Quantcast
PplWare Mobile

Tags: espaço

Asteroide “potencialmente perigoso” aproxima-se da Terra neste fim de semana

O asteroide 2020ND está a aproximar-se do nosso planeta e ficará mais perto dele já a partir de amanhã. Segundo a NASA e a ESA, a proximidade desta rocha exige que seja considerada como um objeto potencialmente perigoso. Pese o facto de só ter sido descoberto há algumas semanas, o asteroide mantém, na realidade, uma órbita à volta do Sol que a aproxima do nosso planeta e de Marte de poucos em poucos anos.

Infelizmente não o poderemos ver a olho nu. Mas haveremos ainda de o ter por cá mais vezes.

Ilustração de asteroide que passará pela Terra


NASA restaurou vídeo do Homem na Lua com recurso à Inteligência Artificial

O Homem pisou a Lua pela primeira vez no dia 21 de julho de 1969. Portanto, hoje, faz 51 anos que Neil Alden Armstrong desceu do módulo lunar e caminhou no nosso satélite natural. As imagens em vídeo captaram o momento e para a história ficará sempre a efeméride da missão Apollo 11 que alunou no dia 20 de julho de 1969. As imagens conseguidas na altura não eram de grande qualidade e a NASA, que as guarda religiosamente, fez agora um trabalho notável.

O restauro dos filmes feitos na Lua eram uma necessidade, dado o mau estado em que se encontravam. Assim, com auxílio da Inteligência Artificial, a agência espacial deu nova vida à história do homem no espaço.

Imagem da NASA do primeiro homem na lua


Novo telescópio observa super-erupções numa estrela de Leão

As tempestades solares são um fenómeno comum nas estrelas e a sua radiação pode, se muito intensa, afetar os planetas. Por sorte, a Terra está preparada para nos proteger desse tipo de ocorrências, mas não deixa de ser essencial o seu estudo e a preparação para eventuais falhas.

Um novo telescópio em Okayama, no Japão, observou e registou uma série de 12 super-erupções, ou explosões muito fortes, numa estrela anã a 16 anos-luz de distância, na constelação de Leão.

Tempestade Solar


Solar Orbiter capta imagens do Sol nunca antes conseguidas

Foi lançado no dia 10 de fevereiro deste ano e já está a surpreender. Chegam-nos, hoje, do Solar Orbiter, as imagens mais próximas do Sol alguma vez captadas. A nossa estrela, por todas as suas características, é intocável e, até agora, a distância a que se ficava dela não permitia detetar pormenores.

Agora que o Solar Orbiter terminou a sua fase inicial, será possível ir ainda mais fundo nos estudos e conhecimentos acerca deste astro.

Captura de imagem do Sol.


Astrónomos querem descobrir o que é o Planeta Nove de uma vez por todas

Desde há vários anos que se teoriza sobre uma “força oculta” responsável por certas órbitas estranhas de objetos distantes no sistema solar. Muitas tentativas de explicação apontam para a presença de um planeta ainda desconhecido, um tal de planeta nove que dizem ser gigantesco, cinco vezes o tamanho da Terra. Contudo, poderá ser também um buraco negro do tamanho de uma maçã.

Agora, depois de tantos anos sem uma explicação cabal, os astrónomos querem saber de uma vez por todas, se haverá um nono planeta à espreita para além da órbita de Neptuno.

Ilustra~~\ao de uma buraco negro que poderá ser o planeta nove