PplWare Mobile

Tags: diabetes

Apple lança patente para Apple Watch detetar diabetes com base no odor corporal

A Apple percebeu que fundindo sensores dedicados à saúde com tecnologia “vestível” poderá resultar na “galinha dos ovos de ouro”. Dessa forma, a empresa de Cupertino tem equipado o Apple Watch com tecnologia revolucionária e que atrai o consumidor. São várias as vidas ajudadas com tecnologia de monitorização da frequência cardíaca. São também vários os casos em que o ECG ajudou a detetar problemas graves nos utilizadores do smartwatch da Apple. Segue-se a diabetes?

Nesse sentido, a Apple apresentou algumas patentes que podem detetar casos de diabetes através do odor corporal.

Apple lança patente para Apple Watch detetar diabetes com base no odor corporal


Diabetes: Cientistas transformaram células estaminais em células produtoras de insulina

Desde que a diabetes tipo 1 foi descrita no Egito Antigo, muito tem evoluído em termos de tratamentos. Há rotinas diárias, como o picar no dedo para medir a glicose, até às injeções de insulina, que transformaram a vida de muitos diabéticos.

Agora, um grupo de cientistas conseguiu um significativo avanço, tornando as injeções de insulina numa solução obsoleta. Investigadores conseguiram transformar células estaminais em células funcionais produtoras de insulina.

Imagem células estaminais produtores de insulina para combater a diabetes


Chip minúsculo usa Inteligência Artificial para controlar diabetes

A Inteligência Artificial está cada vez mais nas nossas vidas e uma área onde queremos mais esta tecnologia é na saúde.

No campo da saúde os cenários de aplicação são enormes. Como exemplo temos agora uma nova tecnologia, desenvolvida pela empresa Admetsys, que usa uma solução de inteligência artificial (IA) para monitorizar pacientes com diabetes em estado crítico.


Cientistas estarão perto de lançar um medicamento que cura a diabetes tipo 1

Cientistas espanhóis criaram uma molécula que regenera células produtoras de insulina, tendo sido desenvolvido o primeiro medicamento com potencial para curar a diabetes tipo 1.

Este poderá ser o primeiro passo concreto para o fim desta doença.


Apple Watch e outros wearables podem detetar diabetes

Não há dúvidas que as empresas por trás dos “equipamentos vestíveis”, como são o Apple Watch, vários outros smartwatches e bandas fitness, estão a estudar e a descobrir formas de tornar o uso destes gadgets numa necessidade. Ao que parece, o ramo da saúde é o caminho.

Num novo estudo, elaborado pela Universidade da Califórnia em São Francisco, foram recolhidos dados de mais de 14 mil utilizadores do Apple Watch e Android Wear. Os dados, relativos à frequência cardíaca, mostraram que estes equipamentos podem detetar sinais precoces de diabetes.

Cardiogram poderá detetar a diabetes