Tags: iphone x

Mesmo com vendas elevadas do iPhone X o iOS perdeu mercado

Com o iPhone X já de pedra e cal no mercado, é hora das empresas de análise começarem a dar as suas avaliações e a apresentarem os dados dos trimestres recentes, mostrando a força das suas vendas.

A Kantar lançou os seus dados referentes aos 3 meses que vão de setembro a novembro de 2017. O iPhone X dominou as vendas em novembro, mas ainda assim o iOS perdeu mercado nesse trimestre.

iPhone X iOS Android


Teste Burn-in mostra ecrã OLED do iPhone X a aguentar-se bem

Muito se tem falado da qualidade do iPhone X, em termos gerais, e de tudo o que traz para justificar o seu preço. O ecrã OLED foi um dos pontos de viragem na oferta da Apple no segmento iPhone e é um dos componentes que fez o preço subir bastante.

Um teste intensivo aos smartphones iPhone X, Galaxy S7 Edge e Galaxy Note 8, provocando o efeito burn-in, parece demonstrar que o ecrã do iPhone X é realmente bom.


LG fornecerá os ecrãs OLED para equipar os “iPhone X Plus’

A Apple deu um passo importante no que toca aos ecrãs que equipam os seus iPhones.

Depois do iPhone X abrir as portas à tecnologia OLED, o futuro começa já a ser desenhado e a LG parece ser a eleita para fornecer os próximos ecrãs daquele que será o sucessor do iPhone X, o iPhone X Plus.


Análise: iPhone X… o melhor de todos

Para coroar os 10 anos do iPhone no mercado, a Apple, após milhões de unidades colocadas nas mãos dos utilizadores, decidiu dar o salto no conceito. No dia 22 de setembro foi lançado o iPhone X que mudou as regras do jogo. Segundo a crítica, as vendas e a nossa análise, este é um dos melhores dispositivos que alguma vez apareceu no mercado.

Deste modo, aqui fica a análise do Pplware ao iPhone X de acordo com rigorosos testes de utilização convencional.


Apple domina vendas de Natal, mas não com o iPhone X

Com os grandes smartphones do ano de 2017 lançados e colocados no mercado, as marcas esperavam pelo Natal para reforçarem as suas vendas e conseguir ter ainda mais utilizadores. Esta é uma época propícia a compras e os telefones têm sido, nos últimos anos, a escolha mais óbvia para a maioria dos consumidores.

Os números do Natal deste ano repetem os que temos visto em alturas similares, com a Apple a dominar, mas desta vez com uma diferença. Ao contrário de anos anteriores, não foi o flagship desta marca a dominar as vendas.