus para os funcionários que mais produzirem.

Estamos a poucas semanas do lançamento do iPhone 12 e, como é normal, neste primeiro embalo a marca precisa de muitos milhões de unidades. A dúvida é se conseguirá fabricar os necessários para esta primeira fase.

Imagem trabalhador da Foxconn a montar um iPhone 12


Foxconn está a considerar uma nova fábrica no México para a produção do iPhone

As relações entre a China e os Estados Unidos estão a deixar marcas nos mercados e as empresas afetadas começam a procurar alternativas. Depois do Vietname e Índia, agora parece que os parceiros da Apple procuram mão-de-obra norte-americana para fabricar o iPhone.

Segundo informações, há interesse da Foxconn em montar uma nova unidade de fabrico no México, para produzir o iPhone.