PplWare Mobile

Tags: flash

Microsoft só matará o Adobe Flash quando o Google Chrome também o matar

Provavelmente já nem dá conta de como o Flash está ultrapassado. Na verdade, as empresas mudaram os seus conteúdos, as suas plataformas e a Adobe vaticinou mesmo o fim desta tecnologia. Contudo, ainda há browsers que teimam em dar suporte. Na verdade, é importante perceber que há ainda muitos conteúdos por transformar. Assim, a Microsoft vem “descansar” alguns utilizadores desta tecnologia.

Parece que a Microsoft está disposta a melhorar o suporte Flash nos seus navegadores web, uma vez que a gigante Redmond anunciou que vai continuar a apoiá-lo até o final de 2020. Esta também é a data de “morte” que a Adobe tem determinada para a sua (em tempos) tão popular tecnologia.


Dica: O que fazer para voltar a ter o Flash ativo no Chrome 76

Com o Chrome 76 a Google mudou de forma drástica a forma como este browser trata o Flash. Passou a bloquear de forma permanente este componente, não o tendo disponível para os utilizadores.

Apesar de compreensível, esta mudança torna-se incómoda para muitos utilizadores, que precisam dele. A Google deixou algumas portas abertas para contornar esta limitação. Veja como pode ter de volta o Flash ativo no Chrome 76.

Chrome Flash Google browser sites


A Adobe prepara-se para matar o Shockwave já dentro de poucas semanas

Com todas as novas tecnologias que têm surgido, a Internet tem procurado terminar com o Flash ou o Shockwave. Este não tem sido um caminho simples e tem sido liderado principalmente pelos browsers.

Agora, a Adobe, responsável por estas tecnologias, veio dar uma ajuda. Anunciou que vai matar o Shockwave já no próximo mês, sem qualquer justificação e com uma decisão irrevogável.

Adobe Shockwave Flash matar abril


Microsoft Edge tem lista secreta de domínios que permite ao Facebook correr Flash

Muito do que temos hoje nos nossos browsers passam-se de forma transparente ao utilizador e sem que este controle. Esta forma garante que a segurança é aplicada sem que os utilizadores possam intervir.

Uma descoberta recente veio mostrar que o Microsoft Edge tem uma particularidade que ultrapassa o lógico. Foi descoberta uma lista de domínios que tem autorização para correr Flash diretamente. O Facebook parece ser quem mais tem vantagens no meio desta situação.

Microsoft Edge Flash Facebook domínios


Mozilla vai matar o Flash no seu browser com a chegada do Firefox 69

Os browsers têm evoluído ao longo dos últimos anos, em especial o Firefox e o Chrome. Estes têm ganho novas funcionalidades e abandonado as tecnologias que os estavam a atrasar.

A Mozilla, conforme planeado, quer dar agora um novo passo e prepara-se para o colocar de lado definitivamente, uma tecnologia que muitos esperavam que tivesse já desaparecido deste browser.

Mozilla Firefox Flash browser Adobe