Quantcast
PplWare Mobile

Categoria: Ciência

Chip com GPS alimentado por calor corporal poderá ser implantado já em 2019

As tecnologias têm uma ação importante no tratamento de doenças, mas também podem ser úteis aos doentes e familiares noutras áreas que não o tratamento. No caso de pessoas com doenças neurodegenerativas, como o alzheimer ou a demência, a tecnologia pode ser importante na localização dessas pessoas.

Existem vários produtos para monitorizar e localizar pessoas, mas agora uma empresa americana apresentou um implante com GPS que poderá ser a solução para este problema.


Paul Allen: Co-fundador da Microsoft construiu o maior avião do mundo

Todos os dias ficamos surpreendidos com aquilo que a tecnologia e a engenharia conseguem fazer. De facto, o sonho do ser humano não tem limites e à custa disso aparecem novos projetos que desafiam o conceito de inovação.

O Stratolaunch, projeto aeronáutico apoiado pelo multi-milionário e co-fundador da Microsoft Paul Allen, é um exemplo perfeito da combinação de engenho e avanço tecnológico. Trata-se de um avião gigante e espera-se que efetue o seu primeiro voo nos últimos meses deste ano.

stratolaunch aviao


NASA descobre gelo à superfície da Lua

Cientistas descobriram gelo nos polos norte e sul da Lua. Esta é uma grande descoberta que pode mudar completamente a forma como encaramos as viagens espaciais dado que, existe na Lua uma fonte de água que deverá permitir estadias mais longas.

Esta é a primeira vez que água no estado sólido foi descoberta na superfície lunar.

NASA gelo polos norte e sul


Zephyr – O avião da Airbus que permaneceu no ar quase 26 dias

Zephyr é o nome de um avião solar da Airbus que levantou voo no passado dia 11 de julho e permaneceu no ar por 25 dias, 23 horas e 57 minutos.

O avião tem uma uma envergadura de 25 metros e pesa 75 quilos. Tem duas hélices movidas por motores elétricos e painéis solares nas asas. Sim, está batido um novo recorde!

Imagem do Zephyr, o avião da Airbus


Cientistas criam mineral capaz de remover CO₂ da atmosfera

A ciência e a tecnologia não param nem tiram férias. Deste modo, estão sempre a surgir descobertas e novidades que alimentam a nossa curiosidade. Recentemente, cientistas encontraram uma forma mais rápida de produzir um mineral capaz de absorver e guardar dióxido de carbono (CO₂).

Chama-se magnesite, também conhecido por carbonato de magnésio e, se for produzido a uma escala industrial, pode abrir várias portas para a remoção de dióxido de carbono da atmosfera. Venha descobrir mais.

magnesite mineral atmosfera cientistas CO2