Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Redes Sociais

COVID-19: Facebook restringirá desinformação dirigida às crianças sobre a vacina

Desde o início da pandemia provocada pela COVID-19, as redes sociais têm lidado com o difícil trabalho de controlar a desinformação que por elas circula. Embora focadas nos graúdos, os miúdos são também um alvo que não é descartado.

O Facebook – agora Meta – anunciou que vai estreitar as restrições relativamente às notícias e informações falsas sobre a vacinação dirigidas às crianças.

Vacinação das crianças contra a COVID-19


Com as alterações no Facebook, o WhatsApp traz também novidades

Nesta semana que passou, o Facebook, empresa que tutela as redes sociais Facebook, Messenger, WhatsApp, Instagram, entre outros produtos, passou a chamar-se Meta.

Depois da alteração do nome, os vários serviços estão agora a adotar a nova designação da empresa.


Instagram: Agora, qualquer utilizador pode partilhar links nas histórias

Antes, apenas os utilizadores verificados ou com mais de 10.000 seguidores podiam adicionar às suas histórias o swipe-up, por forma a direcionar a sua audiência para um conteúdo específico através de links. Então, depois de dar uma nova cara a esta funcionalidade, o Instagram está a disponibilizá-la a todos os utilizadores da plataforma.

Agora, qualquer pessoa poderá adicionar links às suas histórias.

Instagram Histórias


Facebook Papers: Afinal, em que alicerces se constrói o império das redes sociais?

Nos últimos dias muito se tem lido sobre o caso “Facebook Paper”. As práticas duvidosas do ponto de vista ético já eram mais do que suspeitas. O caso Cambridge Analytica veio expor a empresa da maior rede social, mas o passar do tempo fez com que o mundo esquecesse as hipotéticas más condutas.

A forma como o Facebook trata certos assuntos mais polémicos está novamente na berlinda, depois de Frances Haugen, antiga funcionárias da empresa, ter divulgado um conjunto de documentos internos. Mas afinal, o que é que dizem estes documentos?

Facebook Papers: Afinal, por que condutas se constrói o império das redes sociais?


Austrália planeia forçar o consentimento parental para menores nas redes sociais

Muito se tem falado sobre a presença – muitas vezes negligente – das crianças e dos jovens nas redes sociais. Então, a Austrália pretende forçar o consentimento parental para os menores de idade poderem utilizar as várias plataformas em segurança.

Esta medida vai abranger os utilizadores com idade inferior a 16 anos e implicará multas.

Controlo parental