Quantcast
PplWare Mobile

COVID-19: Conheçam todas as medidas do novo confinamento

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. jorgeg says:

    looolll demais nao descansa enquanto destruir o pais de vez!
    Go Costa & Marselfie!

    • Miguel says:

      Deves ser um que provocou isto.

    • PORTUGAL says:

      Mais uma razão para ir votar dia 24.

    • Pensador says:

      Tb acho.
      Ninguém fala como resolver os problemas que criam .
      Ainda não os vi pagar as contas. É que não ganham do trabalho mas as contas continuam a cair.

    • Bruno says:

      ele está a tentar que o pais nao seja destruido por pessoas como tu e sorte de ser uma pessoa como ele se fosse eu ja tinha cagado em voces todos façam o que quiserem amigos quem chegar ao hospital com covid não é tratado de resto façam o que quiserem não há regras mas quem tiver morre a porta do hospital

      • Urtencio says:

        Que verborreira amigo!! Andou a incentivar as pessoas para irem para a rua no verão, teve 4 meses para contruir um plano… o que fizeram? BOLAAA!
        Ahh uma coisa fizeram, ajustes diretos!! 😉

      • jorgeg says:

        pessoas como eu andam a manter pessoas como tu!
        Desde que o virus chines entrou em circulacao estive parado sem trabalhar devido ao golpista e Marselfie.

        Sabes quantas pessoas conheci com o virus chines?! 2 colegas de trabalho e tu? 0… se foram no minimo mediocre com os nr faz la as contas,…

        Para mim e muito simples tens medo do virus chines, fica em casa mas nao esperes que outros pagam para ti!

        • jorgeg says:

          “Desde que o virus chines entrou em circulacao estive parado sem trabalhar devido ao golpista e Marselfie.” uma semana

          • Urtencio says:

            estou em casa a 9 meses! e quando posso apanhar ar ao fim de semana não posso circular!! agora mais um mês fechado!
            Bódamerda com eles…

        • SSD says:

          “Sabes quantas pessoas conheci com o virus chines?! 2 colegas de trabalho e tu? 0… se foram no minimo mediocre com os nr faz la as contas,…”

          Já sei porque é que admiras tanto o Trump, a nível cognitivo está quase igual.
          Ou seja como tu só conheces 2 casos é tudo treta. O números que andam a ser reportados e o pessoal que está no hospital deve ser tudo a fingir. Até os mortos deve ser a fingir. Quando o pessoal não está a olhar eles voltam a tirar o pessoal cá para fora…

    • PML says:

      Ora vamos ver isto por partes: sim, o governo deixou as pesoas passarem o Natal umas com as outras, mas cabe a cada pessoa zelar pela sua segurança e dos outros. Perfiro um estado assim a uma ditadura. As pessoas é que não cumpriram.
      Um outro ponto – fechar tudo – todos vimos os EUA quando estavam muito mal. Nessa altura morriam cerca de 2500 pesoas por dia. Se fizermos a correspondência a como agora está Portugal, seriam 4500 pessoas por dia – ou seja, estamos pior do que eles na pior fase. Por isso, se o jorgeg tiver uma ideia melhor que a apresente. Pelo discurso é daquelas pessoas que acham que deve manter-se tudo aberto e simplesmente deixar tudo colapsar!
      Nota: não sou do PS nem votei neles.

      • jorge serpa says:

        Para combater o vírus o governo tem de ser autoritário e tomar as medidas certas. Nunca devia ter aberto exceções durante o Natal. Temos de ser realistas e não contar com o sentido de responsabilidade de todos os portugueses. Basta alguns não cumprirem o seu dever para prejudicar todos os outros. Permitir jantares festivos em restaurantes, etc, foi uma asneira, porque não é possível manter o afastamento nem usar máscaras. Os jovens quando saíam das escolas, andavam em grupos de 4 e 5 e muitos deles andavam sem máscara. Depois contactam com os pais e avós sem máscara. Sabemos que a maioria dos jovens são assintomáticos………..

  2. Tiago says:

    As escolas de condução fecham

  3. Miguel Carreira says:

    Alguém percebeu se os ATL ficam abertos

  4. Luis Silva says:

    As formações ligadas ao IEFP fecham?

  5. PeFerreira98 says:

    Pela estupidez de uns, pagam todos… outra vez.

    • SSD says:

      Sim, grande parte do comércio e dos restaurantes respeitava as medidas e dão-me pena que paguem por um ou outro estabelecimento e grande parte dos cafés. No que toca a cafés então completamente ridículo, já nem fala da regra de não se vender álcool após as 20h (embora acreditem que se isso acontecesse alguns gentlemen deixavam de aspirar a comida só para ir mandar 3 ou 4 “jolas” abaixo e conviver como se nada se passasse, diariamente acrescentando) agora de que adianta terem as mesas a 2 metros de distância no exterior se lá dentro vão deixar estar 4 ou 5 artolas encostados ao balcão e uns em cima dos outros como se nada fosse e a meio metro das mesas está bem está. Falando pela zona onde estou pelo menos.

    • ToFerreira says:

      +1, mas desta vez a estupidez podia ter sido muito reduzida se o governo não se importasse de perder votos e impusesse medidas de restrição no Natal.

      • PML says:

        A culpa é das pessoas, não do governo. Acha que se o governo tivesse dito outra coisa as pessoas o fariam? As infeções aumentaram logo no dia 24 porque (e sei de muitos casos) as pessoas foram logo no inicio das férias de natal para casa de familiares. A noite e dia de natal só pioraram e acho que não faria muita diferença se houvesse outras regras.

      • PeFerreira98 says:

        O governo nem precisava de fazer nada numa sociedade com dois dedos de testa.
        Se cada um cumprisse as regras mínimas não estávamos nesta situação.
        Uma coisa impensável como casos positivos (em que os próprios têm conhecimento) a navegar nas ruas e lojas, ainda é uma realidade bem presente. Para não falar dos que se recusam a andar com uma simples mascara.
        Tudo com idade mental de uma criança de 5 anos. Ri-di-cu-lo.

  6. Samuel MG says:

    “TELETRABALHO obrigatório sempre que possível” Que tal corrigir isto!! O teletrabalho é OBRIGATÓRIO mesmo sem acordo entre empresa e trabalhador. Pelo final do ano Portugal perderá cerca de 70% do tecido empresarial (comercio, industria e restauração)

  7. Joao Ptt says:

    Até ver o único candidato que vi que parece apostado em parar com as medidas estúpidas de proibir circulação a certas horas de certos dias é o Tiago Mayan Gonçalves, e mesmo esse candidato não disse que era contra o estado de emergência, pelo que o mesmo provavelmente iria continuar.

    No actual contexto de um vírus que afecta uma minoria em termos de problemas de saúde graves com necessidade de internamento hospitalar / mortes que sejam efectivamente causadas pelo vírus (sabe-se lá quantos morrem efectivamente em consequência do vírus, e que não têm lá o covid nas causas só para o hospital receber verbas extra)… mas cujas medidas dos políticos prejudicam a quase totalidade de mais de 10 milhões de portugueses… no fundo porque são absolutamente incompetentes e não apresentam qualquer solução prática!
    Porque não metem por exemplo médicos de família em hospitais (normais e/ ou de campanha) supervisionados por médicos mais especializados na área para dar conta do recado das centenas talvez alguns milhares de pessoas extra… que em relação aos 10 milhões não é nada, mas os hospitais é tudo tão à conta que qualquer coisa ficam sem capacidade num instante… como político com competência para tal já teria ou incentivado, ou proposto algum tipo de instrumento legal como a requisição civil ou outra apropriada, para ter isto em prática há já algum tempo.
    Médicos de família não estarão completamente aptos, concordo, mas já têm a formação base, só precisam de ser informados e ter uma pequena formação básica e depois serem permanentemente supervisionados por médicos já especializados na área para os orientarem correctamente e esclarecerem qualquer dúvida que vá surgindo que ao início serão certamente muitas. E claro o estado remunerar com dinheiro e férias extra estas pessoas, que não é só exigir e depois dar um pontapé no rabo quando não precisam mais, e claro proteger legalmente tais médicos não previamente especializados forçados a fazer tal serviço, desde que não houvesse obviamente má intenção que conduzi-se a desfechos trágicos… e claro eventuais indemnizações serem assumidas pelo estado.

    Digo eu que não é a solução ideal, os médicos não especializados teriam certamente dificuldade nos primeiros tempos a ajustarem-se a tal realidade mesmo com ajuda, que pode até não ser coisa de uma formação dita “básica”, mas a situação é de tal forma alegadamente grave que valeria a pena tentar, e é uma solução prática, não isenta de riscos, mas poderiam manter a liberdade das pessoas, a economia a funcionar, claro mantendo as medidas de máscaras na proximidade de outros e em espaços fechados, limpeza das mãos e essas coisas, mas necessidade de parar todo o país só porque não têm resposta médica SE, talvez, eventualmente, mais pessoas precisarem deixaria de ser um problema sem qualquer solução que é o que acontece neste momento passado quase 1 ano.

    Porque caso não tenham compreendido, o governo continua a querer prender as pessoas em casa porque não consegue garantir assistência médica… isso nunca impediu os governos no passado, como o provavam as listas de espera de anos em várias áreas da saúde, mas agora com o medo em algumas pessoas parece ser um argumento para trancar o máximo de pessoas em casa.

    • SSD says:

      Isso até era uma boa ideia se os médicos de família também não tivessem completamente carregados de trabalho. Tenho um dia que chega quase a fazer 14h em dias mais cheios para não atrasar ainda mais algumas consultas.
      Quanto á baixa percentagem é discutível, somos um dos países mais envelhecidos do mundo (mais de 25% da população tem pelo menos 60 anos) e em termos de problemas respiratórios calcula se que quase 30% da população tenha algum tipo de problema. Sendo que estes representam á volta de 20% fos óbitos em “anos normais”. Isto sem sair dos problemas respiratórios, se formos cer pessoas que tiveram transplantes, com problemas cardíacos, etc. Se calhar a percentagem não é assim tão baixa quanto isso

    • José Fonseca Amadeu says:

      João, só para avisar que não vou ler esse testamento, mas obrigado pela partilha.

    • ToFerreira says:

      Que conhecimento tens da formação em Medicina para opinares sobre a facilidade de colocar médicos de familia nos hospitais? Aquilo que os médicos dos hospitais menos precisam são pessoas a estorvar!
      E já agora, quem depois faria o trabalho dos médicos de família? A senhora da limpeza, “permanentemente supervisionada com uma pequena formação básica”?
      Fazes ideia que só a especialização em medicina intensiva ou até interna são 5 anos? Não meses, anos! E querias resumir tudo em 5 semanas? 5 dias?

      • Joao Ptt says:

        O que os médicos nos hospitais precisam é de fechar o país todo, porque eles não dão conta do recado… desculpe lá se eu acho inadmissível fechar um país todo, com mais de 10 milhões de pessoas, porque os senhores médicos não são capazes de dar conta do recado, por isso, sim, terem médicos mesmo não especializados.. que já são médicos, e que não tem de saber fazer tudo, só aquilo que é costume ter de se fazer com os doentes COVID, e sempre supervisionados pelos especializados na área, como referi… eles não precisam de saber tudo sobre tudo, só sobre aquele conjunto de sinais e problemas frequentes com tais doentes… quem tira medicina não é nenhum estúpido em termos de aprender, logo espero que não esteja a insinuar que não é possível… se fosse para saberem tudo o que há para saber também me parecia difícil em tão pouco tempo, mas é só para aquele um vírus nas suas diversas variantes que tanta paranóia gera nos políticos e em muitas outras pessoas na sociedade… porque se ninguém fizesse nada e deixasse o vírus à solta, talvez tivesse morrido o quê? 2 ou 3 vezes mais pessoas? Que é imensa gente, mas não é a população toda.
        O vírus tem uma missão a cumprir e vai cumpri-la, quer as pessoas gostem ou não… vale lembrar que SIDA, Gripe e outras continuam sem solução definitiva apesar dos anos que já passaram desde a sua identificação… logo não há garantias que os seres humanos consigam mesmo eliminar este vírus, espero que sim, mas se natureza não quiser, vão mudar o vírus as vezes que forem necessárias até atingir toda a gente que deve atingir e ter o impacto nas pessoas que for o desejável para cada um.

        Propus uma solução. Parece-me melhor que fechar toda a gente em casa durante os próximos anos, que é o que se passa desde o início de Março de 2020, em que basicamente querem toda a gente em casa excepto se tiverem mesmo de sair. E quanto à vacina ainda não se sabe até que ponto vai contribuir na prática para manter as pessoas afastadas do hospital, mesmo que toda a gente fosse vacinada… houve uns testes, os resultados parecem promissores, mas garantias absolutas nunca as há em coisas tão apressadas.

        • adbu says:

          O melhor é seguir as indicações do brasil e dos eua

          • Joao Ptt says:

            Que eu saiba nem os EUA nem o Brasil estão em risco de ver a sua população extinta. Sim, morreu imensa gente (0,121098% da população actual dos EUA, e 0,097733% da actual população do Brasil… e isto se tiverem mesmo morrido por causa do coronavírus, que existe quem diga que muitos são assinalados como tal para os hospitais/ estados receberem subsídios), mas nem de longe esses países estão em risco de desaparecer por causa desse vírus.

            A parte estúpida foi alguns políticos dizerem que as máscaras não protegiam… algo que sempre defendi ser mentira, se as mesmas fossem adequadas e estivessem bem postas, preferencialmente bem ajustadas à cara para todo o ar ter de passar mesmo pelo filtro, que é coisa que não acontece ainda hoje em dia!
            Foi um erro não terem exigido máscaras que cobrissem a cara toda (olhos, nariz e boca) para garantir uma excelente protecção. Os militares já as usaram nas guerras, e quando usadas correctamente protegem de facto… mas não teriam de ter exactamente aquele aspecto visual, poderiam já ter desenvolvido máscaras de cara mais bonitas mas igualmente eficazes.

    • Joao Frango says:

      tanta asneira dita em tanta palavra….aposto ke conseguias dizer as mesmas asneiras em menos palavras…

  8. Juelma Gonçalves says:

    Boa noite, Podem confirmar se os centros de estudo e ATl`s fecham?

  9. Luis says:

    Vamos lá Costa, tu consegues, a caminho da 4 bancarrota, o Socialismo é isto.. é enterrar enterrar até chegar o fosso, admira me não culparem o PPC.. a dívida em setembro estava a 360% mas não há de ser nada

    • Rui says:

      Nós vivemos numa sociedade tão manipulada pela comunicação social de esquerda, que o Passos é que ficou com a culpa da Troika vir a Portugal, não foi o Sócrates ter roubado o país e só em 2009 termos um déficite de 20 mil milhões de euros, não, a culpa é do Passos!!!!!

      Agora, este governo qualquer falha que tenha, a culpa continua a ser do Passos, porque apesar de estarem no governo à mais tempo do que esteve o Passos, este último é o culpado de tudo. É culpado dos incêndios, é culpado de aldrabar currículos para colocar os boys na Europa, é culpado por tancos, é culpado de tudo.

      O PS não tem culpa de nada, apesar de que nos últimos 26 anos, governou 19 anos!!!!!!

      • PML says:

        A culpa da vinda da troika é claramente do PS e foi o PPC que ajudou a recuperar. Mas há coisas que não lhe perdoo como vender a REN e EDP que são dois dos sectores mais importantes do país e que mexem com tudo, inclusivé com os fatores de custo de produtos para exportação. Os CTT também, mas estes com menos impacto. Foi privatizar para colocar numa empresa nacional controadal por outro estado. Ir além da troika cutou-nos muito e vamos e estaremos a pagar por isso. Nem tudo do PPC é bom e nem tudo do PS é mau.

    • Reis says:

      Ele está se marinbando para isto tudo. Ele quer mesmo é ir para a UE.

  10. anselmodasse says:

    Será que posso ir para o shopping no dia 24? Uma vez que o covid vai votar?

  11. SANDOKAN 1513 says:

    Cada dia que passa se está pior neste mundo.A confiança das pessoas está a zeros. 😐

    • Reis says:

      Vota do Costa, eu avisei-te.

      • LR says:

        Fogo, é preciso ser mesmo tapadinho! Olha lá, foi o Costa que decretou o confinamento geral em Inglaterra? Foi também o costa a decretar o confinamento por 6 semanas na Suiça, a partir de manhã? E foi também o Costa que decretou todos os confinamentos e outras medidas similares por toda a Europa? Espera, se calhar o cancelamento das eleições regionais na Catalunha… claro, foi o Costa, só podia!
        Porra, fazias melhor? Chega-te à frente, mostra as tuas propostas, pode ser que alguém bem posicionado as oiça. Mas não faças como o outro palerma que por aqui andava, o CS, que quando lhe perguntavam, depois de ele criticar medidas do governo, que medidas tomaria para não destruir a economia e o emprego, a sua brilhante resposta foi: “todas”.

  12. Monike says:

    Calma se repararem neste pseudoconfinamento as únicas coisas que fecham são ginásios e cabeleireiros. Comércio e restauração pode vender online ou take-away. Aliás deveriam mudar o nome para confinamento gimno-hair.

  13. jo§e says:

    Só queria deixar o alerta para um sintoma ainda não divulgado, da covid:

    Faz transparecer a estupidez latente numa grande parte do pessoal.

  14. B@rão Vermelho says:

    Não sei se já repararam os confinamentos não são um exclusivo nosso” Portugal”, poderá ser o Costa e o Marcelo a controlar isto tudo?
    Eu sempre ouvi dizer que o pior cego é aquele que não quer ver.
    Já vimos o resultado que dá deixarmos isto a consideração de cada um, está visto que resulta e somos todos responsáveis, eu como doente cronico à mais de um ano sem consulta médica presencial, continuo em “prisão” domiciliária, em teletrabalho e privado da companhia dos meus colegas, mas problemas de saúde já os tenho e se poder evitar este agradeço.
    Eu costumo dizer que Deus que é Deus não agrada a todos, agora imagina um governo.

  15. C Carriço says:

    «Marcelo vai ter de ficar em vigilância passiva durante 14 dias. O que é que isso significa» Significa que ANDA TUDO CONFUSO. SIGNIFICA QUE SE CONFUNDE CI~ENCIA Com o caminho que ela tem que percorrer. SE PODEMOS CONFIAR NA CIÊNCIA já não podemos dizer o mesmo do caminho que lea tem que percorrer! ISSO É O QUE ESTÁ a acontecer atualmente. O caminho percorrido pelo conhecimento da PANDEMIA é dos mais tortuosos e confusos que se pode imaginar!!!

  16. Reis says:

    Todos os políticos merecem uma nota negativa. Eu uso máscara desde que a DGS falou logo no primeiro dia, os políticos para não esquecerem, usaram a máscara após o 25 de Abril. Agora façam as contas quantos meses estive até ao dia que decidiram a máscara. Fica aprovado que isto do covid é uma palhaçada enorme. Muitos ficaram curados do vírus com 3 dias de paracetamol, e bem mesmo disseram isso hoje na opinião pública através do telefone.
    CHEGA!

  17. Sardinha Enlatada says:

    Virus selectivo tem destas coisas. Ha dias que fica mais intenso e obriga as pessoas ao confinamento, ha outros dias que nao se passa nada. E ainda continuam a acreditar nesta farsa. O numero de mortes anual esta ai para toda a gente ver e interpretear. CAda um que tire as suas conclusoes. Paranoias e palermices a parte. Usem a vossa glandula pineal.

    • LR says:

      Olha, faz um favor à sociedade: se achas que isto é mesmo tudo treta, oferece-te como voluntário para tratar dos idosos em lares, principalmente aqueles onde há surtos. E, nas horas livres, que tal algum voluntariado em hospitais, a ajudar a tratar de doentes internados com COVID? Pela tua ótica, não terias problema nenhum, certo? E claro que, se tivesses o azar de ser infetado por esse virús fantasma (que não existe), e se fosses um desses mentirosos que dizem que têm aqueles sintomas todos (o que as pessoas não fazem por uma estadia grátis em um UCI), certamente não necessitarias de assistência, afinal é tudo inventado, cerrto?

      • Sardinha Enlatada says:

        Outra vez feijao com arroz ? Nao obrigado. Ja comi um prato de sopa e fiquei satisfeito. Voces tem de saber ler melhor o comentario dos outros. Em momento algum falei que o virus nao existe. Existe mas nao e motivo para todo este escandalo. Entendeste agora ou ainda nao ? Alem disso voces tem de deixar de empranhar pelos ouvidos da comunicacao social. Existem cotonetes que limpam essa sujeira. Mantenham-se saudaveis.

        • LR says:

          Ok, já entendi, o virús existe. Retiro essa parte do meu comentário. Mas tudo o resto mantenho.
          Quanto a emprenhar pelos ouvidos pela comunicação social, talvez tenhas razão. O melhor seria emprenhar pelos ouvidos por todos os experts que abundam pelos Youtubes, Facebooks, etc. Experts esses que são todos de renome, de credenciais confirmadas, e autoridades na matéria. (alguns, como o idiota do Fernando Nobre, até tem credenciais confirmadas, mas ultimamente deve ter iniciado um processo de demência total, que o leva a dizer as maiores barbaridades possíveis).

        • Alfredo e Sousa says:

          Infelizmente a maioria das pessoas acredita nos média e o que nos dão para comer todos os dias e é 1 facto que nos próximos dias os números de infetados e mortos ira baixar drasticamente, senão não faria qualquer sentido este confinamento!! Esperar pra ver…

    • SSD says:

      “Há outros que não se passa nada”, há-des me dizer quais, porque ultimamente isto é sempre a subir, e a semana do Natal só provou que se deres liberdade às pessoas manguitos que se sabem proteger sequer a eles próprios. Tens hospitais a mandar pacientes para outras cidades (sendo que alguns estão a fazer Garcia da orta para Matosinhos, que não é propriamente 5minutos a pé), tens mais de 8 mil mortos e muito provavelmente quando chegares ao ciclo do ano vai ser a principal causa de morte em Portugal. Se nem batendo o teu dado estatístico favorito tu percebes a gravidade da situação, então digo-te que é exatamente pro pessoas como tu que é preciso medidas mais fortes!

      E quanto ao “Em momento algum falei que o virus nao existe. Existe mas nao e motivo para todo este escandalo”, ao menos se honesto quantas dezenas de vezes é que insinuaste que era tudo uma farsa, “só para controlo do rebanho”?! Agora como já é impossível negar que seja real só suavizaste o discurso, mas digo-te que o único que precisa de acordar antes de levar com uma chapada de luva branca és tu

      • Sardinha Enlatada says:

        SSD o que estas aqui a fazer ? Correr ja para os hospitais ajudar as pessoas. Nao devias andar a brincar nos teus dias de folga. Os hospitais estao cheios ? Claro que estao mas nao e so de covid neh ? Sejamos honestos por favor. Voces veem noticias de camas nos corredores. Isso sempre foi assim, se e mais agora ate pode ser mas nao e exclusivo de covid. Alem de covid tens mais alguma coisa a acrescentar as outras doencas ? Ou agora para salvarmos uma pessoa de covid morrem dez de outras doencas ? Se nao ha recursos toca a injectar dinheiro para resolver o problema do SNS mas se nem isso querem fazer veem a preocupacao do governo para resolver o problema do virus (que e nenhum) para alem de se esquecerem das outras doencas que existem nos hospitais. E preciso ter uma paciencia para voces. Muita coisa mal explicada com o covid, mas muitos de voces ja engoliram tudo o que e dito na comunicacao social, nomeadamente essa parte de matar o virus com alcool gel continua a palhacada. Isso e verdade para ti ? Tens algum artigo cientifico que comprove que o virus anda a solta nas superficies ? Entao se engoles essas idiotices estamos conversados, por agora. Se vieres com as mesmas palermices do virus covid levas com os mesmos argumentos do numero de mortes. Claro que para ti so te vai interessar alguma coisa do que escrevi para contra-atacares, o restante ignoras obviamente.

        • SSD says:

          Não só mas também. Tens hospitais em que sim a parte que está cheia é a parte que foi destinada a doentes covid e não podes disponibilizar mais camas, exatamente por haverem outras doenças com que tens com que te preocupar.
          Quanto ao álcool gel e superfícies estás a falar de coisas diferentes. Eu raramente usei o álcool gel mas também não preciso que me digam para lavar regularmente as mãos de cada vez que temos uma situação destas. Mas o álcool gel serve tanto para superfícies como o contacto com outras pessoas.
          Quanto às superfícies não há resposta unânime verdade mas a maioria dos estudos aponta para que o virus aguente dias, eu pessoalmente prefiro jogar pelo seguro agora cada um que faça a sua escolha.
          E meu caro não se trata de atacar ou contra atacar mas se nem com o crescente número de mortos a situação te preocupa um bocadinho, então eu é que fico preocupado contigo e essa falta de empatia sinceramente.

          • Sardinha Enlatada says:

            Crescente numero de mortos queres dizer os menos de 1% da populacao ? Nao conheco os numeros das outras doencas mas deve rondar essa percentagem, entao o que ha de novo aqui com este virus com essa taxa de mortes tao baixa ? A propaganda durante nove meses para continuar a meter medo as pessoas. Ve la se acordas e pensas fora da box. Para um pais com 11 milhoes de habitantes mais coisa menos coisa e um virus beliscar com apenas menos de 1% realmente e melhor fechar as fronteiras, o comercio, a liberdade das pessoas e tudo o mais porque em menos de um ano vai morrer metade da populacao. Olha o ano terminou e nao foi todo esse horror. Se nao consegues fazer essa leitura estas cego com o que te colocam a frente. Passar bem.

  18. Macopio says:

    Permitir visitas a lares é top!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.