Quantcast
PplWare Mobile

Tags: António Costa

Confinamento: Conheça as novas medidas anunciadas por António Costa

O país entrou no novo confinamento a partir da meia-noite da passada sexta-feira, dia 15 de janeiro. As medidas centraram-se essencialmente no recolher domiciliário obrigatório e no encerramento físico dos estabelecimentos comerciais de bens que não são considerados essenciais.

No entanto, o número de infetados em Portugal não para de crescer e a situação está para lá de grave. Nesse sentido, o primeiro-ministro António Costa fala agora ao país para anunciar as novas medidas de confinamento na tentativa de travar o exponencial crescimento da pandemia no nosso país.


COVID-19: Conheçam todas as medidas do novo confinamento

Os números não deixam marcas para muitas dúvidas! Portugal tem de confinar já, para não se chegar a uma enorme catástrofe. Nas últimas 24 horas o nosso país voltou a atingir máximos no número de mortes e também novos casos.

Conheçam as novas medidas para o novo confinamento que será idêntico ao de março de 2020. Acompanhem em direto.


António Costa: Conheça as restrições que estarão em vigor no país até 7 de janeiro

Tal como estava previsto, o primeiro ministro de Portugal, António Costa dá a conhecer as restrições que estarão em vigor no país até 7 de janeiro. Todos sabemos que não será um Natal e uma Passagem de Ano igual à de outros anos tendo em conta os riscos que existem.

Acompanhe em direto todas as informações e restrições anunciadas pelo primeiro-ministro António Costa.

António Costa: Conheça as restrições que estarão em vigor no país até 7 de janeiro


António Costa anuncia medidas de execução do Estado de Emergência

O primeiro-ministro, António Costa, fala neste momento ao país para anunciar novas medidas de combate à COVID-19. Acompanhem em direto a intervenção do primeiro-ministro António Costa e conheçam todas as medidas.


COVID-19: António Costa diz que houve “aumento significativo” de códigos

A STAYAWAY COVID é uma aplicação para telemóveis iOS ou Android que tem como objetivo auxiliar o país no rastreio da COVID-19. A aplicação permite, de forma simples e segura, que cada um de nós seja informado sobre exposições de risco à doença, através da monitorização de contactos recentes.

Depois de António Costa fazer saber que há intenções de tornar a app obrigatória, o número de downloads disparou assim como a emissão de códigos.

COVID-19: António Costa diz que houve "aumento significativo" de códigos