Quantcast
PplWare Mobile

Tags: crew dragon

Que sistema operativo levou a Crew Dragon da SpaceX ao Espaço?

Foi no passado dia 31 de maio que a NASA voltou a escrever na história das viagens espaciais o seu nome e o da SpaceX. A empresa de Elon Musk abriu o Espaço aos voos comerciais e a Crew Dragon desempenhou um papel fundamental, ao levar dois astronautas até à Estação Espacial Internacional. Se o hardware foi revolucionário, o software não foi menos importante. O sistema operativo usado foi importantíssimo para gerir tudo o que estava envolvido.

A SpaceX terá escolhido este sistema operativo por várias razões, o preço pode ter sido uma delas.

Imagem computadores com Linux a gerir a Crew Dragon da SpaceX na ida ao Espaço


Como conseguiu Musk e SpaceX a ida ao Espaço mais barata que os russos?

Neste domingo, a NASA e os seus parceiros fizeram história, mas não foi só por terem chegado com os astronautas à Estação Espacial. Por trás há um argumento muito mais poderoso: o preço pago pelo bilhete da ida ao Espaço. A ideia de abrir estas missões aos privados, deu à NASA e aos Estados Unidos uma enorme liberdade, já que não estão mais dependentes da Rússia e da sua cápsula Soyuz.

De facto, o momento que se viveu no 31 de maio foi importante, o Espaço está um pouco mais privado e já não depende só de investimento público.

Imagem da Crew Dragon da SpaceX ao serviço da NASA em substituição da Soyuz da Rússia


Veja agora a chegada da primeira tripulação Crew Dragon à Estação Espacial Internacional

Dentro de poucos momentos iremos presenciar a chegada da cápsula da SpaceX, a Crew Dragon, à Estação Espacial Internacional (ISS). Conforme pudemos assistir, ontem foi um dia em que a NASA voltou a fazer história, depois de 9 anos a contratar os serviços das naves da Rússia. Contudo, a missão ainda não acabou.

Hoje, depois de passar quase um dia inteiro em órbita, os dois passageiros, os astronautas da NASA, Bob Behnken e Doug Hurley, tentarão atracar na Estação Espacial Internacional, agora, ao início da tarde. Vamos assistir em direto agora?

Imagem da chegara da Crew Dragons, da SpaceX à Estação Espacial Internacional


NASA e SpaceX fazem hoje o lançamento da missão Demo 2, se o tempo deixar

Passaram 9 anos desde que a NASA colocou no espaço o último astronauta. Desde então este trabalho tem estado a cargo das naves russas Soyuz. Assim, se o tempo finalmente permitir, a empresa SpaceX deverá lançar hoje a missão “Demo 2”, na qual dois astronautas, Doug Hurley e Bob Behnken, farão um voo orbital do solo americano e a bordo de uma nave americana.

Os dois astronautas depois rumarão à Estação Espacial Internacional para testar, pelo caminho, o foguete Falcon 9 e a cápsula «Crew Dragon», da empresa SpaceX. Se quiser acompanhar o lançamento, vamos estar colados e a contar tudo a partir das 17 horas.

Imagem da Crew Dragon, da SpaceX que levará dois astronautas da NASA ao espaço


Demo 2: SpaceX ajudará hoje a NASA a voltar a colocar astronautas no Espaço

Hoje, a SpaceX lançará os astronautas Robert Behnken e Douglas Hurley na missão que devolverá aos EUA a sua capacidade de enviar astronautas para o espaço. Conforme é sabido, este será o primeiro voo tripulado operado por uma empresa privada. Isto marcará uma nova era em que as empresas desempenharão um papel mais importante na corrida espacial. Assim, está tudo pronto para o início da missão “Demo 2”.

Este voo tripulado contará com um foguete da empresa SpaceX e levará os dois humanos até à Estação Espacial Internacional. Pese o facto da pandemia COVID-19 ter condicionado os trabalhos, o voo de hoje é considerado histórico pela NASA. Será o primeiro lançamento de astronautas para um voo orbital nos EUA desde 21 de julho de 2011, quando voou pela última vez um vaivém espacial.

Imagem missão Demo 2 da NASA