Quantcast
PplWare Mobile

António Costa anuncia medidas de execução do Estado de Emergência

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. David Guerreiro says:

    Pelo que percebi, o impedimento de circulação após as 13h é para todo o país, e não só nos 121 concelhos. Mas posso ter entendido mal.

  2. Deluxe says:

    Sim o impedimento de circulação é só para os 121 concelhos.

  3. Jonny says:

    Acho bem estas medidas. Ao fds é só malta nas esplandas, parques e lojas velhos e novos. Muita gente ainda não percebeu o problema real da situação atual que estamos

    • scp says:

      Evito esses sítios como uma praga, desde o verão. As pessoas que estão lá nas esplanadas e a comer fora e a ir a eventos, manifestações políticas, festas, não pensam nem um bocadinho no mal que estão a fazer à saúde dos outros e à economia.

      As pessoas nas esplanadas estão todas sem máscara, as outras mesas não estão muito longe umas das outras. Basta alguém mandar partículas para o ar espalha-se logo aos outros naquele espaço semi-fechado e sem máscara.

    • iMF says:

      Por mim podem fechar os cafés, restaurantes, tudo e mais alguma coisa.
      O que é certo é que a economia não vai aguentar, pelo menos para esses setores, vai haver muito desemprego, uma retenção economia bastante grande, vai começar a aumentar no crédito mal parado, famílias super endividadas, etc.
      Isto é tudo muito bonito para quem tem empregos que não estão em risco, e continua a ter fonte de rendimentos. ( Felizmente é o meu caso)
      Daí dizer que por mim podem fazer o que bem entenderem.
      Mas isso é de egoísmo tão grande, que nem tenho palavras.

      Mais uma vez falta é medidas preventivas, como o uso de mascar, distanciamento, e fiscalização ( que não existe)
      É proibido? é, pode se fazer? Pode, o que acontece a quem não cumpre? Nada.

      Mas não se preocupem que quando o estado ficar em dinheiro, vai ser quem tem de ir todos os dias para o trabalho a pagar a factura ( em taxas e mais taxas e em caça a multa)
      Em vez de aproveitarem agora, para penalizar realmente quem deve ser penalizado pelo incumprimento, não vão penalizar o probre coitado que tem de acordar às 6h da manhã para ir trabalhar.

      País da treta, ou é 8 ou 88.
      Burros de merda, em vez de terem controlo de temperatura, em transportes públicos, comércio, serviços públicos, etc. Uso obrigatório de máscara, distanciamento social, Controlo de fronteiras ( obrigatório teste negativo)

      Não no verão é a grande e a francesa, chega a 2 caga fecha tudo.
      Por mim está bom, serve para fazer umas poupanças, mas alguém vai ter de ficar sem fonte de rendimento, depois batam palmas ao costa e vão lá pedir casa e comida

    • jorgeg says:

      fazem eles muito bem!
      sabes quantos morreram de gripe?!
      Quanto estão a morrer por não serem tratados?!
      Quanto não irao morrer de fome quando isto tudo der pro caneco, pois no problem vamos todos trabalhar na função pública!
      Nr reais nem ver-los!

      • Louro says:

        Imagina que nao haviam medidas restritivas, quantos mais é que iriam morrer por falta de tratamento?

        Os numeros reais, só se fizerem testes todos os dias a toda a populacao, o que como deverás de saber é impossível.

        Deviam era de impor estas medidas e penalizar severamente quem nao cumpre… és apanhado sem mascara? 1000Euros de multa, és apanhado na rua depois da hora de recolher obrigatório, é ir passar a noite na choldra e 1000Euros de multa.

        Ajudava a economia a recuperar com base nos espertos e outros iriam pensar duas vezes antes de dizerem que é uma treta e bla bla bla… Se todos tivessem cumprido e ficado em casa ao invés de olharem para o próprio umbigo desde o inicio, talvez agora os numeros nao fossem tao altos como estao a ser…e isto em todo lado nao só em Portugal claro.

        • MD says:

          Porquê que não vais para a Venezuela? Ou para Cuba? ias-te dar bem lá.. já não basta andarem a usar a pandemia dos casos para manipularem tudo, ainda iam cobrar 2x o salário mínimo a quem nem dinheiro para comer tem. Como se a máscara tivesse algum impacto significativo na pandemia lol.

  4. ToFerreira says:

    Quando ele disse que ia começar por explicar como é que chegámos a esta situação pensei que ia falar nos magotes de turistas (que ele chamou) a entrarem cá sem qualquer controlo, ou no Avante, no Grande Prémio… afinal não… este homem é um pândego. Nada como uma boa risota para descomprimir do ambiente tenso que esta grave situação de saude coloca.

    • scp says:

      Pois isto podia ter acabado tudo muito mais cedo proibindo totalmente esses eventos. Já na altura eu dava graças a Inglaterra ter fechado o corredor aéreo a Portugal, só nos estavam a fazer um favor porque lá a situação sempre foi mais grave.

      Os jovens (novos adultos) vão a festas, vêm estrangeiros em erasmus. Deviam fechar as universidades para aprenderem um pouco a respeitar o resto da sociedade.

      • SANDOKAN 1513 says:

        Fechar as Universidades ?? Ganha juízo.Vai mas é dormir que o teu mal é sono.Olha-me este,a defender os privilegiados da sociedade.Só faltava agora esta !! ಠ_ಠ

        • A. M. says:

          Ganha juízo tu!!! Ele tem razão, a malta da universidade quer é divertir-se após a saída das aulas!! E arranjam sempre forma de se juntarem aos magotes a beber!!
          Cambada de irresponsáveis!!

          • José Carlos da Silva says:

            Pôr tudo no mesmo saco e generalizar não fica bem a ninguém. Não sejas assim.

          • Jorge says:

            Sim os espaços comerciais andam cheios de miúdos porque ? Começaram as férias de natal ?

          • ivan says:

            Realmente as tascas nao devem andar cheias de velhos que tem a necessidade de ir beber o tintol para passar o tempo e conviver nao generalizem e ponham tudo no mesmo saco, eu sou estudante universitario e faco o trajeto casa universidade sem parar para festejar como estao a dizer…e como eu estao o grupo com quem me dou. se ha excecoes a regra? ha mas isso ha em todas as faixas etarias todas as cidades etc…

      • jorgeg says:

        Eu agradeço que fiques em casa, não fazes falta nenhuma na rua, obrigado bro!

        taxa de mortalidade por infecção
        0 – 19: 0.00003%
        20 – 49: 0.0002%
        50-69: 0.005%
        70+: 0.054%

        Em portugal no mesmo periodo ate sept +/- morreram 7500 pessoas a + do que no ano anterior, 1700 foram relacionados ao vírus chinês (relacionadas,ok) as outros, talvez de tédio!

        • ToFerreira says:

          O que pretendes afirmar com esses números?

          • Santos says:

            Nem ele sabe, só comenta copy paste. Pena é que todos números sacados do tétano ou algo parecido pq para o covid so para cima dos 70 anos o numero real ande quase na dezena

        • Louro says:

          @jorgeg,
          Nao sei que idade tens, mas… imaginemos que estás entre os 20 e os 49 (já que nos numeros que apresentas) é a faixa maior e a mais provável de onde estares, imagina que tu estavas incluido nesses 0.0002%?

          Ou imagina que o teu pai ou a tua mae estava nos 70+ e fazia parte desses 0.054%? Ou outro teu ente querido estaria na percentagem de mortos por causa deste virus?

          Continuarias a dizer que nao faziam cá falta nenhuma?

          É que para além de essas percentagens estarem 100% erradas… pareces um pouco a leste, talvez porque ainda nao te tocou a ti, quando tocar (espero bem que nao), já vais ter uma opiniao diferente.

    • Santos says:

      Nos 2 primeiros concordo completamente não fez sentido algum, embora o pais precise do turismo não era a altura para pensar nisso. Quanto á F1 tenho a mesma opinião que o caso da Nazaré.
      Quem achou que metade da lotação para o primeiro evento público em meses era bao ideia também merecia um cachaço bem mandado mas mesmo assim estamos a falar de seres racionais ou de animais que têm de andar junto da manada, todos juntinhos?
      E ainda há pessoal ai que quer convencer o resto que estamos em estado de histeria e que até a obrigação da máscara é um exagero quando se dá um bocadinho de liberdade e isto é o melhor que o pessoal tem para mostrar…

      • jorgeg says:

        O teu nível de ignorância é assustador e por favor, fique em casa, pois a probabilidade de nos encontrarmos é nula!

        taxa de mortalidade por infecção
        0 – 19: 0.00003%
        20 – 49: 0.0002%
        50-69: 0.005%
        70+: 0.054%

        Copy paste?! mas esperavas o quê exatamente, que eu tivesse um laboratório ou um centro de estatísticas na minha garagem?! E se nao sabes o que significam estes numero tenho pena de ti pois significa que o teu nível de educação e muito baixo.

        cultiva-te!

        • Santos says:

          Claro tu é que estás para ai a inventar a números a ver se alguem acredita e os outros é que são pastos…
          Volto a repetir o número chega às unidades para cima dos 55 anos e quase que á dezena para cima dos 70 anos, isto quando somos o quinto país mais envelhecido do mundo. Aliás basta olhar para o país que está ligeiramente acima na lista (Itália) e ver o que pode acontecer com uma maior propagação do virus.
          E em segundo já disseram milhares de vezes o problema não é só a mortalidade, é a propagação não parar e andar ai o virus em ping pong por anos, é ter uma enchente nos hospitais como aconteceu em vários paises e que agora com a chegada do frio, com o aparecimento da gripe, pneumonia e semelhantes não é nada difícil de acontecer. Para além dos efeitos secundários dos tratamentos do vírus, visto ainda teres uma vacina funcional.
          Mas pronto continua a afogar as mágoas com a derrota do Trump e a sacar numeros, em bom português, do traseiro como ss soubesses muito do que falas. Dou te o mesmo conselho cultiva te!

      • jorgeg says:

        Em portugal no mesmo periodo ate sept +/- morreram 7500 pessoas a + do que no ano anterior, 1700 foram relacionados ao vírus chinês (relacionadas,ok) as outros, talvez de tédio!

        https://www.jn.pt/nacional/morreram-mais-de-sete-mil-pessoas-desde-o-inicio-da-pandemia-12870262.html

  5. Nuno Miguel Fernandes says:

    Pândego ou nao esta a fazer o melhor como pode. Mas claro treinadores de bancada não faltam

  6. Pedro says:

    sábados e domingos de manhã nos supermercados será a loucura completa. Obrigado Sr Costa

    • Jorge says:

      Pode ir das 9 as 22h de segunda a sexta
      Obrigado

      • Luis says:

        E quem trabalha e chega a casa tarde e só pode ir ao fim de semana? Deves ser daqueles que não faz piço e tem o dia inteiro para ir às compras

        • Jorge says:

          Pedes para entregar em casa

          • Luis says:

            Realmente deves ser o típico tuga da cidade, sabes que não há entregas de supermercado em maior parte do interior do país? Nem Uber, nem nada dessas coisinhas

        • Jorge says:

          Aí no interior trabalha se 16h e os supers fecham as 20h?

          • Luis says:

            Depende das zonas, mas quem trabalha fora e volta todos os dias e não tem tempo para comprar algo pelo caminho porque tem que chegar a casa e jantar, ou trabalhar noutras coisas e guarda o fim de semana para isso? Não vai de manhã porque é horário dos idosos irem e é uma confusão como é que faz?

        • luiscarreira says:

          ninguem trabalha das 8 as 22… essa mania de não terem tempo…

          • Jorge says:

            Tipicamente enchente de shoppings ao fim de semana !
            É tudo uma questão de organização , por exemplo se durante a semana perderes tanto tempo a questionar algo na internet , já tens tempo para mais coisas !

            Se fores profissional de saúde , dou te os meus parabéns !

            Mas se fores , tens prioridade!

        • Louro says:

          @Luis,
          Desculpa lá mas… entre as 9 da manha e as 22h estamos a falar de uma amplitude de 13horas…

          Nao me digas que trabalhas 13 horas por dia, 5 dias por semana…e que ainda por cima azar dos azares, ainda por cima trabalhas precisamente entre as 9 e as 22horas…

  7. Marcos says:

    Algo me diz que estas medidas não vão afectar o futebol, e que vão inventar uma qualquer desculpa para este continuar. O comércio e restauração não pode, mas a bola sim. Fico para ver o que se vai passar.
    Já agora se a transmissão do vírus se faz agora no seio familiar, então cancelem logo o Natal, pois é nesta altura que os primos/primas, tios/tias e outros membros familiares se reúnem. Acabem de vez com isso de “Salvar o Natal”.

    • AD9 says:

      Rapaz já não há adeptos no futebol há muito tempo e até já voltaram a cancelar as tentativas de voltar a ter adeptos no estádio. Apesar de que 5000 pessoas num sitio onde cabem 50000 (falando dos maiores claro mas percebe se a comparação)é um bocadinho mais seguro que aquilo que vejo a acontecer em restaurantes e cafés

      • Jorge says:

        Completamente de acordo , com a relação de 5000/50000

        Nos cafés/restaurantes , filas primark ou filas continente não mantém tanta distância ! Apesar de estarem com máscara esse desse ver o motivo que não te preocupas !

        Continuo a afirmar , podes estar na fila da primark que não há barulho! Mas se for o metro cheio ou o autocarro é o fim do mundo

        Já se perguntaram porque no supermercado a tendência é a empregada limpar o tapete para depois meteres as compras!

        Mas é nas caixas rápidas ??!! Alguém limpa ?
        É engraçado porque é no mesmo espaço comercial que vês isso a acontecer !

    • scp says:

      No que é que o futebol profissional sem público agrava a pandemia? É tão grave quanto uma empresa qualquer que não esteja em teletrabalho. Por isso ou fecham tudo incluído o futebol ou então deixa-se estar em paz o trabalho das pessoas, sim o futebol profissional emprega muita gente.

      O comércio e a restauração continua, só que em take away e entregas. O problema mesmo tem sido a grande afluência a centros comerciais, o uso das esplanadas em todos os bairros deste país.

      Se os funcionários/jogadores de futebol que apareceram infectados também se deve ao uso desses estabelecimentos, o vírus entra no seio dos clubes de alguma forma, vem das rotinas diárias dos seus funcionários/jogadores. Se o governo limita no horário as atividades do fim de semana e noites, provavelmente também vai beneficiar o futebol profissional e as empresas a ter menos casos ou nenhum. Só que isto vai durar para duas semanas e voltamos ao mesmo a frequentar cafés e restaurantes e estarmos sem máscara com a desculpa de estarmos a comer, quando as pessoas bem podiam comer em casa e fazer um esforço até isto passar, mas sem juntar mais pessoas para além do agregado familiar. Porque isso também contribui e muito a espalhar o vírus.

      • Marcos says:

        A maneira que falas parece que a culpa está nos cafés e restaurantes e muitas lojas (electrónicos, roupa e afins) que empregam muita gente e trabalham aos fins-de-semana. O que não aceito de forma alguma é que alguns não possam trabalhar enquanto o futebol pode continuar sem nada. Se a proibição é ficar em casa então ficamos todos caso contrário há cidadãos de primeira e de segunda. Até agora ainda não provaram que os casos estejam a crescer por causa dos cafés, restaurantes e comércio em geral. Já agora e os transportes públicos que andam cheios e não há desfasamento de horário nas fábricas e grandes armazenamentos de distribuição. Claro que podia ser como na Austrália e recebíamos e ficávamos todos em casa. Sem economia quero ver como o estado (todos nós) nos vamos aguentar. Colocar a culpa num tipo de negócio ou situação é muito redutor. E sim deixar o futebol continuar é uma afronta aos restantes que querem e não podem ir trabalhar! principalmente quando o trabalho da DGS tem sido no mínimo desastroso ao zig-zag sempre a “catar” daqui e dali. A F1 foi um bom exemplo e por causa disso no motoGP já não vai haver ninguém. Aliás nem sequer devia haver motoGP.

        • Santos says:

          Claro a culpa é dos estádios vazios do futebol em que só lá está quem lá trabalha mesmo não é dos cafés e restaurantes a abarrotar e a ignorar a maioria das medidas
          Eu tenho um amigo que tem um café e desse eu tenho pena pq viu o realmente a fazer um esforço para que as regras se cumprissem, agora morando numa zona residencial posso te dizer que nem todos fizeram igual e alguns até aproveitaram estar mais “escondidos” para continuar a servir normalmente.
          Não percebo essa panca pelo desporto mas pronto. Quando ao F1 autorizar metade da lotação foi estúpido mas mais uma vez população a mostrar o nível de consciência que têm (um pouco ao nível da Nazaré)

          • Marcos says:

            Eu não ando na caça às bruxas, até porque não há dados que me permitam comparar onde há mais contágio se é no café da esquina ou noutro lado qualquer. O que há é indícios que apontam que a transmissão passou a ser no seio familiar, ou seja entre amigos, seja no café, seja nos shoppings, seja no local de trabalho nas (muitas) pausas para café, fumar o cigarrro ou para dar 2 dedos de conversa.
            Tendo dito isto o meu comentário foi no sentido de se é para ficar em casa fica-se e também o futebol, neste caso a Seleção Nacional que joga no dia 22 de Novembro, Sábado pelas 19h45, também não devia jogar. Não venham com desculpas de comparações de número de infções pensem apenas nas pessoas que não podem ir trabalhar. Pensem também que mesmo dentro do futebol há o futebol profissional que continua, mas o amador está parado ,pelos clubes não terem condições financeiras. Onde acham que treinam e jogam muitos míudos e graúdos. E sim eu falo de futebol porque estamos em Portugal pois se estivesse nos EU se calhar queixava-me do basquetebol ou do futebol americano. Cada povo tem o seu ópio.

          • Santos says:

            Mas isso ainda faz menos sentido pq os desportistas profissionais são provavelmente do pessoal mais testado actualmente.
            Estás me a dar razão então, é culpa do pessoal não ter 2 dedos de testa, infelizmente isso arrasta se a cafés (especialmente, restaurantes até vejo um mínimo de respeito pela máscara pelo menos, já quanto a distância ou ventilação é que não sei não), e eu posso te dizer que vi vários casos em que os estabelecimentos não fizeram nada por cumprir as regras. Infelizmente por uns pagam todos, não concordo completamente mas não conseguindo monitorizar todos os estabelecimentos não sobram grandes opções

          • João says:

            A questão dos cafés e restaurantes é complicada.
            São locais onde, obrigatoriamente, as pessoas têm de remover a máscara. Por muito que os estabelecimentos cumpram as regras, existem riscos acrescidos. Ainda mais acrescido quando os próprios clientes não ajudam. Podemos ir ao café ou bar e puxar a máscara um bocadinho para cima ou para baixo, beber e voltar a colocar. Não é preciso retirar e estar uma ou duas horas sem máscara a falar para o ar. Já nos restaurantes é mais delicado, mas o princípio é o mesmo. É terrível para o sector e também por causa disso não tenho frequentado (mas sou mais do ocasional almoço fora ou um cafezinho ao fim de semana).
            Na questão dos futebol e outros desportos, não vejo qualquer problema. A questão do público é analisada pelas autoridades de saúde e, no momento, parece que não avança. Quanto aos atletas e outros profissionais, são trabalhadores. Vão trabalhar. Têm tanto ou menos risco como eu sentado à secretária ou a ir ao banco. Eu atendo 30, 40, 50 pessoas por dia. Estou atrás de acrílico, uso máscara, limpo o balcão vezes sem conta, mas existe risco.
            Haja preparação e muita coisa é possível. Vi com agrado o mundo do ciclismo profissional tomar medidas muito rigorosas em relação à pandemia. E praticamente todas as provas do world tour que tiveram autorização de avançar correram bem. Houveram contágios esporádicos, mas nenhum surto. As equipas trabalharam isoladas umas das outras, e até com grupos isolados dentro da própria equipa. E testes, testes, testes… Tal como se faz no futebol. O Ronaldo teve covid. Se não fossem os testes do futebol, se calhar até tinha e ninguém sabia, como acontece com muita gente. Quando as coisas são bem pensadas e bem feitas, vão funcionando. O grande mal é que a nível público o planeamento falhou redondamente. As escolas não cumprem as normas porque não têm condições, mas as privadas fizeram alterações, alugaram sala, contrataram pessoal… mas lá está, ninguém vai multar o estado, seja em quasetor for.

          • Santos says:

            Sim e eu repito eu não tenho nenhuma cruzada contra os estabelecimentos, alguns fizeram realmente um esforço por se adaptar (embora lá está também tenha visto alguns que nem afastar a mesa 2cm para o lado foram capazes). Agora é o velho por uns pagam todos. Se é o mais justo provavelmente não, mas não havendo forma de controlar todos os espaços, levam com as mesmas regras. E embora sendo uma opinião mais forte mas concordo que o número de cafés que existe hoje em dia é um bocado para o muito exagerado em certas zonas.
            Quanto às escolas de facto não há muito a acrescentar. Se não querem por o mais novos por mil e uma razões, ponham os mais velhos que já têm idade para perceber as coisas e um bocadinho mais maturidade para aceitar, mas pronto aconteceu o que já se esperava como já tinha acontecido em vários acontecimentos diferentes.

  8. SANDOKAN 1513 says:

    Entre as 13h e as 5h da manhã nos fins-de-semana ?? Então o sector da restauração tem os dias contados.É o último prego no caixão.Mas como é possível ?? 😐

  9. Jorge says:

    É uma questão de esforço e de mentalidade!

    Mas isto és nível mundial , alguém
    Está com a solução nas decisões ? Não !!

  10. B@rão Vermelho says:

    Por falta de juízo de uns pagam os outros, sempre foi e sempre. Vai ser.
    Eu vejo cada coisa mas ruas que fico a pensar, ou estas pessoas não vem tv e lêem jornais, ou então é mesmo egoísmo , vimos quando foi as ondas na Nazaré, um bando de acéfalos juntos deveriam de ser todos identificados e os que ficassem doentes não poderiam recorrer ao SNS.
    Depois falam da obrigatoriedade de uso de máscaras, que é isto e aquilo, e está tudo mal, mas não ouço ninguém a queixar-se de uso obrigatório de cinto de segurança no carro e vão ao café da esquina de carro com o cinto segurança colocado e vão todos contentes

  11. Filipe Rafael says:

    Uma observação no player… ficou cortado. se meter pausa já não consigo reproduzir só atualizando a página

  12. airtup says:

    Engraçado a lavagem que nos deram.
    Ir trabalhar numa fábrica com 500 pessoas tudo bem, andar em transportes públicos à pinha ainda melhor, ir a um centro comercial sem qualquer controlo de lotação também está bom, escolas sem um mínimo de condições para distanciamento, hospitais cheios de surtos, etc. é tudo tranquilo e podemos confiar.

    Agora ir a uma esplanada beber um café, ou a um restaurante almoçar cuidado com o criminoso!!! Acordem sff!

  13. Sardinha Enlatada says:

    A farsa continua. Virus selectivo e um bom argumento para continuar a destruir a economia. Esse e o real objectivo deste virus. Qual infectados e numero de mortes baixissimos. Tenham juizo. So nao ve quem nao quer ver. Desliguem a televisao e fiquem a jogar playstation ou outra coisa qualquer durante meses para ver se nao ficam com a mente mais envenenada por causa deste virus, que e mais psicologico que outra coisa e contagia uns e outros dessa forma. Devagarinho devagarinho observamos a ditadura a tomar conta da vida dos Portugueses. Oh mae fecha a porta o virus vai entrar!!

    • Jorge says:

      Já que tens imunidade! Candidata te a voluntário para ajudar nos hospitais!!

      Já agora , assina que prescinde de cuidados do “vírus selectivo “ !

      Das a vaga para quem precisa

    • LR says:

      Há uma pergunta a quem ainda ninguém me soube responder de forma completa e com argumentos (e provas) cabais: o que ganha este (ou qualquer outro) governo em “continuar a destruir a economia”, através de uma falsa pandemia?…

      Pergunta “extra”: se tivesses no lugar do PM, que medidas tomarias, concretas, e devidamente fundamentadas?

      • Jorge says:

        Era para mim a pergunta LR?

      • Santos says:

        Para controlar a população, dizem eles… O que é ganha um governo que vai a eleições daqui a menos de um ano em tomar tantas medidas que vão chatear uma boa parte da população? Para mim nada para eles faz todo o sentido do mundo.
        Volto a repetir se víssemos isto a acontecer em paises ditatoriais eu era o primeiro a concordar com as desconfianças, agora com a Europa na sua maioria a ir a votos em breve faz algum sentido “chatear a população” nesta altura?

    • Santos says:

      Tem juizo, 60 mortes diarias durante uma semana na primeira semana de novembro não é preocupante?
      Pah se o pessoal tivesse mais responsabilidade se calhar algumas destas medidas nem eram preciso, visto que não se verifica as medidas só pecam poe tardias sinceramente

  14. A. M. says:

    Não faz sentido é isto: “recolher obrigatório não é “uma questão penal”, mas garantiu que os cidadãos que não o cumprirem serão conduzidos pelas autoridades às suas residências.” !! Isto parece surreal. Conduzir os prevaricadores a suas casas…ahhh..ahhh!!! Já estou aqui a vêr uma boa piada para o Ricardo Araújo Pereira no próximo programa!! Isto é uma anedota autêntica!! Então e as multas?? E o Estado não precisa de dinheiro, para além de fazer cumprir uma lei??? Mas não….. dá só uns raspanetes…e inda daí que eu levo-te a casa!!!!

  15. José says:

    Bom dia.
    É com desagrado que vejo que os Portugueses são escravos de alguma economia.
    Que o Costa e o Marcelo são os capatazes que nos vão pôr no tronco e dar umas chicotadas se não cumprimos as ordens.
    Não vivo para trabalhar.
    Trabalho para sobreviver que é muito, muito diferente.

  16. ze says:

    Mas a restrição de sair do concelho ainda está em vigor? Não percebo se junta novas regras as anteriores ou se as anteriores perdem o valor e entram as novas.

  17. mario says:

    pplware é um site de noticias de informática e tecnologia.
    Parece que continua a receber “luvas” do governo para espalhar o medo do virus endemico SARS-CoV-2 !!!!!!
    O virus é real e nunca nos vamos livrar dele “endemico”, vamos ter sazonalidade como a gripe comum. Parem com estas noticias fora de tópico !!!!!!
    TENHAM VERGONHA !!!!! Já basta os canais de noticias da treta que já ninguém vê nem quer saber, o mesmo acontece com o pplware se não muda de reitorica as pessoas deixam de ver o site

    • hfilipe says:

      A porta é serventia da casa .. já diziam os antigos … aplica-se.

      • Carlos Santos says:

        A porta pode mesmo ser a serventia da casa, mas não faz sentido que um site/blog de tecnologia dê este destaque imenso a notícias generalistas.
        As únicas razões é estarem a receber dinheiro para as divulgar ou simplesmente porque estas notícias chamam muito a atenção e aumentam os cliques no site, mas continua sem fazer sentido para muitos leitores assíduos do pplware.

    • ToFerreira says:

      O HIV também é endémico. Vamos deixar de usar preservativo?

  18. Jorge says:

    Deves ter acordado agora ou ou estás fechado em casa desde março a receber rendimentos só pode !

    Concordo que as medidas deviam de ter sido antecipadas claramente , mas também , projectava-se a 2a vaga certo ? Assim como o governo nós também sabíamos que podia acontecer certo? Quem não antecipou as medidas ? Nos ou o governo? Se calhar continuam a almoçar juntos sem distâncias!

    Relativamente ao tema das multas ou notificações , claramente a favor deviam de actuar!

    Vocês lerem que era obrigatório a medição de temperatura em algum local ? Eu pelo que li e ouvi , vai ser obrigatório se a dgs informar que tem de ser nesse local !

    É isso que acho que não é transparente e depois facilitam ! Mas em relação a temperatura já deve ser um dever nosso , medir medir medir !

    O governo devia multas multar multar !

    A sociedade devia prevenir prevenir prevenir

  19. Jorge says:

    Se não estão de acordo com muitos pontos é fácil , próximas eleições, votem ! É o que faço !

    PREVINAM-SE E PROTEJAM-SE

  20. Carlos Santos says:

    O ultimo prego que faltava no caixão da restauração, hotelaria e muitos pequenos empresários.
    Agora dizem que é só duas semanas, mas já ouvimos essa lenga lenga antes.

    Preparem-se para viver na Venezuela da Europa!

    • LR says:

      Há uma pergunta a quem ainda ninguém me soube responder de forma completa e com argumentos (e provas) cabais: o que ganha este (ou qualquer outro) governo em “continuar a destruir a economia”, através de uma falsa pandemia?…

      Pergunta “extra”: se tivesses no lugar do PM, que medidas tomarias, concretas, e devidamente fundamentadas? Não vale a pena referir os 3000 óbitos por gripe de 2019, já agora, uma vez que as por COVID vão em 2896, e ainda falta um mês e meio para o fim do ano

      • Carlos Santos says:

        A economia que está a ser destruída é a economia local.
        As grandes multinacionais continuam com lucros imensos, e muitas como a Amazon aumentaram substancialmente esses lucros.
        Podia dizer aqui muita coisa, mas é inegável que estão a criar uma crise sem precedentes que vai afectar a vida de CENTENAS DE MILHARES DE PESSOAS, SÓ EM PORTUGAL. Estas medidas vão afectar a sua subsistência e a sua saúde física e mental.
        Se pensam que 2020 está a ser um ano difícil, esperem pelo próximo, com pessoas a passar forme, a viver nas ruas e com a criminalidade a aumentar substancialmente.
        Medidas a tomar? Aquelas que não destruam o emprego e o sustento de milhares de famílias!
        Curioso também que quanto mais apertam as restrições mais casos e mortes surgem! Não devia acontecer o inverso??? Será que isto é só culpa dos irresponsáveis que por ai andam? Será que o uso de máscara tem mesmo o efeito protector? É que em Espanha e Itália também obrigaram ao uso de máscaras na via pública e os casos aumentaram em flecha a partir desse momento. Como explicam isso? Será mesmo uma “falsa sensação de segurança”???

        • ToFerreira says:

          “Medidas a tomar? Aquelas que não destruam o emprego e o sustento de milhares de famílias!
          Quais são essas?
          A explicação para os casos aumentarem com medidas mais restritivas é simples de entender e nesta fase não devia ser preciso explicar, as medidas são progressivamente implementadas com o aumento de casos, o efeito só se sente semanas depois. Quem tem contacto hoje só vai ter sintomas daqui a 1 ou 2 semanas, mas até lá vai infetar mais alguns, vai ficar internado daqui a 2 ou 3 semanas e precisar de uma UCI daqui a 4 ou 5 semanas, portanto, as medidas tomadas hoje só terão efeito na redução da ocupação das UCI daqui a mais de 1 mês.

        • LR says:

          Ou seja, falaste muito, mas não respondeste a nenhuma das perguntas (como habitual).
          “Medidas a tomar? Aquelas que não destruam o emprego e o sustento de milhares de famílias!” Acho que com esta afirmação demonstras a verdade: falas do que não sabes e não sabes do que falas. Como acabar com a fome na Terra? Fazendo com que ninguém tenha fome. É de lideres como tu que precisamos. Força. Keep the good work!

      • Maria says:

        Isso é que é difícil de responder pelos comentadeiros sapientes da geração trashtube e trashbook.

  21. João says:

    Eu achava e continuo a achar que há dois grandes culpados por estas medidas serem assim.
    O governo que não preveniu nada, não preparou nada, não defende que tem que defender e quem cumpre com as recomendações, que não multa quem não cumpre (li que multaram 43 em 5 dias por não terem máscara… vivo numa cidade pequena e nas minhas “voltas” do trabalho vejo bem mais que isso todos os dias). Agora veem dizer que a polícia vai encaminhar para casa quem não cumprir. É vergonhoso. Encaminhar para casa e saem a seguir… se forem para casa. Já era altura de proteger os portugueses e multar quem não cumpre (mas multar a sério, e não 20 euros como aos muitos que constantemente estacionam nos passeios e me obrigam a andar a pé pela estrada). Além de quem existem muitos milhares de profissionais essenciais que não são testados, nem que peçam.
    O outro culpado (ok, outros) somos, de uma forma ou outra, todos nós. Eu tento cumprir aos máximo as recomendações. Até faço mais que as recomendações. Mas há quem não ligue nada. Alguns não conseguem perceber, não podem fazer, ok… mas a grande maioria não faz porque são uns FDP egoístas que não pensam em nada mais que o seu umbigo.
    Também acho mal o isolamento profilático ser pago a 100% e não haver fiscalização capaz. Muita gente aproveita-se desta situação (e eu falo com conhecimento de causa). Basta ligar para a saúde 24, fazer o choradinho e ficam 15 dias em casa. E se calhar a outros que realmente precisam mandam trabalhar ou têm problemas.
    Há muita coisa mal. O governo não preparou nada. E algumas medidas deviam ir mais além, outras são excessivas. E obviamente vão ser sempre os mesmos os beneficiados. Mas, o virus anda aí. Infecta todos os tipos de pessoas (ricas, pobres, aflitos, trabalhadores…). Custa assim tanto usar uma máscara e ir limpando as mãos? Quem não é capaz de fazer pelo menos isto, que mande um tiro na cabeça que não anda cá a fazer nada. Ser solidário é também usar máscara, não é só falar de sermos mais justos, mais humanos, dos cães, dos gatos e da natureza. Vejo algumas pessoas que sempre falam na irmandade entre pessoas, na natureza e na humanização da sociedade e depois dizem que a máscara é uma prisão e só os idiotas usam (e com muita pena minha tive amigos próximos que se revelaram nesta pandemia). Esta gente não bate bem da cabeça. Não pode. São tão igualitários e humanistas que usam as mesmas expressões do Trump…
    Protejam-se, protejam os outros…

  22. Xnelox says:

    Tudo porque o português não quiz usar a App stayaway covid

  23. A. M. says:

    Administradores do Pplware, então agora não consigo aqui publicar nada!! Fui banido?? ou foi por usar VPN?

  24. Sardinha Enlatada says:

    Todos voces que defendem estas medidas e pandemia deviam andar na escola e levar com umas reguadas ate aprender a palavra pandemia direito. Entao ate ao dia de hoje actualmente existem 2848 mortes de covid em Portugal, e acham isso preocupante ? Epa nao insultem a inteligencia dos Portugueses. E deixem de fomentar a mentira. Quem esta incunbido dessa tarefa e a comunicacao social nao sao voces. Pensava que eram mais inteligentes a entender a palavra pandemia mas pelos vistos nao. Este virus mais uma vez veio para prejudicar a economia, nada mais que isso. E nao aceito respostas de mais ninguem. Nenhum de voces e medico ou virologo por isso, papagaios ouco todos os dias. Mais nao obrigado. EOF.

    • João says:

      Se ainda não percebeste o porquê desses números “baixos”, então é porque tu é que devias ir para a escola levar reguadas. Desde o início que sempre fizeram questão de dizer que o principal objectivo era (e ainda é) fazer abrandar a epidemia (agora pandemia). Sem medidas de abrandamento, teríamos 10, 20 ou mais vezes o número de mortos. Ou pior, porque mal ou bem, os serviços de saúde ainda vão dando conta do recado. Imagina se (como aconteceu em Itália) que tinham de escolher entre quais doentes tratar e quais deixar à sua sorte. Se o sistema de saúde colapsar e os casos se amontoarem sistematicamente, aí seria uma enorme tragédia.
      É claro que os números não vão ser (absurdamente muito) trágicos. Certamente não será como a pandemia de gripe “espanhola”, mas sinto algum conforto em saber que ainda aprendemos alguma coisa desde essa altura. E ainda bem que assim é. Apesar de muita gente ignorante e governos ineficientes, mostra que grande parte das pessoas está a fazer o seu papel em prol de todos. E para isso, nem deveria ser preciso “leis”. Devíamos todos, em consciência, ser Humanos.
      Quando tiveres pessoas conhecidas (incluindo jovens) a ficar gravemente doentes e outras a morrer com covid, voltamos a falar, ok? É que eu já tive e não foi só uma. Peço que não insultes pelo menos quem morreu, que certamente não morreram por culpa da comunicação social ou do “medo”.

      • Sardinha Enlatada says:

        Jovem es medico ou virologo ? Nao ? Entao nao falo com papagaios, temos pena. Sempre a arranjarem argumentos para justificar os numeros baixos de mortos, Abre a pestana Ze. Voces nem sabem em concreto se a forma de contagio e mesmo assim como os media falam. Mais uma vez reforco, seria bom ouvir opinioes de medicos ou virologos.

        • João says:

          Tens aqui acesso a muitos médicos, virólogos e afins… Basta querer.
          Ouve e lê estes (e digo ouvir e ler os especialistas, e não o que dizem nos media e no facebook que eles dizem).

          https://www.who.int/emergencies/diseases/novel-coronavirus-2019/advice-for-public

          E até tem uns bonecos com as recomendações para perceberes.
          Se ainda assim preferires negar, mais uma razão para as autoridades multarem quem não cumpre. Não é uma questão de obediência. É uma questão da total falta de respeito que demonstras em relação a todos os muitos milhões que cumprem. É assim tão difícil usar uma máscara e limpar as mãos? Uso mais de 8 horas por dia, tenho asma e outros problemas respiratórios e ainda não morri por causa da máscara (ao contrário de algumas “teorias” que já ouvi/li). As restantes medidas podiam ser bem mais ligeiras se toda a gente tivesse um bocadinho de consciência. É triste.

          Há coisas a correr mal? Há.
          Há medidas más por partes da autoridades? Há.
          As “autoridades” são tão boas como alguns dos seus cidadãos, para o mal e para o bem.

          Mas isso não invalida que o vírus aí ande!

          • Sardinha Enlatada says:

            Espera la estas a enviar o site da OMS ? Pensava que eras mais criativo. Isso mais parece uma tese sobre o virus para as pessoas pesquisarem. Bonito era ver debates como fazemos aqui mas com os especialistas a falarem em directo e a participarem em directo. Tudo o resto o que se passa aqui somos todos um bando de papagaios que so falam o que a comunicacao social revela. Como se isso fosse importante para saber mais sobre o virus em questao. Gostava era que todos regressassemos ao passado e saber em concreto como surgiu o virus, se a forma de contagio e essa que a DGS revela, tudo e mais alguma coisa em tempo real de discussao. Toda esta confusao comecou com a OMS e tu mandas-me ir ler essa pagina ? E para rir para nao chorar. De facto ouve alguem aqui que comentou que transformaram este site de tecnologia em algo mais, eu concordo. Acho que aqui nao e o sitio ideal para falar sobre virus, uma vez que a maioria (volto a frizar) sao papagaios autenticos e nao trazem nenhuma descoberta nova para a questao. Numero de mortes e infectados nao nos faz perceber mais sobre as caracteristicas do virus. Medicos e virologos por aqui ? Nao ? Entao bye bye.

        • LR says:

          E tu, qual dos dois és? Médico ou virólogo?
          Se nenhum dos dois, qual a legitimidade para vires papaguear as tuas teorias e certezas? Pois é, nenhuma. Portanto, devias seguir o teu próprio conselho, ou seja, procurares informações credíveis de fontes crediveis. Porque, no geral, as tuas opiniões vales tanto e têm tanto rigor científico como qualquer outra. Porquê? Vé o primeiro parágrafo.

        • Santos says:

          Desculpa lá mas nesta altura tu és só ridículo com esses argumento. Primeiro é pandemia pq não é a nivel do nosso país mas a nivel mundial, do dicionário Priberam:

          pan·de·mi·a
          (grego pandemía, -as, o povo inteiro)
          nome feminino

          Surto de uma doença com distribuição geográfica internacional muito alargada e simultânea.

          “pandemia”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2020, https://dicionario.priberam.org/pandemia [consultado em 09-11-2020].”

          Se calhar tu é que devias perder mais tempo a fazer umas pesquisas e dizer menos argoladas.
          Segundo pode não haver virulogos no pplware mas há muito que esses avisam a população da seriedade e perigo do vírus.
          E tudo o que tu tens feito é tudo menos ouvi los, e ainda tentar convencer os outros com teorias da conspiração.
          E repito estás num fórum público e tu também não és médico nem virulogo, se vossa excelência não quer a sua opinião discutida não a exponha

  25. Estefâneo Empregos says:

    Preparem-se para uma nova crise em Portugal…
    Ela aí vem.

  26. Margarida F. says:

    Isto é só tirania e de nada resulta. Se resultasse não estávamos assim. E já as ndamis a aturar estas proibições desde Março.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.