Quantcast
PplWare Mobile

Apple confirma: se quer um iPhone 14 Pro ou Pro Max, vai ter que esperar

                                    
                                

Autor: Maria Inês Coelho


  1. Luís says:

    Já estou à espera do meu desde o dia 30 de Setembro, comprado na worten e até hoje ainda não o recebi. Estou a pensar cancelar a encomenda. Mas depois vai ser outro problema para me colocarem o dinheiro na conta….acho que na worten nunca mais compro. Péssima logística.

  2. Tiago says:

    Ui, a Apple produz na China?

  3. António II says:

    A Apple produza na China e na Índia. Por estas razões, e por outras, são potencias económicas! Exploração de mão de obra!

    • Vítor M. says:

      Não, a Apple tem componentes de todo o mundo nos seus dispositivos. Por exemplo, ao nível dos componentes de áudio, eles são fabricados no Reino Unido, China, Coreia do Sul, Taiwan, Japão e Singapura. Ao usar partes fabricadas pela Qualcomm, estas poderão ser fabricadas em unidades da Austrália, Brasil, China, Índia, Indonésia, Japão, Coreia do Sul e mais de uma dúzia de locais na Europa e América Latina.

      Depois, o iPhone, por exemplo, tem componentes (sensores) produzidos na Suíça, Holanda, Canadá, Espanha, Hungria, Alemanha, França, Itália e Finlândia.

      Como são muitos componentes, é natural que haja uma panóplia grande de fábricas a servir a “assemblagem”, essa sim é feita sobretudo na China e na índia (apesar da Foxconn ter unidades já no México, Brasil, entre outros.

      • FAR says:

        Tanta conversa, quando na verdade percebeu muito bem o que o Antonio II quis dizer com “produza” e no final, acabou por lhe dar razão quando refere que, citando, «“assemblagem”, essa sim é feita sobretudo na China e na índia».

        Não entendo é o porque da primeira palavra do seu comentário ter sido “Não” a negar a afirmação dele. Enfim. Acho que há um sketch dos Gato Fedorento que brinca com este tipo de resposta.

        • Vítor M. says:

          Porque grande parte das pessoas não sabem que o iPhone não é de fabrico chinês. Montagem é uma coisa, produção é outra. E provavelmente nem o FAR sabia 😉 logo, a conversa é importante para instruir. Hoje já aprendeu algo. Fico contente com isso.

          Não seja “fedorento”, aprenda e entenda a utilidade da informação.

          • FAR says:

            “Porque grande parte das pessoas não sabem que o iPhone não é de fabrico chinês”
            São opiniões, suponho. E se quisermos ser realmente minuciosos com os verbos e termos usados é possível dizer-se que “o iphone é de fabrico chinês” sem se estar a mentir partindo apenas do pressuposto de que este é montado na china. Lingua manhosa, a nossa 🙂

            Sabia que não era de fabrico chinês, mas não sabia com o detalhe que o Vitor esclareceu para cada componente. Agradeço (em meu nome e de todos os que não sabiam e ficaram a saber) a informação.

            O que apontei foi o “Não” logo ali a negar toda a afirmação do Antonio II, que estava mais virada para a crítica à exploração da mão de obra do que propriamente nos detalhes verbais de ‘produção’ vs ‘montagem’, que foi o que no fundo o Vitor apontou e que fazem sentido ser apontados mas não da forma que fez.

            Sinceramente, o que me aborreceu foi o facto de ter sido o Vitor (com todo o peso que o seu nome e posição implicam aqui) a fazer essa invalidação do comentário do Antonio. Mas pronto, não mate a cabeça com isso. Ficamos amigos na mesma (sem fedores pelo meio)

          • Vítor M. says:

            “São opiniões, suponho”… é a sua suposição e a minha certeza, face ao que leio sempre que o assunto deriva para o fabrico destes dispositivos 😉

            “E se quisermos ser realmente minuciosos com os verbos e termos usados é possível dizer-se que “o iphone é de fabrico chinês” sem se estar a mentir partindo apenas do pressuposto de que este é montado na china. Lingua manhosa, a nossa” Mas se quisermos ser verdadeiros e deixar mais informação, deixamos o que deixei, uma série de países que fazem parte do fabrico dos componentes que depois são assemblados na China. E assim somos mais verdadeiros e corretos, que é o que pretendemos ser 🙂

            “Sabia que não era de fabrico chinês, mas não sabia com o detalhe que o Vitor esclareceu para cada componente. Agradeço (em meu nome e de todos os que não sabiam e ficaram a saber) a informação.” Se aprendeu alguma coisa, a informação já foi útil. Já estou contente. Assim sabe que o iPhone é montado na China e na Índia, mas que tem fabrico os componentes pelos 4 catos do planeta. Portanto, é fabricado no mundo e assemblado na China, para sermos mais corretos.

            “O que apontei foi o “Não” logo ali a negar toda a afirmação do Antonio II, que estava mais virada para a crítica à exploração da mão de obra do que propriamente nos detalhes verbais de ‘produção’ vs ‘montagem’, que foi o que no fundo o Vitor apontou e que fazem sentido ser apontados mas não da forma que fez.” O “Não” foi para intervir por forma a deixar mais informação de uma ideia preconcebida que alguns utilizadores têm. Até porque há cada vez mais fábricas dos atuais fornecedores da Apple no México, por exemplo, no Brasil, na Índia, além de outras dedicadas a componentes para os AirPods, como acontece no Vietname.

            O comentário do António não foi invalidado, foi composto. Não deixei de referir que o iPhone tem assemblagem e fabrico de vários componentes nos países que o António falou. E a forma simplista da explicação do António não estava correta na sua totalidade. Só isso.

            Abraço.

          • António II says:

            Que são feitos ou fermentados ou apenas montados na China e na Índia é um facto. Se são apenas montados e não fabricados, e se isso é um pecado menor ou se nos pesa menos na consciência, tudo bem! Mas fico a pensar, porquê na China?

  4. Fan says:

    A worten so da 700 euros para um 13 pro. No olx vendi o meu por 950. Comprei o 14 pro no site da apple, veio com ecra amarelado e auto brilho fraco. Telefonei para o suporte no dia seguinte estava um iphone 14 pro novo a minha porta. Usem o site oficial que e muito melhor

  5. Jk says:

    prefiro espera pelo 15 pro max
    mais vale

  6. Nuno Fernandes says:

    Sim o 15 max pro vai ser totalmente diferente e inovador! Vai ter um 5 em vez de 4 ahahha

  7. FAR says:

    Incrivel como praticamente nenhum comentário aborda a forma desumana como os trabalhadores, que são mostrados no video deste mesmo artigo, são tratados. A maioria só se sabe chorar de ainda não ter o seu brinquedo novo de 1000€ nas mãos.

    Simplesmente espetacular!

  8. V.T. says:

    Prefiro esperar pelo Samsung Galaxy S23, não tenho culpa de ser exigente no que toca a smartphones… 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.