Quantcast
PplWare Mobile

Faz hoje 15 anos que Steve Jobs apresentou o iPhone…

                                    
                                

Autor: Vítor M.


  1. Miguel says:

    15 anos passaram, já deveria de ter muita tecnologia de ponta e o iPhone ainda não é um telemóvel avançado!
    isto olhando para a marca porque se destaca em inovação, como a tesla.
    vejo sim outras marcas a ter mais inovação e evolução do que a Apple.

    • lopes says:

      A politica da Apple sempre foi, os outros inventarem e eles agarrarem na invenção quando já andam ai à que tempos e aprimoram para meter nos seus equipamentos como se fosse a melhor coisa do mundo para o seu rebanho de fanáticos ir a correr comprar.

      • Ochinês says:

        Inventar uma coisa que não funciona ou funciona mal, não é uma grande invenção.
        Não sei se tens noção de que acabaste de fazer um grande elogio á Apple – aprimorar e lançar nos seus equipamentos só quando já é a melhor coisa que existe.
        Dois exemplos “copy/paste” e leitor de impressões digitais.
        Quanto a fanáticos é destas coisas, os smartphones que tenho oferecido ultimamente são Android. Têm uma grande relação qualidade/preço (e saem-me mais baratos).
        Do fanatismo, ou não, só podes falar percebendo até que ponto estão integrados os equipamentos Apple: iPhone /iPad/ Mac/ Apple Watch/ Air Tag e outros. É difícil usar alguns deles e substituir outro por um outra marca, de tal maneira é forte essa integração. E no preço a diferença não é assim tão grande. Tenta perceber as razões do que chamas fanatismo, sem passar por chamar ovelhas e por exibicionistas armados ao pingarelho. E por perceber por que é que há bastante tempo existem mais de 1.000 milhões de iPhones ativos (nem sei, mas já deve andar pelos 1.300 milhões).

      • iPhoneUser says:

        Só temos que agradecer a quem desenvolveu o Android por o ter feito de raiz sem teclas, assim foi mais fácil desenvolver o iPhone.
        Oh wait, foi ao contrário, tiveram todos de mudar para seguir a estratégia da Apple, e tirando os dumb phones, quem não fez igual, faliu. Blackberry, Nokia, remember?

        • MCakaZim says:

          calma lá e informa-te melhor. a Apple nao foi a primeira a meter teclado no ecra. informa-te melhor. Eu não sou utilizador Apple porque não gosto. mas tenho de dar valor as estrategias de marketing deles. muitos modelos foram lancados sem nada de novo em especial para a versao anterior , mas vendiam que nem pão a um preco altissimo. Em termos de conjugacao hardware/firmware, Apple esta muito a frente para alguem que queira algo facil e intuitivo.

    • jorgeg says:

      Tesla Pi Phone on the way para destronar o iphone.
      Depois de Steves jobs partir nada de novo mesmo nada de novo.
      So o rebanho aumentou!

    • Nuno says:

      Hahahahahahahahahahahaha

  2. Ochinês says:

    E quando foi lançado o primeiro smartphone Android? Dois anos depois, em 2018.
    Copiaram bem. Quem não quis copiar ou não soube foi “á viola”, como a Nokia e a Motorola.

  3. Zé Gato says:

    Eu acho que em 2007 já o andróide estava muito mais à frente que o iPhone!!!
    Ah…não havia andróide, nem smartphones com ecrã “muiti-touch”…ok.
    Mesmo assim acho que o primeiro iPhone já estava atrasado.

    • Ochinês says:

      Como dizes, o Android em 2017 ia sair sem “multitouch”, e semelhante ao Blackberry.
      Aqui está a grande diferença entre a Google/Android e a Nokia na reação à apresentação do iPhone em 2016:
      – A Nokia não quis saber disso e em pouco tempo fechou portas (conhece-se a venda à Microsoft, que também começou por menorizar o iPhone e a seguir deu com os burros na água quanto ao “mobile”);
      – A Google/Android deu uma volta de 180º, passou mais um ano e o primeiro HTC com Android já tinha algumas parecenças com o iPhone.
      De modos que …

    • MCakaZim says:

      A empresa Fingerworks criou o multitouch em pequenos ecras. A Apple comprou a empresa que o tinha inventado. A Apple na verdade na inventou nada na criacao do iphone, a Apple comprou patentes, empresas e o que fosse preciso e pegou no que estava ja inventado e juntou num so equipamento pequeno. mas tecnologia inventada Apple nao tinha, melhorada sim. Mas nao se tira o merito a empresa claro

  4. Tide Máquina says:

    Agradeçam ao Steve Jobs por ter sido o primeiro a fazer o que muitos queriam e não souberam como fazer. Graças a ele temos os handsets que temos hoje.

  5. DB says:

    15 anos e pouco evoluiu, no design é uma desgraça, na camera está a léguas, no notch está a milhas, no preço está um assalto ao bolso…. áifóne nunca

    • Zé Gato says:

      Como dizem os antigos “cada um sabe de si”.
      Uma coisa é certa, não é por tu achares isso e não comprares que eu tenho de achar o mesmo e não comprar também. Isso é certo.
      O meu primeiro iPhone foi um 3GS, e sabes que alternativas haviam na altura? Os saudosos Q’tec que depois deram lugar aos HTC, e claro já havia a Samsung também.
      O iPhone era e continua a ser um campeonato à parte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.