PplWare Mobile

Análise: iPhone X… o melhor de todos


Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

96 Respostas

  1. Joel Reis says:

    Isto é que é uma extensa review, começou com um tom de marketing e algumas inverdades mas acabou de forma mais objectiva.

    • Vítor M. says:

      Estamos a falar num iPhone do décimo aniversário e sobre ele caiu vários eventos, como a inauguração de um espaço que marca o mundo da tecnologia, marcou um início de uma nova fase de um dos mais importantes smartphones do mundo, e portanto era importante referir com rigor tudo o que se passou. Depois, em tudo o que foi dito, este sempre muito bem documentado quer por documentação de terceiros, quer pela nossa vasta experiência, como tal, o que foi dito TUDO, está totalmente a transparecer o equipamento, quer o que é positivo, quer o que é menos positivo… e até o que é negativo. Alias, segue a mesma linha de sempre: seriedade e total objectividade sem qualquer influência de qualquer âmbito externo ao normal uso do equipamento.

      • Joel Reis says:

        “o processador mais poderoso do mercado, o melhor ecrã e a melhor câmara”
        A melhor câmara não é a do iPhone X, é a segunda melhor.

        • Vítor M. says:

          Fotográfica é a melhor, perde apenas no vídeo para o Pixel 2.

          • Joel Reis says:

            “câmara”. É falso!

          • Vítor M. says:

            Joel prova lá isso então. Vai ver os resultados. Vê se não teve 101 pontos.

          • Tiago says:

            Perde para o Pixel 2 … é a 2ª melhor camara . Mais duvidas é ir ver o Dx0 Mark.
            Isto é uma review e tanto mas só de lembrar o falhanço do faceID e os 2 dias de bateria que NAO TEM, com dados ou wirelesse e facebook a trabalhar dura 1 dia e levar 2 horas a carregar, é ridículo custar o que custa…
            O meu tlm custou metade disto e carrego de 10% a 90% em 30m 🙂 …
            Mas pronto, isso pouco interessa , os fanboys e o pessoal que gosta de coisas simples de usar vao comprar a mesma .

          • Vítor M. says:

            Tiago, ora prova sff que em fotografia a câmara do iPhone não é a que recebeu mais pontuação nos testes da Dx0 Mark. Eu digo que teve 101 pontos e tu, quantos dizes que teve?

          • Joel Reis says:

            ” DxOMark MOBILE
            98 – Google Pixel 2
            97 – Apple iPhone X ”

            Qual é a dúvida? O conceito de “CÂMARA”?

          • Vítor M. says:

            Sim Joel, claro que podemos ler tudo o que foi escrito e diz assim “Também esta foi apelidada de a melhor câmara no mercado pela DxOMark, embora apenas para imagens estáticas…”

            É claro, se queres ir contra a realidade tens de ir ao contraditório, isso exige que vás ao teste de cada máquina e vejas em fotografia, nas tais imagens estáticas, que pontuação tem o iPhone X e o Pixel 2. Então verás que o iPhone X obteve 101 pontos e o Pixel 2 99 pontos.

            Vê, contudo, quem ficou em segundo 😉 com 100 pontos.

            A ideia é termos uma análise totalmente correta, embora possa ser sempre melhorada, mas o que referiste está correto na análise.

            Bom ano.

          • Joel Reis says:

            Quando se refere apenas “câmara”, como é o caso, abrange tudo, e aí fica em segundo.
            Boas entradas!

          • Vítor M. says:

            Podes assumir o que quiseres, o que te deixar mais contente 😉 a verdade sem truncar os factos é a que está no artigo.

        • Rui says:

          O melhor ecran é do Galaxy Note 8.

  2. hed silva says:

    Numa analise publicada agora não percebo como é que não falaram na camara saliente, aquilo abusa! o telemovel pousado fica realmente de “lado”.. Outra coisa é o Face ID não dar para autorizar as compras de familia! E afirmam que é melhor que o touch id! Não parece!

    • Vítor M. says:

      Boas. Sim esse ponto já lá está sim, estava oculto e obrigado por referir. Já no caso do Face ID ter um comportamento diferente do Touch ID no caso das compras de família, essa é uma alteração de forma de utilização e como essa há muitas outras, assim como muitas ações mudaram com a introdução do Touch ID e não são propriamente uma falha, será antes uma mudança de política de utilização. Mais coisas vão sofrer esse tipo de alterações e concordo que algumas ficam bem melhor com o Touch ID.

      • Hed says:

        Vítor neste ponto chama o que quiseres, política de utilização , opção, etc mas passar de um desbloqueia fácil através do dedo/cara para password é um retrocesso!! Um retrocesso que só pode ser explicado com as recentes falhas encontradas na família!

        • Vítor M. says:

          Respeito a tua opinião. Mas vamos ver o que o mercado diz sobre isso. Pessoalmente gosto, melhorou numas coisas, é pior quando quero aceder com ele em cima da mesa, já funciona dentro das armbands…. é apenas funciona muito bem. É como tudo o que é novidade.

  3. Pedro says:

    Nunca no PPLWARE vi uma análise a um smartphone com este nivel de detalhe. Espero que o mesmo se possa repetir noutros equipamentos de igual calibre como por exemplo o novo Galaxy S9. Para além disso, apesar de não concordar com o muito que se escreveu, mas isso são opiniões, gostava de chamar a atenção para uma coisa. Esta afirmação não é verdade “Também esta foi apelidada de a melhor câmara no mercado pela DxOMark…”. É só verem o site, mas em abono da verdade em termos de vídeo o Iphone X é , talvez, o melhor.

    Bom ano para todos

    • Vítor M. says:

      Não é verdade, basta ver todas as análises aos topos de gama para perceberem que têm o mesmo nível de detalhe. Era importante estares bem documentado antes de falar, convido-te a passar nas nossas análises e veres: http://bit.ly/2dqAEZ9

      Depois, volto a sugerir que primeiro vás certificar-te que sabes o que estás a afirmar, nos testes da DxOMark o iPhone X em fotografia teve 101 pontos, a melhor pontuação, ficou mesmo à frente do Pixel 2 por 2 pontos. E ao contrario do que afirmas, perdeu pontos sim no vídeo e por isso ficou nos 97 pontos na geral.

      Bom ano.

      • Hed says:

        Vítor e o Note 8? Já foi apresentado assim? Para mim é o melhor do momento cantos arredondados, construção sólida tudo no sítio!

        • Vítor M. says:

          Foi, fizemos vários artigos até sobre ele, falamos já até de vários extras que se acoplam a ele, falamos na fantástica utilidade da stylus. Tudo muito bem detalhado. Não há ponta de mácula no nosso trabalho, adoramos este segmento e todas as máquinas fazem parte dele, são máquinas para usar e por isso temos um cuidado como não há em Portugal quem o faça com esta qualidade, a análise de hoje é também ela uma prova disso.

      • Helder says:

        O vídeo ganha, só que a DXO, testa o iPhone X a 1080p 30 FPS, porque segundo eles “é a definição de que vem de fábrica”, como se o utilizador não soubesse mudar isso…

        Isto é, a Google paga-lhes, por isso têm de arranjar maneira do iPhone ficar atrás.

        No ano passado, foi rejeitar a funcionalidade de retrato do iPhone 7 Plus, completamente desvalorizada… porquê? Porque a Google não tinha.

        Este ano, a Google já tem, por isso já metem na pontuação.

      • Edgar says:

        Nos teste da DxOMark o iphone X tem 97 e o Pixel 2 98!!
        https://www.dxomark.com/category/mobile-reviews/

        • Vítor M. says:

          Ora abre lá cada teste e vai ver a pontuação no que toca a fotografia. O iPhone X é o que arrecada melhor pontuação, com 101 pontos seguido do Huawei Mate 10 Pro com 100 e depois vem o Pixel 2 com 99.

          • Edgar says:

            Efetivamente, contudo, acredito que o foco seja a soma das partes e não que a parte tome o todo. De qualquer forma corrige-se, o pixel 2 tem a melhor câmara do mercado, seguido do iPhone, segundo o DxOMark. Assim está mais correto creio.

          • Vítor M. says:

            Como analisamos a fotografia e não a parte de vídeo, e como cada vez mais a fotografia é um ponto fundamental, o resultado obtido em fotografia é o destacado. Mas os resultados mostram também, no conjunto, uma excelente câmara em vídeo, apenas ultrapassada sim pelo Pixel 2.

      • Tigas says:

        É o mesmo que afirmar que a melhor defesa é que ganha o campeonato…. Uma câmara é pelo overall e nao fazer melhor X ou Y , é um todo e sendo um todo o Pixel ganha.

        • Vítor M. says:

          Como quiseres, podes desenvolver a opinião e interpretação que entenderes, contudo, o que a empresa referiu foi mesmo que a câmara em fotografia era a melhor e por isso teve uma pontuação mais elevada. Para fotografia a câmara do iPhone X é a melhor do mercado. E quem será a segunda melhor?

    • Rui says:

      Chamem lá os Lumia já com uns anos, e vamos lá comparar as câmaras ….

  4. Mário Coutinho says:

    Boa tarde.

    Em relação às vossas análises, fiquei um uma duvida de como são geridas.

    Esta minha questão, prende-se com a análise ao IphoneX, que pelo que li esteve um mês em testes.

    Assim, pergunto quanto tempo tiveram em testes o Huawei Mate 10 Pro, porque pelo que vi, saiu depois e a análise já foi disponibilizada à bastante tempo.

    Isto não é uma critica, mas sim uma duvida, porque estou interessado em adquirir um ou o outro e queria perceber melhor os testes de que modos foram realizados.

    Aproveito para desejar um grande ano de 2018 a todos.

    • Mário,

      Tal como aconteceu no iPhone X, o Pplware teve acesso antecipado ao equipamento e foi testado durante algum tempo. Toda a informação que encontra na análise do Huawei Mate 10 Pro teve o mesmo tratamento que a do iPhone X.

      Não é nossa prática lançar análises com apenas alguns dias de utilização. Mesmo que demoremos mais tempo, preferimos publicar informação com bases sólidas a escrever algo sem uma sustentação na nossa experiência e prática de utilização.

      O Huawei Mate 10 Pro foi colocado nas nossas mãos para utilização no dia em que decorreu o evento de apresentação mundial, onde estivemos presente, como é hábito. Não lhe sei precisar o dia, mas com uma pesquisa rápida nos nossos artigos consegue essa informação.

  5. Belmiro says:

    Concordo, o iPhone X é o melhor iPhone de sempre.

    O teste está muito bem feito, boas fotos e está completo (para não dizer que é curiosamente o mais completo de sempre) mas há alguns pontos que gostaria de salientar:
    – testes devem ser neutros, os vossos principalmente na Apple são para quem lê quase uma publicidade da marca
    – “este é primeiro ecrã OLED que está à altura do iPhone”. Oi? Isto é a marca que diz ou vocês são técnicos e fizeram uma avaliação personalizada? Mas aos anos que os ecrã OLED eram superiores tecnicamente aos LCD da Apple e com contraste/brilho perto dessas ordens. A Apple só não usou antes por custarem mais.

    Sejam mais neutros a fazer análises (!= publicidade)

    • Vítor M. says:

      Para ti mais neutralidade é dizer sempre mal da Apple e não é possível ter essa tua neutralidade. De facto este é o primeiro ecrã à altura do iPhone por várias razões já explicadas em muitos momentos. Primeiro porque a Apple provavelmente não tinha conseguido antes ter várias outras tecnologias afinadas para os OLED, depois, devido ao facto da Samsung ter fabricado um ecrã com as características solicitadas pela Apple, como podes ver este tem algumas alterações ao que normalmente os ecrãs OLED apresentam e por isso este foi um trabalho à medida, alias, é a empresa que o refere e na verdade em termos de imagem é geral o consenso de quem usou 😉

      Portanto, a análise é totalmente honesta, justa e imparcial derivada de uma utilização constante e dedicada para não trazer qualquer falta de objetividade. A esta altura é que faz sentido sair uma análise a este equipamento, porque agora com o iOS muito mais afinado podemos ver onde estão os pontos fortes e os pontos fracos.

      Depois, como deverias saber, a Apple não patrocina nada, são uns forretas (e as nossas análises nunca foram ou são patrocinadas, total afastamento desse tipo de trabalhos) e essa tua teoria de publicidade é, como sempre (em tudo o que é Apple) hate!

      Sugeria que conseguisses ver com isenção e sem esse ódio à Apple, estamos a falar de marcas e não de clubes de futebol 😉

      Abraço.

      • Belmiro says:

        Vitor, para quem “vende” Apple acho curioso dizeres isso dos outros.

        • Vítor M. says:

          A tua opinião está inquinada pela posição que tens sobre a tecnologia. Depois avalias as pessoas como certamente te avaliam a ti e tu aceitas, isto é, com a presunção de qualquer conhecimento sobre elas. Estás errado, não vendo nada, apenas tenho opinião própria. Crítico, não digo mal, uso tecnologia, não sou usado por ela, obrigo que a tecnologia se adapte ás minhas necessidades e não adapto as necessidades à tecnologia… isso faz toda a diferença do que entendo sobre tecnologia e de como tu falas e comentas sobre tecnologia.

          😉 bom ano.

      • Ricardo says:

        Diz o artigo que a Apple se serviu do OLED apenas quando este estava a sua altura; diz o mesmo artigo que o écran lcd era o “ elo” mais fraco do iPhone em relação aos OLED já adotados pela concorrência a alguns anos, ou seja os OLED já são muito melhores ecrans que os lcd retina a alguns anos, mas só agora estão à altura do iPhone, significa isto que a tecnologia não Apple só está á altura da Apple quando for muito superior, ser superior só, não basta. O departamento de marketing da Apple não faria melhor.

        • Vítor M. says:

          Essa é a tua conclusão inquinada. O que é dito é que agora o OLED que a Apple desenhou e a Samsung fabricou está pronto para assumir um compromisso entre o hardware e o software, até porque só agora a Apple conseguiu colocar algo com as suas especificações, provavelmente antes não tinha conseguido chegar a algo que lhe interessava. Se um dia vires um ecrã de um iPhone X ao lado de um qualquer outro OLED verás que é diferente, a Apple optimizou a tecnologia para ter tons mais reais e menos saturados, alias a saturação sempre foi apontada como uma característica menos positiva nestes ecrãs.

    • Rui says:

      O ecran OLED usado no iPhone X é fabricado pela Samsung, segundo as especificações da Apple, deve ser por isso que o ecran OLED do Galaxy Note 8 é considerado o MELHOR ecran.

      • Vítor M. says:

        Serás? É que não é isso que as entidades especializadas dizem 😉 e eu justifico:

        What makes the iPhone X the Best Smartphone Display is the impressive Precision Display Calibration Apple developed, which transforms the OLED hardware into a superbly accurate, high performance, and gorgeous display, with close to Text Book Perfect Calibration and Performance!!

        Raymond Soneira, president DisplayMate Technologies

  6. José Bacalhau says:

    Grande máquina! Demasiado caro para o que faria com ele, contudo.

  7. Miguel says:

    O Iphone X é uma máquina de topo sem duvida, assim como outros smatphones.
    Mas hoje deparei-me com uma coisa que deve ser uma das principais razões das pessoas darem mais de 1000 euros por um telemovel que faz pouco mais e mpouco melhor que outros de 600 euros.
    Essa “coisa” são sa capas de proteção. Hoje no Metro reparei em 3 raparigas a mexer intesivamente dos seus iphones (possivelmente edição de imagem e video e cálculos matemáticos complexos) quando reparei nas capas de proteção que eram as 3 iguais mas de cores diferentes. As capas eram únicas, e nunca tinha visto capas iguais em outras marcas de smartphones. As capas eram de plástico ou silicone, não sei bem……mas a caracteristica única estava ali, na parte traseira da capa; uma abertura redonda que deixava ver aquele simbolo inconfundivel da Apple, a maça mordida.

  8. Jobz says:

    Sem dúvida nenhuma…. O melhor iPhone de sempre, e um dos melhores do mercado, com tecnologia que a concorrência já tem há bastante tempo.
    Sem dúvida nenhuma!!!

  9. NEVES says:

    É BOM QUE SEJA, QUANDO CUSTA MAIS QUE UM MACBOOK AIR…

  10. MG says:

    lol, um tlm a comprar sem duvida, a Samsung agradece 😉

  11. João Paulo says:

    Não deixa de ser uma bela capa

  12. Luis Silva says:

    Não queria este smartphone nem dado.

  13. Nuno says:

    A Apple é os termos de marketing que inventa são fantásticos, agora o ecrã é Super Retina HD. A cada lançamento come as palavras que disse à posteriori. Primeiro eram os ecrãs de 3.5 polegadas que eram perfeitos e os outros gigantes. O mesmo se diz da densidade de pixeis, que não fazia sentido ter mais de 350 ppi. Estes dois acabaram com o lançamento do iPhone 6 e 6 Plus, e piorou ainda mais com estes. Ainda bem que não viram o ecrã 4k presente nos Sony, senão seria Super Hiper Extra Ultra Mega Retina HD.

  14. Nelito says:

    Excelente review , parabéns, só discordo desta passagem:

    …. ” “primeiro estranha-se e depois… entranha-se”. Tudo sem aborrecer absolutamente nada. “…….

  15. rgj says:

    Para ler esta análise ao iPhone X no meu PC, gastei a bateria nova que tinha colocado no rato de tanto fazer scrooll…!! Curioso é que já vi por aqui outras análises a outros equipamentos e não foram tão extensas! Porque será?? Bom Ano para todos.

  16. Marco says:

    Boa noite.
    Não duvidando da qualidade de um aparelho que custa mais que dois ordenados mínimos sugeria algo á equipa que avalia os equipamentos: os apreciadores de Samsung avaliarem os iPhones e os apreciadores de iPhone avaliarem Samsung. Talvez as análises fossem mais objectivas.
    É só uma opinião

    • Vítor M. says:

      Não funciona dessa forma. Todos os que estão envolvidos nas análises testam todos os equipamentos para ganharem conhecimento, verificarem semelhanças, conhecerem as diferenças e descobrirem novidades. Dessa forma há termo comparativo, por isso as análises são objectivas, criteriosas e pormenorizadas.

  17. Af Pd says:

    demora tanto tempo a ficar desbloqueado e pronto a funcionar…o desbloqueio facial mais o swipe up é engraçado durante 2 dias, depois é meio aborrecido…

  18. pedro says:

    Speed test: Vernee Mix vs iPhone X | You’ll be shocked
    https://www.youtube.com/watch?v=flyUE9zju8Y
    Aconselho a verem o video.
    Um bom telemóvel chinoca de 150 euros versus um de 1300 euros!!!
    Será que o iPhone vale 9x mais ?

    • Vítor M. says:

      Mas em termos de ecrã? Em termos de câmaras? Em termos de materiais de construção? Em termos de som? Em termos de desempenho constante? Em termos de conectividade? Em termos de longevidade?

      Nem tem comparação, estás a falar num de entrada de gama para um topo de gama. É o mesmo que teres um Mercedes GLC e um Dacia Duster. Ambos têm 4 rodas, ambos são SUV, ambos têm ar condicionado, volante e mais umas comuns particularidades. Achas que vale a diferença de preço?

      • pedro says:

        um dá 220 km e o outro é 9x mais barato e dá 190km …. é essa a questão!!! além de que o ecrã do chinoca também é bom, acho que é da Sharp 6″ FHD+ (2160 x 1080)!!! O iPhone X é melhor mas não é tão melhor que justifique ser 9x mais caro!!! é só essa a questão …. mas é apenas a minha opinião e cada um gasta o dinheiro como pode e/ou quer!!!

        • Vítor M. says:

          Ok os termos de comparação deixam cada um na posição de decidir. Se falas na velocidade, obviamente que o X é mais rápido em quase tudo, mas no que foi mostrado é o esforço mínimo.

          Ora coloca lá aplicações com RA a funcionar. Coloca lá a renderizar um vídeo, coloca lá os jogos mais poderosos é apetecíveis a correr. Agora abre isso tudo e vai fazer de novo o teste. Tira umas fotos com ambos.

          Faz um vídeo em 4K e coloca a reproduzir, liga o GPS com isdo tudo carregado. Testa isso depois de dois meses e vê de novo o resultado 😉

          Terás um Fiat Panda 4×4 versos o mesmo Mercedes GLO.

          Tudo se baseia na escolha. Por isso há opções que cada um faz.

          • Rui says:

            Ó Vitor cai na real, não há nenhum smartphone no mercado, seja ele de que marca for que justifique o preço superior a 1.000.00€ (a não ser que seja banhado a ouro diamantes etc).
            Inovação tecnológica, nenhuma, o que é utilizado já existe á anos, neste caso especifico o que inovou ? NADA.
            Estes preços absurdos só se justificam por uma questão de marketing e de status de certas pessoas querem tramsmitir, para poderem dizer, o meu smartphone é mais caro que o teu, eu tenho mais poder económico, nada mais.
            Mas quem quer exibir poder económico compra um Rolls Royce, porque PODE ! Quem não pode, compra um iPhone a prestações.
            E o resto é conversa.

          • Vítor M. says:

            O mercado não se compadece das opiniões superficiais que possamos ter. Concordo que é muito dinheiro mil euros por um equipamento, referi no artigo que o preço do iPhone X é um exagero, mas repara que já poucas marcas que fabricam equipamentos premium têm os seus topos de gama abaixo dos mil euros. A Google, a Samsung, a Huawei… todas essas também já os têm acima dos mil e muitas outras também o farão, até a Xiaomi o fará.

            Se o preço reflete marketing ou outro qualquer motivo…. bom, eu diria que é lucro, mas o que dizes deste segmento eu digo-o de todos. Diz-me um mercado que atualmente não tenha produtos de entrada de gama, gama médias e gama superior. Cada vez há mais oferta e cada vez haverá mais equipamentos caros.

            Rui, mas comprar coisas caras não é para as pessoas dizerem às outras que têm algo melhor que elas 😀 não sei em que tipo de sociedade vives mas se compras um modelo de um carro mais caro que um modelo entrada de gama de certeza é porque este te traz algo mais, te oferece mais qualidade nalguma coisa.

            Sobre o que inovou, sobre o que adicionou, sobre o que oferece em termos de qualidade… tens de usar, se não usares e apenas tiveres uma opinião empírica… vale o que vale e o resto é conversa.

          • pedro says:

            Caro Rui, disse tudo o que eu também acho …. apenas corrigia para 800 euros o limite para um telemóvel de topo …..

          • Vítor M. says:

            Mas porquê 800 euros? Porque não 600 euros ou mesmo 450 euros?

          • pedro says:

            Caro Victor, não leve a mal o que vou escrever, não é uma critica pessoal á sua pessoa, é apenas é a minha análise sincera e objectiva do que se passa no actual mercado dos telemóveis. É por haver muitas pessoas como o Victor, que defendem o indefensável, que pagam o que for preciso para ter o ultimo modelo de telemóvel, que a Apple e a Samsung, inteligentemente puxam os preços dos seus topos de gama para preços exorbitantes. Há muito tempo que não existe tecnologia e inovação que justifique tais preços. Ao analisarmos, por alto a oferta no mercado, facilmente concluímos que temos telemóveis da gama dos 200 aos 300 euros que não ficam muito atrás dos iphones e dos S7, S8, etc. Sou defensor que os preços, teoricamente, formam-se no encontro entre a oferta e procura, e não na regulação do Estado ou de outras entidades. Mas o absurdo a que assistimos nestes preços é também fruto de uma boa estratégia de marketing destas empresas, que tem num entre os seus objectivos vender produtos que os próprios consumidores não necessitam ou criar necessidades que eles próprios desconheciam. Aliada a esta estratégia junta-se ainda a diminuição intencional, cada vez mais, dos ciclos de vida dos produtos, de forma a incrementar esta necessidade de consumo aliada à projecção de um pseudo-status que as pessoas julgam o que um determinado telemóvel dá. Perante isto, no meu caso, felizmente, até poderia comprar dois iPhones X, mas não o faço, porque racionalmente acho um mau negocio. Conheço muitos empresários, que movimentam milhões de euros e têm telemóveis de preços “normais”!!! A minha fasquia actual é os 800 euros e não outro valor, porque face á diversidade e qualidade que o mercado está neste momento a oferecer, é a minha taxa de esforço máxima, acima disso, considero começar a andar ao sabor dessas duas marcas ancora e completamente maniatado. Desejo um óptimo ano de 2018 a toda a equipa do pplware, que continuem o excelente trabalho que têm prestado aos leitores, pois são um imprescindível meio de informação e analise no mundo das tecnologias.

          • Vítor M. says:

            Bom dia Pedro e bom ano.

            Eu pago o que acho que devo pagar e foi o Pedro que disse um preço, até porque por norma eu investido onde comprar e onde estão os melhores preços, e não é só nos smartphones, é em tudo, isso é saber viver e penso que é assim que devemos estar na vida.

            Sobre defender o indefensável, repare que está errado face ao que eu referi, se vir na minha análise o preço é um ponto negativo, até porque, como lhe disse, comprei a um preço bem melhor e acho injusto um preço de quase 1200 euros por este equipamento.

            Depois o Pedro diz o seguinte “Ao analisarmos, por alto a oferta no mercado, facilmente concluímos que temos telemóveis da gama dos 200 aos 300 euros que não ficam muito atrás dos iphones e dos S7, S8, etc. ”

            Mas 200 ou 300 euros? E os equipamentos a 60 euros não fazem o mesmo que esses de 200 ou 300 euros? O Pedro sabe que não fazem, claro que sabe bem isso.

            Depois sobre o que disse… está certo, é uma opinião que acho que colhe a generalidade do consenso mas o mercado como está… está a funcionar, para que o quer condicionar? Acho que temos tanta oferta que é ridículo condicionar, se não queremos, não compramos (como o Pedro também referiu).

            Qual é o interesse haver smartphones, carros, vestuário, relógios, óculos ou qualquer outro produto com preços caríssimos (não são preços altos, nós é que ganhamos pouco)?

            Com a oferta tão vasta cada um compra o que quer e acha útil à sua vida, porque há muitas utilidades num smartphone e muitos cenários diferentes de pessoa para pessoa. Ou será que queria um iPhone X, um Galaxy S8 ou um Pixel 2 XL a 500 euros? Mas se quer gastar apenas 200 ou 300 euros tem essa oferta, mas não terá o que os outros caros têm, e sei que sabe disso, embora se contradiga, ao referir que “A minha fasquia actual é os 800 euros e não outro valor…” pergunto, mas porquê 800 euros e não 300 euros?

            É fácil a resposta, porque sabe que um smartphone de 800 euros tem mais que um de 200 euros e por isso é que eu digo que um de 900 ou mil euros tem algo mais que um de 600 ou 800 euros.

            Mas disse algo fundamental “…é a minha taxa de esforço máxima, acima disso, considero começar a andar ao sabor dessas duas marcas ancora e completamente maniatado. ”

            Cada um sabe a sua taxa de esforço e o mercado sabe a taxa de esforço de todos. Por isso o mercado da tecnologia é muito forte.

            Bom ano, obrigado pela sua participação num diálogo construtivo.

        • Miguel says:

          Concordo plenamente com o Pedro. É a diferença entre ser objectivo e ser fanático pela marca X ou Y.
          A título de exemplo basta comparar o One plus 5t e o iPhone X. Um custa 1/3 do outro, no entanto a bateria dura mais tempo, demora menos tempo a carregar, também tem excelentes materiais de construção e como já foi demonstrado por youtubers conceituados, retirando os renders a 4k a performance é idêntica. É verdade que o outro é superior em fotografia, mas essa diferença vale 3x mais?
          Esta pergunta também é valida vs o topo de gama de qualquer marca que pede 1k euros ou mais por… um telefone.

          • Vítor M. says:

            Mas porquê o OnePlus 5t se há equipamentos mais baratos e que permitem as mesmas coisas? Pode o OnePlus 5t ser ligeiramente mais rápido que um smartphone de 100 euros, mas valerá a diferença de 400 euros? É verdade que o OnePlus 5t é mais rápido a carregar que um Oukitel K6000 Pro, mas este último tem mais autonomia, tem um leitor biométrico mais rápido que o OnePlus 5t…. será que vale a pena gastar mais 400 euros? É a diferença entre ser objectivo e ser fanático pela marca X ou Y.

            Esta pergunta também é válida para qualquer média gama de custe mais de 450 euros… é apenas… mais um telefone.

  19. Ricardo says:

    Processador mais poderoso do mercado!!!??? Então o e o kirin 970 com inteligência artificial integrada??? Não está ao nível do A11 Bionic?

  20. Sateliko says:

    A camara do iphone X é a melhor:
    https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=s8DAsVDOalk

    Nota-se e a credibilidade da DXOmark cada vez está melhor é que paga mais,
    81 na estabilizacao no Note 8
    91 na estabilizacao do iphone X

    Um dos muitos aspectos em que se comprova o quanto é credível.
    Ambas as camaras são boas como é obvio uma melhor que outra em certos ambientes especificos mas a do Note 8 é melhor em mais ambientes e nem falo em video. Já a camara da frente sofre do mesmo.

    https://twitter.com/evanrodgers/status/943967860061364225

  21. helder11 says:

    A review tem um pequeno erro.

    Nas especificações de bateria fala se que a bateria e maior que no iPhone 8 Plus , por isso e a maior de todos os iPhone. Isso é errado pois houve um downgrade na bateria, devido ao A11 ser mais poupado, reduziram a bateria.
    No meu iPhone 7 Plus tem 2915mah

    • Vítor M. says:

      O iPhone 7 Plus tem uma bateria de 2900 mAh. O iPhone X tem a maior sim em comparação com o iPhone 8 Plus, mas está ligeiramente atrás da bateria do iPhone 7 Plus em capacidade, contudo esta nova consegue duas horas a mais de autonomia.

  22. Tiago says:

    Recebi de presente de Natal o iPhone X tenho a possibilidade de falar com conhecimento de causa, falem do que quiserem que isto e que aquilo etc e etc… É sem sombra de dúvida o melhor smartphone de sempre!!! Quem nao percebeu que leia novamente esta e outras analises.
    Existem outros aparelhos que tem grandes trunfos e sao excessionais mas nao chegam la e como o anúncio “falou-lhes um bocadinho assim”.
    Concordo em absoluto que o preço é esurbitante mas 800€ por um Samsung ou outro “chinoca” qualquer é a mesma coisa. Ferraris e Rolex tambem nao sao para todos

  23. Samuel says:

    O nível de comentários que por aqui vai só tem comparação com o nível em que está o futebol português. Dito isto, estava á espera desta análise a algum tempo. Estava a fazer conta com ela para saber se avançava para a comprar ou não, como demorou um pouco e eu estava mesmo a precisar de comprar um telemóvel novo (porque não sou dos que troca todos os anos mas sim só depois de 3/4 anos), fiz um pouco de investigação e resolvi comprar. Claro que a única opção para mim era o cinzento sideral, aquele branco acho que foi muito mal feito mas isso são gostos. Em relação ao iPhone em si, só mesmo quem o tem (e mexer nele 5 minutos não conta) consegue perceber todo o potencial e qualidade que a Apple conseguiu neste Telemovel! A junção de todas estas tecnologias (umas mais inovadoras e outras já mais maduras) é absolutamente fantástica! A própria forma de usar um iPhone torna-se diferente do que era, refrescante até, sem nunca perder a identidade da marca!
    Parabéns pela review, está muito boa!
    Só uma pequena questão: há uns dias atrás comecei a ter um aumento do consumo da bateria absolutamente enorme, não chegava sequer a um dia! Nada que um reset não resolvesse rapidamente. Mas gostava de saber o que causou isto.. utilização normal, tudo dentro do normal mesmo.
    Boas entradas para todos

  24. Marcio Pego says:

    Excelente Review. Parabéns.

  25. Francisco Mota says:

    Excelente análise. Das melhores que vi sobre o iPhone X em toda a internet. Muitos pormenores, críticas nos pontos certos e boas dicas. Tudo isto incomoda quem queria uma análise pobre, mentirosa e despida de verdade.

    Este tipo de pressão que os adeptos do Android fazem noutros sites vergam a verdade, influenciam a justiça da análise. Felizmente que aqui não.

    Sou adepto de duas das melhores máquinas, do iPhone X e do Note 8. Ambos muito bem analisados aqui.

    Mais uma vez parabéns pela extraordinária análise.

  26. Tiago says:

    Excelente artigo. Os meus parabéns!!!
    Tenho o iPhone X e partilho da sua opinião, pois considero sem dúvida o melhor iPhone de sempre.
    O ecrã OLED traz outra qualidade ao telemóvel. Face ID embora ligeiramente mais lento que o Touch ID, considero-o melhor no dia-a-dia, pois por exemplo quando faço desporto, não preciso de tirar as luvas. No entanto, a desvantagem que encontro é de manhã quando acordo. O brilho do telemóvel por vezes impede-me de ter ambos os olhos abertos e por consequência, o telemóvel não é desbloqueado.
    Aprecio imenso a nova utilização do Home Button. Achei intuitivo e tive qualquer dificuldade em me adaptar.
    A bateria aguenta facilmente 1 dia com um consumo intenso. 2 dias com consumo moderado.
    Uma crítica que faço no entanto para todos os telemóvel de topo de gama é o constante preço que “ano após ano” aumenta.

  27. Joao Rodrigues says:

    O melhor smartphone do mundo já com DualSim, suporte para cartões de memoria de 500gb, transferência das fotos brutais por Bluetooth, sempre com as ultimas atualizações disponíveis até aquelas que o vão tornar mais lento daqui a 2 anos, uma só sobrancelha no ecrã, em cristal basta um grito de tenor e fica todo partido, quando quiser atender o telemóvel que é para isso que foi feito não vai ser possível porque ficou sem bateria.

  28. Ricardo Teixeira says:

    Aprecio muito o Pplware mas efetivamente, repito, efetivamente, cada vez mais se parece um site da Apple. Consigo ver isso na voracidade com que os moderadores defendem tal marca. É boa, tem bons produtos, mas não para tanto

  29. Celso says:

    Boa review, feita por um claro fã da Apple…

    Algumas coisas que discordo:
    * A vida da bateria é boa, mas não chega ao nível do iPhone 7 Plus. Consegui várias vezes 2 dias com este último, situação que ainda não verifiquei no X.
    * O SOC é poderoso, sem dúvida, mas no dia-a-dia não se nota a diferença para o Pixel 2 XL (que também possuo), Aliás o iOS 11 é famoso por ter mais frame drops que as versões anteriores, e isto ambém se verifica no X.
    *A câmara é excelente, mas, na minha opinião, perde para o Pixel 2 XL, especialmente em situações de pouca luz.
    * Situação semelhante na câmara frontal, onde o portrait mode do PIxel é bastante superior. Além disso o ângulo da câmara frontal do iPhone X continua ser muito mais fechado que em outros smartphones, o que torna muito mais difícil captar toda a gente numa selfie de grupo.
    * Quanto ao ecossistema… atender chamadas e mensagens no meu iPad é útil, mas a restantes funções já existem também para utiliza o ecossistema Google. Aliás a Google já se começa a destacar em alguns pontos. Neste momento posso, por exemplo, activar o Assistant no meu Pixel (em inglês, claro) e dizer algo como “Play the latest Avengers trailer on my TV” e ele transmite imediatamente o meu pedido para a minha ShieldTV.

    PS: Realmente julgo que esta foi a maior review que alguma vez vi no pplware, mas, tendo em conta que o Vitor M. é o Boss, não me admira. XD

    • Celso says:

      Esqueci-me de falar do FaceID.

      É um bom sistema e não tenho dúvidas que seja o futuro, mas, neste momento, é inferior ao TouchID, uma vez que é mais lento a reconhecer-me e falha mais vezes.

      Pode ser que com o tempo o machine learning da Apple o melhore significativamente, mas, HOJE, ainda sinto falta do TouchID.

  30. Pedro Soares says:

    Vitor M. como é que classificas o Iphone X face ao OnePlus 5T?

    Um abraço e bom ano!

    • Vítor M. says:

      Sem dúvida, mas ali há algo estranho, o Note8 atrás dos Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus? Qual o critério, o preço? Não. A qualidade do hardware? Não, a peugada no mercado? Não. Vendas no segmento Android? Não. Então?

      • JM says:

        Mas por que motivo é que há algo estranho? Refere especificamente o custo/benefício. Um S8, se procurarmos bem, encontra-se atualmente a metade do preço do iphone X mais barato. Por isso concordo que entre as marcas de referência, ainda é uma melhor compra do que o Iphone X.
        Aliás, o pplware também concordou que o S8 foi melhor smartphone que o iphone X, de acordo com a pontuação que lhe atribuiu aquando do seu lançamento, 9,5 vs 9,2 de pontuação global, (desempenho, design e câmara). E na altura custava entre 800 e 900!
        Entretanto estão de parabéns pela review do Iphone X que é objetiva nos dados apresentados. Ainda assim considero que sai prejudicada com a excessiva adjetivação e passagens como o destaque a negrito “a melhor câmara do mercado pela DxOMark” e depois “mas apenas nas imagens estáticas”, estilo letras pequeninas dos contratos. Discordo destas passagens porque provocam a celeuma que se vê nos comentários.
        Bom ano!

        • Vítor M. says:

          No seu comentário diz e desdiz ao mesmo tempo. Mas aproveitando o importante refiro que no caso da pontuação entre o Galaxy S8 e o iPhone X o preço no X, o ter um design que o torna mais frágil em caso de queda… são tudo pontos desfavoráveis em relação ao S8 e por isso essa diferença.

          As análises são extremamente justas com base na utilização, por isso cada equipamento fica sujeito a testes e apreciação de várias pessoas na equipa.

          Não deixa, contudo, de ser considerado um dos melhores smartphones alguma vez colocado no mercado o iPhone X, no seu conjunto está muito completo.

          • JM says:

            Não me pareceu necessário desmontar a razão da diferença de pontuação constatada, ainda que marginal, pois esta resulta do que me diz e é justa. Temos de ser consequentes e conviver com as regras que nós próprios escolhemos para atribuir uma pontuação final, que no vosso caso foi melhor no S8.
            Apenas usei as duas análises para sustentar que também o pplware considerou, à data do seu lançamento, o S8, em termos globais, melhor que o Iphone X, analisado à data do seu lançamento. Não gosta de referir a necessidade de factos nos comentários que dirige a quem pouco se fundamenta e questiona o modo como por vezes o pplware se pronuncia em alguns artigos ? Pois decidi usar os vossos factos.
            Por isso não achei estranho o porquê do techradar considerar o S8 melhor na altura em que decidiu pronunciar-se sobre o que considerou o melhor smartphone de 2017, também à frente do note 8, muito mais caro. Posso dizer tudo isto e manter que o Iphone X é um excelente smartphone, mas também não o considero o melhor porque, da minha apreciação do produto, o PVP pedido tem de pesar bastante na decisão, muito mais quando é disruptivo em relação ao que a concorrência pede. Não estamos a falar de um produto de nicho de mercado, qual pedra preciosa, mas sim um produto de massas com milhões de vendas.
            Obviamente que teria de começar o comentário a referir uma suposta contradição, provavelmente porque refiro que a vossa análise do X é objetiva, mas falha em questões de vocabulário. É objetiva porque fundamenta com dados concretos o que afirma, a título de exemplo é de facto o melhor smartphone a tirar fotografias, para a dxomark , mas fizeram questão de referir que é a melhor câmara do mercado no destaque, jogando com a ambiguidade do termo, aplicada em sentido lato no contexto.
            Por isso, se viu contradição, o diz e o desdiz, no meu comentário, também me é reservado o direito de ver falhas hermenêuticas na análise que fez ao que escrevi.

          • Vítor M. says:

            Sim, existe um grande período entre os dois. O mercado no tempo do S8 era menos sugestivo do que o mercado à saída do iPhone X, este último teve muito mais concorrência de equipamentos deste ano, além de ter dentro da sua própria marca um “tabelar” de preços (com o iPhone 8) que também não ajudou. Por isso comparando, o iPhone X à data do lançamento do S8 poderia ser mais penalizado pelo preço, mas provavelmente teria melhor pontuação em termos de desempenho na câmara, no processador, o que poderia resultar numa pontuação bem diferente.

  31. Nelson says:

    Na minha opinião o iphone mais feio de todos os tempos…

  32. Silva says:

    “taxa de sucesso da autenticação através do Face ID é de 1 num milhão”
    A taxa de sucesso é essa? se assim for, tenho que tentar autenticar me um milhao de vezes pra poder entrar no iphone?

    😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.