Quantcast
PplWare Mobile

Tags: bitcoin

Mineradores estão a vender as suas Bitcoins devido à queda da criptomoeda

Com a queda das criptomoedas a ser um dos assuntos de destaque nas notícias tecnológicas, o que não falta são informações que mostram as várias consequências que essa realidade está a provocar. Desde a venda de placas gráficas para mineração, até ao abandono de algumas empresas deste setor, a reação do mercado não tardou em dar sinais.

Neste sentido, e de acordo com as mais recentes informações, os mineradores estão a vender as suas Bitcoins extraídas também devido à queda do valor desta moeda digital.


Mineradores e empresas deixam o mercado das criptomoedas em massa porque não dá lucro

Como temos vindo a noticiar ao longo das últimas semanas, o segmento das criptomoedas está a passar por uma fase menos boa, com a valorização das moedas a cair a pique, o que tem deixado os investidores em alerta.

Nesse sentido, esta realidade está a espoletar várias consequências, entre elas o facto de os mineradores e as empresas dedicadas a este setor estarem a deixar o mercado das criptomoedas em massa, pois a mineração das mesmas já não dá lucro.

Mineração de criptomoedas


Maioria dos investidores opta pela Bitcoin e pela Ethereum

O mercado das criptomoedas caracteriza-se pelos diversos momentos de altos e baixos, tal como acontece nas áreas onde impera uma dinâmica de especulação. No entanto, quando este segmento estava em alta, atraiu muitas pessoas que começaram a apostar e a investir neste mesmo mercado.

Assim, na nossa última questão semanal, quisemos saber em quais das criptomoedas é que os nossos leitores já investiram até ao momento. E os resultados dão o maior destaque às moedas Bitcoin e Ethereum. Venha conhecer todos os resultados.


Bitcoin cai abaixo dos 20.000 dólares, o menor valor desde dezembro de 2020

Altos e baixos é o que define a dinâmica das criptomoedas. E nas últimas semanas este segmento tem estado bem mais na mó de baixo, muito longe dos grandes números apresentados nos meses finais de 2021, onde a Bitcoin chegou a valer mais de 68.000 dólares.

E as mais recentes informações indicam que a Bitcoin caiu agora abaixo dos 20.000 dólares, o que representa o valor mais baixo desde o mês de dezembro de 2020.


Energia: Bitcoin é mais eficiente que o atual sistema de pagamentos?

Falar em criptomoedas é falar em Bitcoin, mas também é falar em energia. Quando se fala em criptoativos, além da sua valorização ou desvalorização, o conceito de eficiência energética da mineração está sempre associado e os “rumores” dizem que as criptomoedas não são amigas do ambiente.

Um novo estudo afirma que a Bitcoin é mais eficiente em termos energéticos do que o sistema de pagamento existente. Conheça os dados.

Energia: Bitcoin é mais eficiente que atual sistema de pagamentos?